sábado, 23 de junho de 2018

PAZ E AMOR, NADA MELHOR

P eço sempre por ela,
A mando aqueles que a amam,
Z elando pelo bem estar geral....
E ntão,
A mando uns aos outros,
M undo se faz melhor...
O rando para todos,
R ogando pelos necessitados
Osculos e amplexos,
Marcial
TEXTO PUBLICADO EM 06/12/2011, mas que vale a pena reprisar,
torcendo para que algo aconteça, embora pareça mera utopia...

PAZ E AMOR, NADA MELHOR
Marcial Salaverry

Por ser um admirador confesso desta filosofia de vida, afirmo que por vezes não gosto de ler ou ouvir as notícias do País e do Mundo, pois o noticiário sempre me faz lembrar de que existem ocasiões em que me envergonho de ser gente, e de que razão mesmo tinha nosso saudoso Raul Seixas: "Eu só queria ser civilizado como os animais...".
Animais não fazem essas coisas, e não cometem certos crimes inconcebíveis, como estes que usualmente assistimos estarrecidos, e que já começa a fazer parte da rotina de nosso dia a dia...

Em sã consciência, não poderíamos sequer imaginar  como podem mentes doentias arquitetar planos tão maquiavélicos como este que aconteceu num certo dia 11/03 na Espanha, ou num certo dia 11/09 nos EUA, ou num certo dia de agosto, em Hiroshima e Nagasaki, ou numa certa Quaresma, no Monte Sinai, numa certa Olimpíada em Munique, para apenas citar alguns, e foram tantos outros, sempre demonstrando que o ser humano não consegue ser humano, ou pelo menos alguns deles...

A única reação que pode causar é de uma perplexidade total e completa, assim penso ser essa a reação de qualquer pessoa normal, ou quase, ou seja, a  perplexidade total e completa, ante certos fatos, verdadeiramente inverossímeis, que infelizmente já começam a fazer parte da rotina de nossos dias...
Assim como certas violencias praticadas durante algo que chamam de "Manifestação", mas que levam dor e prejuizo, tanto material como espiritual a muitas criaturas que ficam privadas de seu mais lídimo direito de ir e vir, apenas porque um certