terça-feira, 28 de março de 2017

AMOR DE COMPUTADOR


AMOR DE COMPUTADOR
Marcial Salaverry
Amor de computador... como será?
Um do lado de lá... outro de cá.
Estranho amor cibernético...
Vivido na imaginação.
Não vemos nossa musa,
Mas sentimos muita emoção.
Temos gozo, temos prazer. ..
Mas como? Sem sequer a ver?
Essa a grande vantagem,
De embarcar nessa louca viagem,
Não se falha, não se trai,
Ela está lá... eu estou cá...
E daí? Que importa a distância?,
Vale a emoção,
Vale o tesão...
E daí? Que importa a distância?
Vale o sexo,
 Sem nexo
E daí? Que importa a distância?
Vale a loucura
Sem frescura
Eu estou cá... Ela está lá...
Que importa se nos vemos,
Ou não
Se nos tocamos,
Ou não
Basta que nos amemos...
Ela lá... e eu cá...
Amor de computador ...
Amor sem dor.
Amor cibernético...
Amor elétrico...
Amor de imaginação,
Mas com muita emoção...

AMANDO SEM DESENCONTROS

AMANDO SEM DESENCONTRO
Marcial Salaverry
 
Errar, faz parte da humana natureza,
e com toda a certeza,
errastes muitas vezes,
causando alguns revezes...
Mas se o amor existe,
o sentimento sempre persiste...
Sempre haverá muito compreensão,
abrandando o coração...
Assim, com palavras e atitudes mais ponderadas,
tais situações poderão ser evitadas,
e o amor poderá conhecer a felicidade,
a ser vivida em reciprocidade...
Assim, será mantida perenemente a magia,
que traz para a vida tanta alegria...
Fale com seu amor, pegue sua mão,
ponha-a sobre seu coração...
Ele pegará a tua,
e assim, ambos chegam até a lua...


Marcial Salaverry

OS MISTÉRIOS QUE ENVOLVEM NOSSO CÉREBRO

Falando de coisas misteriosas, que tal tentarmos entender nosso cérebro?
 Procurem não fundi-lo, ou mesmo confundi-lo... Poderá entrar em crise neuronial...
E a coisa pode ser um mistério realmente impenetrável...
Osculos e amplexos,
Marcial
OS MISTÉRIOS QUE ENVOLVEM NOSSO CÉREBRO
Marcial Salaverry

Com certeza é bastante problemático tentar desvendar os mistérios que poderiam explicar o funcionamento de nosso cérebro, eis que ainda não se sabe exatamente para o que ele real e exatamente serve.  A ciência, apesar de toda sua evolução ainda não chegou a desvendar sequer 10% de seu Manual de Instruções.

Aliás, pelo constante evoluir do progresso tecnológico, pode-se chegar à conclusão de que existe algum programa lá instalado, que só permite a saída de informações por um sistema de conta-gotas, para que seus segredos jamais sejam totalmente desvendados, pois o evoluir constante da ciência e dos conhecimentos mostra claramente que a evolução só é permitida aos poucos, quando as pessoas vão sendo “preparadas” para receber esses conhecimentos.

Notem que geralmente as crianças começam a assimilar as novidades mais rapidamente que os adultos, pois seus cérebros ainda estão em formação, e já vão recebendo essa preparação.
Um de meus grandes ídolos, Sir Charles Chaplin, assim o definiu:
 "Nosso cérebro é o melhor brinquedo já criado: nele se encontram todos os segredos, inclusive o da felicidade.   (Charles Chaplin) "
Indiscutivelmente, todos os segredos da vida lá se encontram. Difícil é explicar porque existem algumas pessoas que, por algum privilégio especial, obtém um melhor rendimento, e dessa maneira, conseguem aproveitar melhor os recursos nele armazenados.

Mas o mais interessante, é que a “torneirinha liberatória de conhecimentos” é curiosa. Pode-se notar que não existe uma “liberação geral”, pois cada um de nós desenvolve  determinado tipo de conhecimentos.  Mas a coisa é meio limitada, pois um cientista, dificilmente será um artista. Seu cérebro apenas libera os conhecimentos científicos, e isso não deve fazer muito bem para seu cérebro, pois geralmente os cientistas são incrivelmente distraídos, não conseguindo focar a atenção em coisas práticas da vida.

Por outro lado, um escritor não conseguirá ser um bom carpinteiro. E assim por diante.

Poderemos ser geniais em determinadas coisas, desenvolvendo nossos conhecimentos ao ponto máximo de tudo sabermos sobre determinados assunto, mas em compensação, seremos autenticas bestas em outras coisas, não sendo capazes de realizar tarefas que a mais ignorante das criaturas (no nosso modo de ver), poderá fazer de olhos vendados, e para essa pessoa, os ignorantes seremos nós, apesar de toda nossa sapiência.

Outro ponto que o cérebro comanda, e que não encontramos explicações, são para as  questões referentes ao amor, à afetividade.  O coração é o órgão exaltado nesse ponto, mas na realidade bem real, o órgão pensante e que determina de quem iremos gostar, é o cérebro.

Alguém será capaz de explicar, à luz da ciência, dos conhecimentos,  porque gostamos de determinadas pessoas, e desgostamos de outras?  Por que nos apaixonamos por alguém que, às vezes sequer conhecemos? Coisas do cérebro.  É assim porque é e pronto. Quem achar que não é, pode tentar explicar...

Da mesma maneira que a ciência não descobriu o manual de instruções dele, nós não conseguimos explicar o porque de certas reações. Quem poderá explicar o ciúme, o desejo, a raiva, os vícios (o cérebro diz que  fará mal, mas...). Enfim... coisas do cérebro...

Por exemplo, quantas vezes ficamos com algum pensamento martelando o recheio de nossa caixa craniana, e por mais que o tentemos afastar, ele se insinua novamente.  Não existe explicação plausível para isso.

Agora o ponto crucial mesmo é o botãozinho que regula a tão cobiçada e desejada felicidade.

Vai ver que ela ainda está naqueles 90% desconhecidos, e só alguns privilegiados conseguiram descobrir o programa que a libera. Realmente, a felicidade se encontra dentro de nós.  Basta sabermos usar direitinho o que nos oferece o cérebro, para a desfrutarmos.  Depende de sabermos viver a vida, dentro de nossos recursos e possibilidades.  O que atrapalha muita gente que não consegue ser feliz, é que não consegue sentir-se feliz com aquilo que tem.  E seu pensamento fica exigindo sempre algo além do que consegue.

Coisas do cérebro.

Para não forçar demais nossos 10% atuantes, convido-os para UM LINDO DIA.

segunda-feira, 27 de março de 2017

AMIGOS VIRTUAIS

AMIGOS VIRTUAIS
Marcial Salaverry

Juntos
sempre
estaremos,
e assim
nos abraçaremos,
juntos
ainda que
distantes...
 
Marcial Salaverry
 
 

 

ASSIM DEVE SER A VIDA


ASSIM DEVE SER A VIDA
Marcial Salaverry

A vida é bela, na verdade...
Assim é a vida, encare sem maldade,
não existe eterna felicidade...
Existem momentos felizes,
e também alguns infelizes...
Existem aqueles que devem ser aproveitados,
momentos vividos em arroubos apaixonados...
Se não forem com amor vividos,
serão apenas momentos perdidos,
e que jamais serão recuperados,
deixando-nos desconsolados...
Há que se viver a vida,
como ela deve ser vivida,
sentindo a felicidade,
de ter amor pela humanidade...
Amor que não deve ser perdido,
devendo ser bem distribuido
enquanto existir vida em nós,
sem nos deixaremos prender em nós,
pois depois será tarde demais,
quando se for, a vida não volta jamais...
E aqueles doces momentos,
que tanto mexeram com nossos sentimentos,
poderão ser apenas lamentos...
Se amor tivermos no coração,
vivamo-lo com muita emoção...


Marcial Salaverry

UM AMOROSO ENCONTRO DE AMOR

UM AMOROSO ENCONTRO DE AMOR
Marcial Salaverry
Um amoroso encontro de amor,
deve ser vivido a qualquer hora que for,
vivendo-o com gostosa  doçura,
tendo do amor,  toda a incrível ternura
de um amor recíproco e sem censura...
Em cada movimento, uma loucura,
em cada carícia, muita ternura,
numa paixão que para sempre dura...
Então,  coroando todo esse terno amor,
é preciso vivê-lo com muito calor,
sentindo toda essa doce sensação...
Mãos e pernas que se entrelaçam,
vivendo as delícias que os corpos não dispensam...
E assim, vivendo esse amor tão profundo,
com quentes carícias chega-se até o fundo,
até desejando que pare o mundo,
chegando ao auge dessa paixão,
que faz sentir uma incrível vibração,
que é essa sensação mágica que traz o amor,
essa doce emoção que à vida dá mais cor...
Deseja-se sentir nesse momento só prazer,
e que se prolongue enquanto viver,
pois o importante sempre será amar,
jamais pensando esse amor deixar...
Sempre felizes e apaixonados,

terna e eternamente enamorados,
amando-se em plenitude enquanto viver,
desejando que tanto amor para sempre vá permanecer...

"SÓ NÃO SOU PERFEITO PORQUE SOU HUMILDE..."

"Só não sou perfeito, porque sou humilde..."Muita gente realmente tem
essa opinião a seu proprio respeito...
Será real?
Osculos e amplexos,
Marcial
"SÓ NÃO SOU PERFEITO PORQUE SOU HUMILDE..."
Marcial Salaverry

"Só não sou perfeito porque sou humilde...", quem pensa assim, certamente considera-se perfeito, acreditando que só os outros é que tem defeitos, e esse, justamente é um defeito que todos temos, ou seja, sempre reparar nos defeitos alheios, e com uma enorme dificuldade para enxergar os nossos. Afinal, segundo nosso "humilde" julgamento, somos perfeitos, conforme uma frase muito interessante que já li, em inscrição de camisetas :"Só não sou perfeito, porque sou humilde..."
A esse respeito, recebi uma citação muito interessante, de autoria de La Rochefoucauld, grande filósofo francês:
"Se nós não tivéssemos defeitos, não teríamos tanto prazer em notá-los nos outros"
Sem dúvida alguma, nosso jovem amigo está coberto de razão, eis que é muito fácil e gostoso apontar defeitos e erros alheios, sempre esquecendo que também os temos e os cometemos, e também esquecendo que da mesma maneira que julgamos, também seremos julgados, e nossos erros por outros apontados, caindo sempre num eterno círculo vicioso, por causa das maledicências.
Muitas vezes, julgamos uma pessoa por informações dela recebidas, sem termos o devido cuidado em verificar o fato, ou mesmo em constatar se a fonte geradora é inteiramente confiável, e isso nos induz a cometer erros, e esse tipo de "credulidade" é um defeito a ser corrigido com certeza, eis que por vezes, acreditamos em alguém que pensamos ser nosso amigo, e acreditamos no que essa pessoa nos fala de uma terceira, e tomamos atitudes inconvenientes, das quais possivelmente acabaremos por nos arrepender no futuro.
Uma lição que a vida nos ensina é essa. Sempre devemos "checar" informações passadas, mesmo que por pessoas amigas. Por vezes tais pessoas, que julgamos amigas de verdade, distilam sua raiva contra eventuais inimigos e, por acreditarmos na sinceridade dessa amizade, tomamos certas atitudes contra seus "inimigos", que terminam por ser nossos inimigos também, nem sempre justamente. Muitas amizades são desfeitas por coisas assim.
Muitas vezes o futuro nos mostra que os defeitos que nos foram apontados pelo amigo, não correspondiam à verdade. O bicho não era tão feio como nos fôra pintado. Muito pelo contrário, pois realmente quem estava errada foi aquela pessoa, que nos parecia tão amiga.
O desagradável, é constatarmos que essa mesma pessoa, que citava uma infinidade de defeitos em outras pessoas, depois certamente fará o mesmo contra nós, descobrindo um monte de defeitos, e os apontando para quem ainda estiver a seu lado, e assim sucessivamente. Sempre procurando uma vítima para descarregar sua bílis.
 
Assim caminha a humanidade, afogando-se num mar de fofocas e dizquediz...
O mais interessante é que, ao invés de procurarmos descobrir quais são os defeitos alheios, quais são os pontos fracos de outras pessoas, seria melhor se procurássemos verificar os nossos, verificando onde podemos nos corrigir para melhorar nossa auto-estima.
Fazendo uma análise profunda de nossa personalidade, muitas vezes tendo a humildade de perguntar aos amigos que defeitos eles veem em nós, poderemos nos corrigir, melhorando nossa imagem.
Claro que temos que receber eventuais críticas contra nossas atitudes com reservas, pois podem não ser corretas, ser fruto de alguma observação mal direcionada. Por isso a importância de conhecermos nosso interior, assim, se alguém nos aponta um defeito em nossa personalidade, façamos um estudo de nosso comportamento, e, descobrindo que realmente temos esse defeito, tenhamos a humildade de reconhecê-lo e mudarmos nossa linha de conduta, deixando de nos considerasrmos "perfeitos"...
Temos que nos acostumar com a idéia de que, ao apontarmos defeitos alheios, os nossos também estarão sendo apontados. Devemos sempre ter presente que ninguém é perfeito, e nem "dono da verdade", pois, o que é verdade absoluta para uns, não o é para outros. E todos tem direito à sua maneira de pensar, ao seu livre arbítrio. Inclusive de de se julgarem perfeitos, como nós nos julgamos.  Quem somos nós para determinar que tal ou qual conduta é a correta, se até mesmo as leis que regem o comportamento das pessoas perante a Sociedade podem ser questionáveis.
Fala-se que política, futebol, religião, e preferencias sexuais, são assuntos que não se devem discutir. Não discuto, concordo, pois são realmente assuntos polêmicos, e cada qual tem seu ponto de vista firmado, ou quase. São assuntos que só devem ser abordados sob consulta, em havendo um pedido de opinião.
Assim como assuntos envolvendo comportamento humano. Cada qual tem seu ponto de vista. O que é certo para uns, é errado para outros. O que alguns apontam como graves defeitos, para outros podem ser virtudes. E daí, como ficamos? Não ficamos, só devemos respeitar a maneira de pensar alheia. Todos tem direito de acertar e errar. E não por não gostarmos de algum artista ou de alguma personalidade que ninguém deverá gostar, pois a nosso aviso ela não presta. É uma opinião nossa, e que apenas deverá ser emitida quando solicitada.
Salvo se um erro alheio for nos afetar, nesse caso, devemos nos defender.

Só para finalizar, sempre que formos apontar defeitos em outras pessoas, que tal pararmos para pensar um pouco nos nossos?
Agora crianças... UM LINDO DIA, perfeito... Sem defeitos...

domingo, 26 de março de 2017

VIRTUAL OU REAL, AMIZADE É FELICIDADE

Virtual ou real,
amizade e felicidade...
Além de rimar poeticamente,
combinam realmente...

VIRTUAL OU REAL, AMIZADE É FELICIDADE
Marcial Salaverry

Com certeza, amizade
combina com felicidade...
E como faz bem para a alma,
conforta e acalma...
Uma sincera amizade,
suficiente para a felicidade...
Um amor pode ser comprado,
um amigo tem que ser conquistado...
Amizade continua sendo o melhor
e mais sincero sentimento....
Devemos viver o presente e o futuro...
Passado é passado, passou!
não quer dizer que tudo acabou,
pois se restou a amizade, 
é sempre motivo de felicidade...
Seja virtual ou real, sempre será lembrada,
e jamais deverá ser olvidada...

 

VERSOS FLORIDOS

VERSOS FLORIDOS
Marcial Salaverry

Versos são como flores,
enchendo de cores
os olhos de quem os lê...
Se de amor são os versos,
despertam carinhos diversos,
e jamais sentimentos perversos...
Com lindas flores,
falamos de amores,
espalhando seus odores...
Com versos floridos,
curamos amores doloridos...
Receba lindos versos com carinho,
ensinando-lhes o caminho
para alegrar o coração,
com essa doce emoção...


Marcial Salaverry

POETAS SOMOS ASSIM



POETAS SOMOS ASSIM
Marcial Salaverry

Poetas somos assim.
queremos apenas poetar enfim...
Nada de guerrear,
ou de algo disputar...
Interessa-nos apenas os corações alegrar...
Queremos o amor resgatar,
o romantismo de novo,  os sentidos dominar.
Queremos apenas poetar...
Fazer os leitores com o amor sonhar,
e em seu despertar,
novamente querer aos sonhos se entregar...
É muito mais gostoso amar,
do que por bobagens brigar...
Mas nós queremos é poetar...
Apenas quem falar de amor e quiser amar,
vamos incondicionalmente apoiar.
Em desenvolver nossa arte, é que vamos pensar...
Alguém conhece algo melhor do que amar?
Se apaixonar?  Romancear?  Namorar?
Paquerar ou mesmo "Ficar"?
Se disser que conhece... vá se tratar...
bom da cabeça não deve estar.
Entendam-nos... só prá finalizar:
NÓS, POETAS, QUEREMOS POETAR!!!

Marcial Salaverry

PARA O DIA DA AMIZADE VIRTUAL


Amizade virtual... Será uma realidade virtual,
ou é virtualmente uma realidade?
Osculos e amplexos,
Marcial

PARA O DIA DA  AMIZADE VIRTUAL
Marcial Salaverry

Falando sobre "Amizade Virtual", chega a ser algo fascinante e digno de estudos, a facilidade com que abrimos a porta para uma amizade virtual.  Considerando, claro, que a porta de entrada é nosso outlook, e essa visita sempre é recebida com muita alegria.

Principalmente nesta situação atual, em que sair de casa sempre é uma aventura, uma amizade virtual sempre poderá ser uma válvula de escape, pela necessidade de comunicação que todos temos.  É muito triste viver sem ter com quem falar.

E essa é a grande vantagem das amizades virtuais.  Não precisamos estar bem vestidos, ou mesmo vestidos.  Não tem importância se estamos perfumados, ou se ao menos tomamos banho.  Por enquanto o computador não transmite cheiros.  Imagem já podemos ver, mas os cheiros, ainda não chegam a ser sentidos.  Só se a Microsoft lançou alguma novidade nesse sentido, e sinceramente, não podemos duvidar de nada, tal o desenvolvimento da tecnologia computadoresca...

Essa facilidade nos faz pensar numa coisa interessante... Qual será o motivo que por vezes nos inibe no trato pessoal? 

Através de um contato “emaillistico”, fazemos confidências, contamos coisas que muitas vezes sequer a nossos amigos ou parentes mais chegados falamos.  Interessante a confiança que sentimos nesse contato meramente anímico.

Talvez seja justamente esse fato de não haver o contato físico, é que seja o fator estimulante.  Precisamos desabafar algo entalado em nossa garganta, e temos algum receio de melindrar alguém a nosso redor.

Então, ficamos engolindo aquele sapo.  A virtualidade internetal nos possibilita desentalar o bendito batráquio.  Muitas vezes encontramos a solução para o que nos afligia, pois quem nos “escuta” do outro lado, pode dar uma opinião com absoluta isenção de ânimo, muitas vezes dizendo-nos o que queríamos ouvir. E assim podemos mandar o sapo “cantar noutra freguesia”.  Coisas da magia da Internet.

Quantas vezes,  deixamo-nos levar por recordações, lembrando fatos passados.  Histórias que estavam completamente esquecidas, e de repente, são lembradas, e até mesmo transformadas em contos que acabam despertando o interesse de muita gente.  Lembranças que foram acionadas por um bate papo emaillístico ocasional. 

A magia da Internet, quantas vezes serviu de alento para pessoas quase à beira do desespero e que, num momento de angústia acabaram encontrando o lenitivo em outro alguém que se dispôs a ouvir.  Que soube, embora à distancia, mostrar um caminho, despertando essa estranha confiança que a virtualidade provoca, encontrando nessas mãos invisíveis, o apoio necessário para soerguer-se.  É verdadeiramente inexplicável certas coisas que acontecem, quando encontramos alguém que nos desperte uma  confiança total.  Chegamos a sentir sua mão em nosso ombro, dando-nos apoio.  Sentimos até mesmo a força de seu olhar, indicando-nos seu carinho em nos “ouvir”, em sua intenção de nos ajudar.

E como essas palavras nos fazem falta na eventualidade de ser cortado o elo mágico. Sim, porque esse é justamente o ponto negativo da amizade virtual.  A facilidade em se perder um contato.  Existem diversas razões que podem determinar esse “desaparecimento”. Desde uma simples pane no computador, que pode provocar perda de arquivos. Pode ser o surgimento de um amor físico, provocando a quebra das amizades virtuais. Pode ser uma doença. Enfim, são muitas as possíveis causas para esse “divórcio internético”.  E que sempre nos traz alguma tristeza, pois sempre criamos um vínculo com alguns desses amigos, até mais forte do que os físicos.  Mas,  são coisas da vida, e devemos saber superar esses traumas causados por certos ‘sumiços internéticos”.  Claro que durante algum tempo, sentiremos falta daquele e-mail, daquela papo que se revelou muito amigo, daquela amizade que aprendemos a considerar e que sabe-se lá porque, sumiu.

Li algo interessante, que me foi passado pelo inefável L’Inconnu, que ilustra bem o que vem a representar uma amizade virtual:
"Você não é apenas um nome que se esconde atrás de um arroba. Você tem alma.  Você tem um "eu" que precisa e deve ser respeitado. Que precisa e deve ser amado.  De virtual, na verdade, você não tem nada. Saiba que  meu carinho e meu amor, são o que tenho de mais real. Minha amizade está esperando por você. Não desapareça."

Assim sendo, se por algum motivo for “desaparecer”, não se esqueça de avisar, pelo menos os amigos mais chegados, para não deixar essa “sensação de abandono”.
Vamos selar nossa amizade virtual com um imaginário e quente abraço, desejando-nos UM LINDO DIA, hoje e sempre, seja no virtual ou no real...

sábado, 25 de março de 2017

O GOSTO DO TEU BEIJO

O GOSTO DO TEU BEIJO
Marcial Salaverry
 
Lembrar do doce sabor
de teus ardentes beijos,
alimenta sempre o amor,
e acende meus desejos...


Marcial Salaverry

A CADA DIA QUE VIVEMOS


A CADA DIA QUE VIVEMOS
Marcial Salaverry

A cada dia que vivemos,
viver mais um dia queremos,
esse é o desejo que sempre temos...
Queremos sempre felicidade,
e sempre temos oportunidade
de encontrar de tudo um pouco
neste mundo louco...
Gente que quer te amar,
e muito prazer te dar...
Gente que quer te chatear,
e só deseja a vida atrapalhar...
De tudo encontramos,
mas felicidade é o que anelamos...
E assim vamos vivendo a vida,
como ela deve ser vivida,
com a alegria e felicidade devida,
pelo tempo que tivermos de vida...


Marcial Salaverry

O AMOR POETAL

O AMOR POETAL
Marcial Salaverry
 
Poetas sobre o amor poetam...
Mais que sobre amor poetar,
deve-se o amor saber viver...
O amor deve ser sentido,
deve ser pressentido,
deve ser bem vivido...
Não basta saber amar,
é preciso saber ser amado,
saber sentir o outro lado,
para não deixá-lo desapontado...
Para amar com felicidade,
é preciso amar em reciprocidade...
Um amor vivido com alma e coração,
sempre trará para a vida uma doce emoção...
 
Marcial Salaverry

PARA FAZER CRÍTICAS, É PRECISO SABER ACEITÁ-LAS

É muito fácil criticar algo que outros fizeram...
O difícil é fazer melhor...
Alguém que inova, merece aplausos, e nunca críticas, pois pelo menos
teve personalidade para lançar algo novo.
Se alguém nao gosta, muitos outros alguéns aplaudem...
Todos devem ser ouvidos...
Osculos e amplexos,
Marcial
TEXTO PUBLICADO EM 19/04/2010.

PARA FAZER CRITICAS É PRECISO SABER ACEITÁ-LAS
Marcial Salaverry

Certamente, uma das coisas mais complicadas que existe é saber como fazer críticas, pois nem sempre são bem aceitas, e nem sempre são adequadas ou bem feitas. Também é preciso saber lê-las. Não se pode acreditar em tudo aquilo que se lê. Uma crítica sempre representará uma opinião pessoal. Uma opinião, que poderá ser considerada válida ou não, dependendo de quem a fez, e de quem a recebe. Tudo é questão de ponto de vista.

Há que se notar que gosto é algo muito subjetivo, dependendo da maneira com que se encara a vida. Assim, algo que alguém considera errado e desaprova, outro alguém poderá achar uma maravilha, razão pela qual toda e qualquer crítica deverá ser sujeita ao crivo pessoal de cada um, assim como quem lê deverá sempre procurar fazer uma média com seu próprio julgamento, pois ninguém é dono absoluto da verdade, e nem sempre tem competencia para faze-lo.

Assim, devemos tomar cuidado, seja para fazer, seja para receber, ou mesmo apenas para ler alguma crítica, sempre tendo presente que existem diversos tipos de crítica. Vamos, portanto, criticar, ou melhor, analisar o que está sendo criticado.

CRITICAS CONSTRUTIVAS – São aquelas feitas com o sentido de apontar e corrigir alguns defeitos. Ao lermos ou examinarmos algum trabalho, e encontramos alguns erros, poderemos aponta-los para o autor, e com sua correção, ele estará aprimorando seu trabalho. Para criticar construtivamente, é preciso ter algum tato, sabendo como apontar o erro, deixando claro que nosso objetivo é o de apenas corrigir a falha encontrada, sem entrar no espírito da questão. Estas criticas devem sempre ser feitas no sentido de ajudar, e não de destruir, e sempre devemos consultar a pessoa em questão, para saber se deseja conhecer nossa opinião. E faze-las apenas para o principal interessando, jamais publicando sem a devida autorização.

CRITICAS DESTRUTIVAS – São aquelas que visam unicamente dizer que a pessoa não entende nada daquilo que está fazendo, que seu trabalho é de péssima qualidade. Ora, isso sempre representará um julgamento pessoal, e jamais deverá ser feita em termos duros, como que dizendo “você não sabe nada e está escrevendo besteiras”, quando isso não é dito diretamente. É preciso criticar esse tipo de crítica, pois muitas vezes alguém coloca seus sonhos em algo que faz, e receber uma crítica muito incisiva pode destruir sonhos, fazendo com que muitas pessoas abortem carreiras possivelmente promissoras...
Quando recebermos alguma crítica por nosso trabalho, deveremos saber analisar sua fonte, para fazer nossa crítica pessoal ao que estamos lendo, entendendo que sempre estará sendo refletida uma opinião pessoal. Não deveremos nem nos embalar por palavras muito favoráveis, nem desistir, por palavras amargas. Sempre será interessante procurar fazer uma média, pesando essas opiniões com outras, para assim procurar chegar a um consenso. Nunca podemos nos esquecer de que o que é lindo para um marciano, não o será para um terráqueo. Sempre existirão opiniões diferentes sobre uma mesma coisa.

No caso específico de escritores, ou de artistas, é algo muito sério, pois,lidando no campo das artes, a diversidade de opiniões é algo impressionante. Há gosto para tudo. Villalobos ou Mamonas Assassinas? Strauss ou Zeca Pagodinho? Bilac ou Zé do Caixão? Há gosto para tudo. Quem poderá criticar quem? Não poderemos nos basear em opiniões individuais.

Apenas como ilustração, quero dizer que quando comecei a escrever, houve pessoas que me aconselharam a parar com tudo, pois faltava-me talento, como também houve pessoas que me encorajaram a seguir, dizendo que eu tinha muito talento, e apontando-me este ou aquele defeito.  Fiz a média com meu julgamento pessoal e continuei.  Hoje sei que ainda existirá quem não aprecie o que escrevo, bem como existem aqueles que me aplaudem. Apenas é preciso saber que a unanimidade não existe, e que sempre receberemos palavras azedas, como as teremos doces.

Apenas é preciso saber fazer a média entre as opiniões favoráveis e as desfavoráveis, entre os aplausos e as vaias, sem nos deixarmos embalar apenas por quem nos aprecia, e nem desencorajar pelas opiniões contrárias. Saibamos aceitar ambas as críticas, e, cientes de que também nós não somos detentores da verdade absoluta, saber que os defeitos apontados, talvez os tenhamos mesmo, e assim poderemos corrigi-los, sempre procurando melhorar.

Portanto, peço aos críticos de plantão, quando forem analisar um trabalho que os desagrade, apontar este fato como uma opinião pessoal, não procurando transferi-la para um consenso geral, sempre se lembrando que existe gosto para tudo.
Algo com que certamente todos concordam, é referente ao prazer que nos propicia UM LINDO DIA, que poderá não ser lindo para todos...

sexta-feira, 24 de março de 2017

AMOR E SEXO, ASSUNTO COMPLEXO

 

AMOR E SEXO ASSUNTO COMPLEXO
Marcial Salaverry

Amor e Sexo,
pode ser assunto complexo,
mas é simples a explicação...
Amor, se faz com o coração,
Sexo,
é apenas o concavo e convexo...
Amor segue pelo caminho
de muito carinho,
Sexo é apenas a carícia,
feita com malícia...
É isso aí menina...
Sexo nos desatina...
E o amor nos destina...
Aí está todo nexo
deste assunto complexo,

que é o tal amor e sexo...

Marcial Salaverry

QUANDO ESTAMOS DIANTE DE NOSSO AMOR


Por vezes ficamos sem ação quando estamos
diante de nosso amor...
Que tal um beijo e um abraço, bem apertado?
QUANDO ESTAMOS DIANTE DE NOSSO AMOR
Marcial Salaverry

Quando temos o amor diante,
vemos que a vida é emocionante,
e queremos um amor amante,
pois esse amor é empolgante,
com esse amar bastante,
esse querer a todo instante,
sentir esse desejo constante...
Esse viver emocionante,
é um amor interessante,
inclusive desestressante,
e tem um efeito fulminante,
com um delicioso após relaxante...
Sofrer com a ausência, é acachapante,
pois a presença é estimulante...
A saudade é uma constante,
desejando o toque vibrante,
que deixa a imaginação instigante,
nesse amar tão amante...

Marcial Salaverry

IMAGINANDO A IMAGINAÇÃO DO ESCRITOR


Obras escritas serão apenas produto
da inspiração dos escritores, ou serão
relatos de vida?
Osculos e amplexos,
Marcial
IMAGINANDO A IMAGINAÇÃO DO ESCRITOR
Marcial Salaverry
                                   
Para imaginar a imaginação do escritor, é preciso entender que para escrever, ele deve usar e abusar do imaginário, ou deverá se basear em fatos reais, enriquecendo os fatos com sua imaginação. Assim, partindo-se do princípio que “imaginário”, é algo que só existe em nossa imaginação, podemos chegar à conclusão de que tudo aquilo que não puder ser materialmente provado, pertence ao imaginário. Ou seja, pensamos que existe, mas ele realmente inexiste.

Coisas imaginárias são aquelas cuja existência não pode ser comprovada, como por exemplo, nossa existência, ou o surgimento do mundo, assim como não existe nenhuma prova cientifica de que o ovo veio antes da galinha, ou vice versa...

Vamos então imaginar a importância do imaginário na produção literária.

A grande maioria dos livros existentes fala de coisas imaginárias, exceção feita aos livros de cunho científico, bem como daqueles que tratam de fatos e feitos históricos que podem ser provados por documentos legítimos.  Existem muitos que falam de fatos que nos são passados por depoimentos  através dos anos.  Serão reais, ou pertencem ao imaginário das pessoas? Certos fatos narrados, como por exemplo, o propalado romance entre Cleópatra e Marco Antonio, ou mesmo a beleza de Cleópatra, serão fatos reais, ou apenas imaginados? Não existem fotografias provando, e nem sequer um VT da morte da Cléo... Teria ela existido?

Não se pode em definitivo separar o que é história, do que é estória...

Para que alguém possa ser considerado escritor, é fato que tem que saber usar a imaginação.  Mesmo relatando fatos históricos ou biográficos, é imprescindível que use um tanto de imaginação, pois o relato puro e simples da história seria terrivelmente enfadonho.

Evidentemente o Imaginário se faz presente em todas as obras de ficção, sejam romances policiais ou aqueles falando de amor.  Pensa-se que os escritores transportam fatos vividos para seus escritos. Não deixa de haver um fundo de verdade nisso, pois realmente, ao escrever, o autor sempre puxa algo de si. Não necessariamente vivências, mas seu interior, sua maneira de ser, seu modo de viver.  Coloca muitas vezes no papel o que ele gostaria de realmente vivenciar.  Se vive tais situações ou não, é algo que deve permanecer envolta em mistério.

Para os leitores deve permanecer sempre a impressão de que ele, escritor, é o personagem principal de suas obras.  Por essa razão, ele sempre deverá usar seu “EU” imaginário em seus escritos.  Mesmo que use outros nomes para seus personagens. Deverá passar a impressão de que o nome é ficcional, mas que o fato foi vivido.

A grande verdade é que jamais um escritor de alma romântica conseguiria escrever um romance policial.  Ou um ateu, escrever sobre temas religiosos.  Não estariam conseguindo “se transportar” para sua obra.

Mas, por mais que procurem se transportar para seus escritos, precisam, e muito de sua imaginação, e haja imaginação.

O escritor precisa passar a idéia de que ele vive todas as situações narradas. O leitor precisa sentir isso, para se empolgar com a narrativa. É quando o imaginário trabalha a imaginação de quem lê.

Para escrever sobre o Amor torna-se necessário que o autor tenha uma alma romântica, pois não há nada que excite mais a imaginação do que o tal do amor.

Querem algo mais imaginário do que o Amor? Não tem um aspecto físico que comprove sua existência. Mas como é o tal do Amor? Não pode ser provado?  Então não existe.
Pertence ao Imaginário então, mas é um sentimento que move o mundo.  Por ele se vive.  Por ele se mata. Por ele se morre.

Os autores de maior sucesso sempre foram aqueles que souberam mexer com o interior das pessoas, sejam poetas ou prosadores. É importante que escreva com a alma.  Mesmo usando a imaginação, deverá escrever aquilo que realmente sente, para que seu Imaginário soe como real.

O leitor deverá se convencer de que o escritor e o personagem se confundem, e que tudo aquilo que se narra é real... E às vezes é mesmo... Ou não? Usem a sua imaginação...
Algo que é bem real, é o meu desejo de que todos tenham UM LINDO DIA, mesmo que precisem usar de sua imaginação...

quinta-feira, 23 de março de 2017

O MELHOR É ESPALHAR FELICIDADE

O MELHOR É ESPALHAR FELICIDADE
Marcial Salaverry

Com certeza o que de melhor podemos fazer na vida, é espalhar felicidade,
criando uma onda para distribuir paz e amor...
Vamos nessa onda embarcar, procurando a paz espalhar...
Vamos fazendo nossa parte, sem permitir qualquer aparte, fazendo tudo com arte
e muito carinho, pois é esse o caminho para evitar problemas...
Se a paz podemos divulgar, por que complicar as coisas?
É melhor abraçar do que bater, é melhor beijar do que morder...
Para ter paz no coração, é melhor o exercício do perdão...
É mais gostoso pensar com amor do que com rancor...
É melhor sua energia doar, do que a dos outros sugar...
Então, crianças, com bastante amizade, vamos rumo à felicidade...
 

Marcial Salaverry

SE NÃO SENTIMOS O TEMPO


SE NÃO SENTIMOS O TEMPO
Marcial Salaverry


Se não sentimos o tempo,
se não o vemos passar,
não sentimos a sensação de existir...
É importante sentirmos,
e vivermos adequadamente
o que se passa em nosso coração...
Temos que olhar para ver o que acontece,
temos que ouvir o que nos querem dizer,
e temos que gostar do que sentimos e ouvimos...
Não podemos fugir das lutas em nosso interior,
ainda que nos cause alguma dor...
Se algo não está bem, queixar-se é preciso...
Não aceitar tudo passivamente,
pois deixar tudo no "é assim...", simplesmente,
não é viver, é pela vida passar...
É preciso mostrar nossa cara...
É preciso que saibam o que queremos...
Viver, é isso, é querer viver,
e não apenas um espaço ocupar...

O QUE É O DESEJO


O QUE É O DESEJO
Marcial Salaverry

Desejo é o querer,
mas não ter...
É aquele desejar reviver...
É aquele quente desejo...
É querer sentir aquele beijo...
É imaginar as mãos o corpo explorando...
É lembrar do quanto estiveram se amando...
É simplesmente querer novamente amar...
É suspirar sem saber o porque, sem poder parar...


Marcial Salaverry

EXPLICANDO O OLHAR POÉTICO

Vamos ver o mundo com um olhar poetico...
E beijar com beijos poeticos...
E assim poéticamente viver, fazendo uma poesia por dia,
e de cada dia, uma poesia...
Ósculos e amplexos,
Marcial

EXPLICANDO O OLHAR POETICO
Marcial Salaverry

Em algum lugar, dito por alguém, escutamos falar num tal de "Olhar Poetico", e perguntamo-nos como poder defini-lo, pois certamente não é apenas o olhar que um poeta dá para o mundo e as pessoas, eis que isso seria o "Olhar do Poeta".

Assim, podemos entender que Olhar Poetico, é uma maneira de olhar a vida, saindo um pouco da realidade nua e crua. É uma maneira mais ou menos romantica de viver a vida, não se atendo apenas à praticidade e imediatismo das coisas, podendo-se deduzir que pode ser a capacidade de sonhar um pouco, de saber "sentir" certas belezas que uma alma prática não sabe ou não quer ver. É olhar um por do sol com os olhos da alma, não se limitando a constatar que é mais um dia chegando ao fim. É entender que a chuva, se está molhando nosso corpo, e estragando uma ida à praia, também está molhando os campos, dando melhores condições de vida às plantações.

Assim considerando, é vital para nossa alma, que saibamos usar o olhar poético para ver as coisas práticas, pois dessa maneira a vida poderá adquirir uma tonalidade melhor, poderemos ver as coisas com a alma, esquecendo um pouco a fria praticidade com que sempre somos brindados por todos. É importante que nossa alma conserve o olhar infantil com que as crianças vêem o mundo, sem preconceitos, sem manias ou maneirismos. O olhar adulto começa a observar diferenças sociais, raciais e fisicas, o que o olhar infantil, ou mesmo o olhar poético não capta. E viver a vida com esse enfoque desprovido de preconceitos, de orgulho, de "eu sou mais eu", nos permite, com toda a certeza, ter uma muito melhor qualidade de vida, pois nos sentiremos com a alma mais leve, e principalmente, com uma melhor aceitação para possiveis adversidades que possamos sofrer.

Sabendo aceitar certos defeitos e certas diferenças de nossos semelhantes, aceitaremos melhor as nossas também, e certamente saberemos melhor nos desvencilhar de problemas, se esquecermos esse frio olhar adulto, esse mero olhar prático, pois, se na vida precisamos ser racionais, podemos sê-lo, sem contudo, esquecer que a vida é uma poesia, é um milagre que deve ser bem aproveitado.

É entender que a alma capta coisas que fogem à fria razão. Claro é que não podemos ser apenas sonhadores avoados, esquecendo de certas leis de sobrevivência. Mas podemos suavizar um pouco essa realidade. Dar ao vermelho de certos fatos, uma tonalidade rósea, suavizando seus efeitos, minimizando certos efeitos e defeitos.

É saber ver que todos temos direito à vida, e que não é lícito prejudicar pessoas, apenas por prazer ou espírito de vingança. É saber enxergar o outro lado das pessoas, e não apenas aquilo que nossos olhos vêem.
Ter um olhar poético enfim, é ter capacidade de perdoar, e saber ser perdoado, de amar e ser amado, de saber ver que até mesmo um pé quebrado tem seu lado bom (poderiam ser os dois...).
É, finalmente, entender que tudo na vida tem dois ou mais lados, e saber encará-la sob todos os prismas.
E, com um olhar poético direcionado para a Paz, desejo poeticamente que todos possam fazer de cada dia, sempre UM LINDO DIA, mesmo que poeticamente falando...

quarta-feira, 22 de março de 2017

A IMPORTANCIA DA ÁGUA

A IMPORTANCIA DA ÁGUA
Marcial Salaverry
 

É importante entender a importancia da água em nossa vida, não permitindo que todas as recomendações sobre
seu bom uso, vão por água abaixo...
Uma das maiores forças da Natureza, senão a maior de todas, é a água, e é justamente ela que nos dá as maiores lições de vida, e que deveríamos muito bem assimilar.
A água não tem preconceito com este ou aquele tipo de água. Seja da chuva, seja de rios barrentos, seja de rios poluídos, as águas se encontram e se diluem, movimentando-se pela terra em perfeita harmonia. É capaz de se amoldar a qualquer ambiente, congelando-se para suportar o frio, ou gaseificando-se quando o calor for muito forte. É capaz de enfrentar e dominar o fogo. E finalmente quando chega até o mar, não cria barreiras pela diferença “racial” existente. Apenas une-se ao mar, formando a grande massa líquida que domina o mundo.
Com certeza precisamos aprender a grande lição que ela nos oferece, esquecendo preconceitos e diferenças raciais, sociais ou sejam quais forem, pois somente com uma boa e sólida união poderemos realmente descobrir como bem viver, e sobreviver. Precisamos aprender a deixar passar certas coisas, ao invés de sempre querer provar que somos os melhores em alguma coisa, precisamos aprender a mudar de rumo e contornar obstáculos, sem permitir que o desespero e o desalento nos dominem. Quando preciso for, adquirir a dureza de um iceberg, ou então saber subir ao céu para uma eventual purificação, e voltar como uma chuva benfazeja, tendo uma atitude solidária sabendo a todos respeitar, pois é essa a grande lição que a água nos transmite...

QUERIDA ÁGUA - DIA MUNDIAL DA ÁGUA

DIA MUNDIAL DA ÁGUA...
Todos sabemos que a água deve ser cuidada e
preservada, mas são poucos os que tomam essas precauções...
É preciso uma maior atenção, para que ela não venha a faltar,
e tudo vá por água abaixo...

QUERIDA ÁGUA
 Marcial Salaverry

Água, dádiva da Natureza,
és com certeza
a fonte de nosso viver,
e não poderemos jamais te perder...
Mas os homens parecem isso não entender,
e te poluem, te maltratam...
Tiram toda tua pureza,
e depois procuram o erro consertar,
tentando artificialmente te limpar...
Por vezes uma chuva benfazeja,
não é o que se deseja,
pois provoca inundação,
que nada mais é do que o protesto
pela poluição que tudo entupiu,
que os rios poluiu...
Assim, a fonte de  nossa vida,
começa a se sentir ferida, perdida,
e acontece um pequeno castigo,
que pode ser contigo, ou comigo...
Entender porque agem assim, não consigo...

 

ALGO QUE NÃO SE PODE ESQUECER

ALGO QUE NÃO SE PODE ESQUECER
Marcial Salaverry
Coisas que na memória devemos reter,
de que não podemos nos esquecer,
é o fato de que após a noite morrer,
um novo dia vai nascer
sem qualquer problema...
E assim, de qualquer tema,
sem nenhum dilema,
o poeta faz um novo poema...
Bom saber que para todo caminho,
sempre em qualquer cantinho,
poderá haver uma porta,
e é isso o que importa...
Que para cada partida,
se houve uma ida,
poderá haver uma volta,
sem causar revolta...
Que se for abandonado,
sempre poderá ser abrigado...
Que se algum erro cometer,
nova chance poderá merecer...
Que se tudo na vida é passageiro,
temos que vive-la por inteiro...
Que tudo que estiver limitado,
com jeito será superado...
Que se a arte é antiga,
não é razão para briga...
Que se alguém lhe ver morrer,
é porque alguém lhe viu nascer...
E que assim é vida,
que apenas espera ser vivida...
Que tudo tem seu tempo,
e se há algum contratempo,
sempre se encontra o tempo,
para ver passar o tempo,
fazendo da vida um passatempo...
Finalmente não se pode esquecer
que a vida apenas espera que a saiba viver...


Marcial Salaverry

ÁGUA FONTE DA VIDA

 

ÁGUA FONTE DA VIDA
Marcial Salaverry

Com a água sempre convivemos,
nela vivemos,
antes de nascermos...
Dela para tudo dependemos
para vivermos...
Para nossa higiene,
para fazer nossos alimentos,
para saciarmos a sêde...
É medicamento regulador da pressão arterial...
Mesmo assim,
tentamos dar-lhe fim,
esquecendo que sem a atenção devida,
daremos cabo de nossa vida...
Rios poluidos...
Represas poluidas...
Consumo excessivo...
Pobre água maltratada,
tão vilipendiada...
Quando conseguirmos as reservas secar,
vamos então lamentar...
Quando a poluição tudo dominar,
e nossa sede não pudermos mais saciar...
Então só nos restará lamentar,
pois começará a faltar
essa água que não soubemos cuidar...

Marcial Salaverry

PRESERVANDO A ÁGUA NO DIA DA ÁGUA

É importante entender a sabedoria da Natureza...
Entender a importancia da água em nossa vida,
não permitindo que todas as recomendações sobre
seu bom uso, vão por água abaixo...
Osculos e amplexos,
Marcial
PRESERVANDO A ÁGUA NO DIA DA ÁGUA
Marcial Salaverry
Já que foi criado o Dia da Água, vamos lembrar que a sabedoria da Natureza sempre inspirou os homens em suas descobertas. Podemos facilmente concluir que todas as grandes invenções, foram fruto da curiosidade e da mente inventiva de alguns iluminados que, observando a Natureza com a curiosidade de uma criança, conseguiram descobrir os meios para desenvolver seus inventos.

Senão vejamos. Foi observando os pássaros em suas evoluções que surgiu a idéia de que poderíamos também voar. E Ícaro foi o precursor dos jatos de hoje. Foi observando o castor a represar a água, que o homem descobriu que poderia usar a força da água em seu benefício.

E não podemos nos esquecer de que a calma da tartaruga nos ensina o segredo de uma longa vida, e que o espírito de organização das formigas ensina como viver em mundo global, com cada qual cuidando de sua parte.

É importante sabermos nos harmonizar com os elementos da Natureza, como a terra, o fogo, a água e o ar, pois sabemos que o desequilíbrio de um deles pode destruir todo o sistema. A Natureza tem seus meios de controle, e se o homem não souber usa-los pode por tudo a perder, no que, aliás, tem se mostrado muito (in)competente...

Uma das maiores forças da Natureza, senão a maior de todas, é a água, e é justamente ela que nos dá as maiores lições de vida, e que deveríamos muito bem assimilar.

Vejam como a água enfrenta os obstáculos que encontra em seu caminho, analisando o percurso de um rio. Em sua nascente, um fiozinho de água, correndo placidamente, saltando sobre pedras, pulando obstáculos, e não tem medo de dar grandes saltos para prosseguir em sua caminhada. Sabe aliar-se a outros que vão surgindo. Não se preocupa em saber quem é o mais forte, pois sabe que é a união que faz a força, e aproveita bem todo o seu poder, e se unifica ao encontrar qualquer porção semelhante.

Sabe receber mais água, seja vinda do céu ou das terras distantes. Não tem preconceito com este ou aquele tipo de água. Seja da chuva, seja de rios barrentos, seja de rios poluídos, as águas se encontram e se diluem, movimentando-se pela terra em perfeita harmonia. É capaz de se amoldar a qualquer ambiente, congelando-se para suportar o frio, ou gaseificando-se quando o calor for muito forte. É capaz de enfrentar e dominar o fogo. E finalmente quando chega até o mar, não cria barreiras pela diferença “racial” existente. Apenas une-se ao mar, formando a grande massa líquida que domina o mundo.

Já está mais do que na hora de sermos como a água, aprendendo a grande lição que ela nos oferece, esquecendo preconceitos e diferenças raciais, sociais
ou sejam quais forem, pois somente com uma boa e sólida união poderemos realmente descobrir como bem viver, e sobreviver. Precisamos aprender a deixar passar certas coisas, ao invés de sempre querer provar que somos os melhores em alguma coisa, precisamos aprender a mudar de rumo e contornar obstáculos, sem permitir que o desespero e o desalento nos dominem. Quando preciso for, adquirir a dureza de um iceberg, ou então saber subir ao céu para uma eventual purificação, e voltar como uma chuva benfazeja.

O importante é aprender a grande lição, seguir em frente, até chegar ao grande objetivo da vida, até o nosso “mar particular”. Obstáculos existem para serem transpostos.

Tristezas que nos congelem a alma, poderão ser vencidas quando de novo o sol raiar, provocando seu degelo. Raiva que nos faça ferver, acaba se evaporando, e poderá voltar ao caminho antes trilhado. E além de tudo, sacia nossa sede, e realmente nos dá a vida. Por vezes ela se excede e causa desgraças com suas enchentes? Basta buscar as reais causas, e veremos que algo feito pelo homem provocou essa tragédia.

A água apenas quer ser respeitada e bem tratada, sempre reagindo aos maus tratos a que constantemente é submetida.

E diante de um belo copo de água, desejo a todos UM LINDO DIA.

terça-feira, 21 de março de 2017

NUESTROS AMORES // NOSSOS AMORES

Amores, tendremos muchos en la vida...
Amores, teremos muitos na vida...Pero AMOR aquél amor verdadero,
Mas AMOR aquele amor verdadeiro,será solamente uno...
será somente um...Si lo encuentras, hay que saber amarlo...
Se já encontrou, saberá amá-lo
 



NUESTROS AMORES
NOSSOS AMORESMarcial Salaverry

Amores encontramos por el camino...
Amores encontramos pelo caminho...Para algunos tenemos en el corazón un rinconcito...
Para alguns temos no coração um cantinho...Un rincón especial para guardar sus recuerdos,
Um canto especial para guardar suas recordações.con muchos besos apasionados..
com muito beijo apaixonados...Otros, llegan apenas de passaje,
Outros, chegam apenas de passagem,son como aquel viaje,
são como aquela viagemen que llegamos,
em que chegamos,
quedamos un dia y regresamos...
ficamos um  dia e voltamos...Existen otros, muy amados,
Existem outros, muito amados,pero no dan la felicidad
mas não dão a felicidadede una reciprocidad,
de uma reciprocidade,parten, y dejan nostalgia...
partem, e deixam saudade...Existen los que conquistan el corazón,
Existem os que conquistam o coração.siempre dejando una caliente emoción,
sempre deixando uma quente emoção,y dan aquella impresión
e dão aquela impressãode que nos entregarán el corazón...
de que nos estregaram o coração...Son amores vividos,
São amores vividos,ni todos sobrevividos...
nem todos sobrevividos...Pero marcarán nuestra vida,
Mas marcarão nossa vida,haciendola mejor para ser vivida...
fazendo- a melhor para ser vivida...Amores... dulces amores,
Amores... doces amoresencienden la vida de colores...
iluminam a vida de cores...Tenerlos... Vivirlos...
Tê-los...Vive-los..y si es  posible, mantenerlos...
e se é possivel, mante-los...

O AMANHECER OUTONAL

 

O AMANHECER OUTONAL
Marcial Salaverry
 
É o Outono começando,
e a Natureza com as frutas chegando...
Como é lindo ver o dia amanhecer,
com o sol espreguiçando, e começando a nascer...
Sem dúvida, existem anjos iluminando o alvorecer,
trazendo um friozinho gostoso,
que sempre é prazeroso...
Os raios que o sol está enviando,
permitem que a temperatura vá esquentando,
podem ser anjos que estão descendo,
juntamente com o sol que está nascendo,
ajudando as frutas a nascer,
neste dia outonal que vai aparecer...
Ouça o som do riacho rumorejante,
anunciando aquela cascata de som vibrante,
o vento que balança a folhagem,
a voz daquele animal selvagem,
as frutas que esperamos colher
para nos alimentar...
São anjos que vem para a vida iluminar...
A Natureza nos passa sua energia,
ao nascer da cada dia...
Só precisamos os olhos fechar,
para sentir essa força e aproveitar
para permitir que a vida entre em nosso coração,
como se fosse uma oração...
Cada manhã dá luz a um novo dia,
e é em nós que nasce a alegria,
com nossa insignificancia diante da inexcedível beleza,
que nos proporcionam os anjos, e nossa Mãe Natureza,
neste Outono, que nos reafirma a presença de Deus,

e de seus anjos a nos proteger...

Marcial Salaverry

TAMBÉM GOSTO


TAMBÉM GOSTO
Marcial Salaverry
 
Amo a Mãe Natureza,
curto muito sua beleza...
Adoro ver a passarada
em sua alegre revoada,
saudando o nascer do sol,
e também o arrebol...
O namoro da bicharada,
deixa minha alma enlevada...
O perfume das flores...
não me canso de aspirar seus odores...
Os rios dirigindo-se para o mar,
em sua viagem para desaguar...
Meu coração procurando o seu,
como o seu está a procura do meu...
 

Marcial Salaverry

PODE SER FÁCIL VIVER EM PAZ

Será tão dificil viver em paz?  Será tão dificil assim, respeitar o direito alheio? 
Vamos fazer um exercício de paz?
É mais fácil e mais gostoso amar do que odiar...
Osculos e amplexos,
Marcial

PODE SER FÁCIL VIVER EM PAZ
Marcial Salaverry

Efetivamente pode ser muito fácil viver em PAZ, que apesar de ser uma palavra pequena, tem um grande significado... PAZ, quem não a deseja? Quem não deseja viver em paz? Contudo, apesar de desejada, é tão desprezada, é incrível como se arrumam pretextos para acabar com ela, e essa é uma verdade que nos deixa realmente perplexos...
Se pegarmos um mapa mundi, encontraremos poucos lugares onde não existe alguma agitação. Se não for uma revolução, ou uma guerra declarada, serão manifestações populares contra alguma coisa ou contra alguém. Por vezes, vão bater panelas contra o Governo, que logicamente tentará sufocar o movimento, e "tome pau’. Ou então, será contra a oposição ao Governo, que está tentando boicotar alguma medida que eventualmente estará atingindo alguns interesses. Sempre haverá algum pretexto para impedir que haja PAZ... Sempre surgirá alguém de maus bofes que prefere baderna do que PAZ...
Existem outros lugares, onde a coisa é mais feia, porque lá o que acontece são lutas religiosas. Imaginem o contra senso, considerando que Deus é Luz, Paz, Concórdia, Amor, e mesmo sabendo disso, os homens se matam em nome de Deus. Nosso Amigão deve estar meio que desanimado com a estupidez humana, e se ele não está, eu estou, e penso que qualquer pessoa de bom senso também o esteja.
Também vejo que em outros lugares, guerreia-se apenas porque, embora falando a mesma língua, tem sotaques diferentes. Ou então porque não falam a mesma língua, mas vivem em um mesmo País. Ora, não poderiam entrar em acordo e dividir a coisa? Cada qual em sua metade?
Lutas, guerrilhas, guerras, revoluções, manifestações, e a coitada da PAZ, como fica? Como pode sobreviver? Só por teimosia mesmo...
Mas,  saindo do âmbito internacional, vamos ao que realmente é importante, ou seja, de nossa paz interior, e como é importante termos a oportunidade de viver em paz conosco mesmo, de como é importante sabermos buscar, encontrar e manter essa paz interior, e a propósito, meu querido amigo L’Inconnu, deixou-me uma mensagem muito interessante:
"A paz apenas será obtida, quando o homem entender a necessidade de conseguir a SUA própria paz. Para obtê-la, deverá saber permitir que todos a tenham."
Realmente meu sábio amigo matou a pau. Como alguém pode conseguir paz para si próprio, se não permite que outros a tenham? É isso o que se chama "viver em paz com sua consciência", e assim, parece óbvia essa ligação entre nossa paz interior, e a paz dos que nos cercam.
Sempre devemos procurar fazer o bem, e quando sentirmos que estamos prejudicando o sossego, o bem estar de outrem com nossas atitudes, devemos procurar reformulá-las, pois se para conseguir o que queremos, tivermos que atrapalhar a vida de alguém, isto deverá ser repensado. Devemos procurar outros caminhos.
Uma das maneiras de se conseguir chegar a essa espécie de nirvana que é a paz interior, é aquela velha máxima já tantas vezes citada: "seu direito termina onde começa o meu, e o meu, onde começa o seu." Devemos sempre observar esse pequeno detalhe. Isso evitará atritos, e será meio caminho para a infeliz da paz se manifestar, e poder chamada de PAZ...
Enfim, podemos ter certeza de uma pequena coisa, algo que  é muito gratificante, é  olhar a nossa volta, e descobrir que a maioria das pessoas nos aprecia, justamente porque sempre as procuramos ajudar, ao invés de prejudicar. Com toda certeza, com pensamentos positivos, com paz no coração a vida será bem melhor.

Se não desejarmos o mal a ninguém, ninguém nos desejará o mal, salvo se for alguém com muita maldade no coração, e portanto, digna de pena e não de nossa raiva.
Como primeiro passo para essa PAZ INTERIOR, que tal procurarmos fazer de cada dia, sempre UM LINDO DIA, e seguindo um dos bordões que sempre mexe com nossa alma, ou seja: PAZ E AMOR, BICHO...

segunda-feira, 20 de março de 2017

FOI UM LINDO BEIJAFLOR

FOI UM LINDO BEIJA-FLOR
Marcial Salaverry

Ao despertar, senti-me tocado...
Algo ou alguém ao meu lado,
fez-me sentir um suave carinho,
como se fora um doce beijinho...
Percebi um doce beija-flor,
tentando dizer coisas de amor...
Mas de repente, pareceu zangado,
quase enciumado...
Não acreditando no amor
que tenho para oferecer...
vi o beija-flor desaparecer.
Saiu voando,
triste me deixando...
Volte beija-flor...
Venha buscar meu amor...
Beija-flor que beija a flor,
deixe-me beijar-te com amor...


Marcial Salaverry

É SIMPLESMENTE UM SONHO DE AMOR


É SIMPLESMENTE UM SONHO DE AMOR
Marcial Salaverry
 
Um amor,
em sonho vivido...
Algo diverso,
meio controverso,
cantando em verso,
quando encontra o verso...
Sentimento estranho
Um sonho
Ama-se apenas
Nada exige
Pede-se
Oferece-se
Doa-se
Reciprocidade
Felicidade
Unilateral
Vive-se
Ama-se, simplesmente
Ama-se simplesmente
Desejo
Amizade
Amorzade
Que seja eterno
Enquanto é terno
Um sonho...
Acorda-se...
Abre os olhos...
Fecha-os
Continuando a sonhar...
 

Marcial Salaverry

AMOR E RAZÃO

AMOR E RAZÃO
Marcial Salaverry
 
Se o amor tem razões
desconhecidas pela propria razão,
devemos mesmo ouvir o coração,
pois se a razão a si mesma desconhece,

não poderá sobre o Amor regras ditar,
pois assim ele certamente desaparece...
E se a dura razão assim atuar,
o amor vence seja como for,
quando se apresenta a alma nua...
Na vida, sempre seremos aprendiz,
ensinando, aprendendo e amando,
com o que a vida nos diz...

VAMOS DEFINIR O QUE É UMA VERDADEIRA BURRICE

Será burrice chamar um burro de burro?
Será que realmente o burro é burro?
Ou será mais burro quem assim fala?
Osculos e amplexos,
Marcial
 

VAMOS DEFINIR O QUE É UMA VERDADEIRA BURRICE
Marcial Salaverry

Ainda não consegui descobrir porque, mas a verdade é que se convencionou chamar a pessoas desprovidas dos mais elementares vestígios de inteligencia de "Burro", e chega a ser  interessante a analogia que se faz entre essas pessoas de baixo potencial mental com nossos amigos muares.  Convenhamos que não tem nada a ver.

Chamar alguém de “burro” porque não sabe fazer certas coisas, ou porque não as faz direito, chega a ser uma burrice, já que o burro cumpre direitinho sua função. Faz seu trabalho corretamente e com dedicação.  Quando bem treinado, dificilmente faz alguma  coisa errada... Portanto, ele pode ser burro, mas não é burro, e na verdade, talvez burro seja quem pensa que suas reações, digamos, contraditórias devem-se à burrice.  O que o burro tem, é uma personalidade muito forte, e não gosta de fazer nada forçado, a exemplo de muita gente que prefere ser chamada de individualista, quando o correto seria ser chamado de burro, por sua teimosia e insistencia em querer fazer prevalecer seu ponto de vista, mesmo que esteja totalmente errado...

Chamar de burro alguém que seja teimoso, até que posso concordar, pois o bichinho realmente quando cisma de não fazer algo, não faz mesmo, pois tem suas convicções bem arraigadas, e é difícil convence-lo do contrário, e é exatamente por essa razão que alguém muito teimoso, é chamado de "burro empacado..."

Quando um burro empaca, a coisa mais difícil que existe, é faze-lo desempacar, assim como certas personalidades da política brasileira e mundial, que esses sim, são burros mesmo... Por sua teimosia crônica, merecem o epíteto de burros... Mas são personalistas.

Mas, na verdade, burro, o burro não é. Teimoso sim, mas burro (pelo menos no sentido que os humanos querem dar), ele não é de maneira nenhuma...

Em seu trabalho, desde que bem conduzido, não faz nenhuma burrice,  faz tudo certinho. Em compensação existem pessoas que por mais que   procuremos ensinar-lhes como desempenhar suas funções, nunca chegam a aprender.  Sempre fazem burrices. Como não são burros, ou seja teimosos, desistem de tentar aprender, e assim são promovidos a, digamos, asnos...Será que disse alguma asneira?

Quem é burro então? Pensando bem, possivelmente entre si, se um burro fizer uma burrice, um outro irá zurrando chamá-lo de “pessoa”... Ele não terá feito uma burrice, mas sim, uma gentice...

Essa é a grande realidade da coisa.  O burro, pode ser burro, mas nunca poderá ser chamado pejorativamente de burro, pois, apesar de ser burro, não o é, pelo menos não nesse sentido, espero que voce não seja burro e entenda o que quero dizer com essa "burrice..."

Fica então a pergunta... Sendo o burro um animal que aprende tudo o que se lhe ensina, dentro de suas funções e faz o trabalho direitinho, por que chamar de burro a alguém que não consegue assimilar os ensinamentos?
 
Penso que idiota estaria melhor aplicado, mas esta palavra pode ser considerada pejorativa, não sendo politicamente correta, salvo se a idéia for ofender mesmo...

Assim sendo, vamos organizar uma campanha para limpar o bom nome dos burros.

Vamos evitar a burrice, digo a idiotice de chamar um burr...digo, um idiota de burro.

Vamos dar ao burro seu devido lugar na Sociedade Equina.

E se alguém quiser me chamar de burro, posso replicar dizendo que não sou teimoso, até que sou bem cordato, e não gosto de discutir com ninguém, pois isso é coisa de gente burra, isto é, teimosa...

Resumindo, burro, não é burro, é teimoso.  E quando alguém lhe chamar de burro, não seja teimoso, concorde, principalmente se você for um fiel cumpridor de ordens, um desses funcionários perfeitamente cônscio de suas obrigações e que faz tudo direitinho, pois é assim que é o burro. Acredito que se um burro prestar vestiburrar, digo vestibular para qualquer faculdade, não cometerá tantas "gentices" como certos alunos cometem...

Vamos devolver o burro à sua real posição, bem assentado sobre suas quatro patas..."Os burros unidos, jamais serão vencidos..."

Vou insistir teimosamente numa coisa... UM LINDO DIA PARA TODOS.
    

domingo, 19 de março de 2017

MUROS QUE ENCONTRAMOS



Certos muros que encontramos pela frente, são os problemas
que precisamos resolver para continuar vivendo...

MUROS QUE ENCONTRAMOS  
Marcial Salaverry

Em nossa vida,
diversos muros encontramos,
e nem sempre os escalamos...
Muros existem diversos,
aqueles que escalei
em minha infância,
e que por vezes
me despertam sonhos infantis...
Já teve um outro,
que foi o Da Vergonha...
com esse, ninguém sonha...
Em Cuba...
transformaram em "paredóns"...
soturnos "paredóns"...
que tantas vidas ceifaram...
Prefiro mesmo os
saudosos muros
de minha infância...

MEDITANDO SOBRE O TEMPO


MEDITANDO SOBRE TEMPO
Marcial Salaverry

O tempo... o que é o tempo?
Nem sempre temos tempo
de pensar no tempo...
Esperamos pelo bom tempo...
e isto por vezes leva tempo...
Há tempos fiz uma previsão do tempo...
O tempo provou-me que faria bom tempo...
aproveitei esse tempo bom, com algum tempo...
Tive um sério contratempo...
Porque não encontrei o tempo,
e fiquei sem tempo para aproveitar o bom tempo,
pois acabou chovendo terminando em temporal...
E foi uma coisa apenas temporal
que me fez perder todo esse tempo,
explicando-te a indagação sobre o tempo...
Tivestes tempo para ver como estava o tempo...
E a que conclusão chegastes, ou faltou-te o tempo?
O tempo perguntou para o tempo,
quanto tempo tem o tempo...
o tempo respondeu ao tempo
que o tempo tem o tempo
que o tempo tem tempo de ter...

INSÔNIA, ALGO QUE PODE TIRAR O SONO

Na verdade, a insonia um problema que tira o sono de muita gente...
Só quem é bom de cama consegue ter uma noite bem dormida...
Osculos e amplexos,
Marcial

INSÔNIA, ALGO QUE PODE TIRAR O SONO...
Marcial Salaverry

Numa análise simples, a insônia pode ser definida apenas como perda de sono. Então vem a famosa pergunta sobre o que poderia provocar a tal perda de sono.  Existem diversas causas para nos manter acordados.  Preocupações financeiras, aborrecimentos conjugais, problemas domésticos são os mais comentados e que nos fazem ficar sem dormir.

Todos são motivos facilmente superáveis, pois preocupações financeiras sempre têm solução.  Uma delas é o método mais simplista, ou seja: “dívidas velhas não são pagas, e as novas, deixamos que fiquem velhas”.  Nem todos os credores concordam com isso, mas a solução é muito aplicável.

Para aborrecimentos conjugais, a solução pode ser mais simples.  Pode-se tentar resolver pacificamente com um bom diálogo, um acerto amistoso, ou então a velha solução definitiva, que nem sempre agrada a ambas as partes. E pode provocar ainda mais noites de insônia.

Problemas corriqueiros do dia a dia, apenas poderão tirar o sono de pessoas com tendência a fácil estressamento, pois todos sempre têm solução, não justificando que se perca o sono por causa deles.

Existe um outro tipo de insônia, que pode ser definido como “insônia induzida”, ou seja, não existe um motivo real para a insônia, contudo, forçamo-nos a ficar acordados para fazer alguma coisa que queremos fazer.  Muitas vezes usamos métodos artificiais para ficar acordados.  Nos meus velhos e bons tempos, usávamos comprimidos estimulantes para vencer o sono.  E isso sempre causava problemas, chegando até a criar alguma dependência, com consequencias muito danosas.  Geralmente, o objetivo era varar a noite estudando, ou então namorando... ou ambos.

Atualmente existem dois fortes motivos para que se use a “insônia induzida”.

São duas correntes.  Alguns adoram ficar vendo filmes na televisão a cabo, e varam a noite acordados.  Para vencer o sono, usam e abusam do café, por ser um estimulante quase natural, mas geralmente essa insônia induzida pode provocar algumas crises familiares, provocando insônia real em outras pessoas...

A mais séria de todas as causas de insônia, induzida ou não, é a mais nova “máquina de fazer doidos”, mais conhecida por computador... Já ouviram falar? Pois é. Esse tal de computador surgiu em nossa vida, provocando uma autentica revolução doméstica, podendo causar sérias crises domésticas.

Geralmente quando estamos embalados no computador, seja escrevendo, seja “papeando” sempre é difícil conseguir parar, mas existem diversos motivos que conseguem prender nossa atenção no computador, bloqueando nossa vontade de dormir.

Alguns se perdem nos meandros das salas de chat, nos ICQ’s, no MSN, e agora no tal de "zapzap", mais conhecido por "Whats'up", e ficam horas batendo infindáveis papos.  Outros preferem perder-se nos incontáveis sites.  Existem sites para todos os gostos. Noticiários, literatura, jogos, ou então, os famosos sites pornográficos.  Com essa incrível variedade e com uma muito fácil escolha, não vemos as horas passarem, e assim o sono perdeu mais uma batalha contra o computador.

Resta falar dos últimos espécimes que cultivam a “insônia induzida”, que são os escritores... Parece que o silêncio da madrugada inspira melhor para escrever, salvo aqueles que são "bons de cama", e conseguem deixar o talento para o dia seguinte, e assim derrotam a insonia...

Esta insônia é a mais saudável. Não exige métodos artificiais, simplesmente uma certa força de vontade, para não deixar os olhos fecharem.  Se a força de vontade falhar, sempre podemos usar um método americano, que exige tecnologia avançada, pois há que saber colocar com muita precisão, dois palitos segurando as pálpebras...

Filhos(as) adolescentes também podem ser motivos para insônia, e quem tem, sabe disso, e dos motivos que a cada dia que passa ficam mais preocupantes...

Esperando que esta leitura não vá provocar insônia em ninguém, renovo meus desejos de UM LINDO DIA.

sábado, 18 de março de 2017

NÓS POETAS


NÓS POETAS
Marcial Salaverry
 
Nós poetas,sabemos
desatar os nós
que nos prendem
a certas convenções... 
Nós poetas, sabemos
o que é amor poetal,
que nunca faz mal...
Nós poetas, sabemoso que são beijos poéticos,
puramente estéticos...
Nós poetas, sabemos
que nossa poetal emoção,
não afeta o coração,
e dá à vida uma doce sensação...


Marcial Salaverry

UMA REAL UNIÃO

 
 

UMA REAL UNIÃO
Marcial Salaverry

Quando existe uma total afinidade,
quando ambos pensam igual,
nada pode correr mal,
essa é a realidade...
Deve haver reciprocidade,
para que haja felicidade...
De parte a parte deve ser o respeito,
deve sempre haver amor dentro do peito...
Deve sim, existir a fidelidade,
mas é total necessidade
que assim aja o casal,
dentro de um respeito total...
Há que eventualmente se perdoar,
quando é forte o sentido de amar,
mas não se pode fechar os olhos, simplesmente,
e a tudo perdoar totalmente...
O perdão deve ser merecido,
quando não se foi muito ofendido...
Para ser perfeita uma união,
ambos tem que ter o amor no coração...
Devem caminhar sempre lado a lado,
como um par enamorado,
sem ninguém mandar, nem obedecer,
deve-se o carinho e o respeito bem merecer...
É esse o segredo de um eterno bem querer...
"Dou-te o que me estás a oferecer"...
Se me dás carinho,
será esse meu caminho...
Se me dás traição,
tiro-te de meu coração...

Marcial Salaverry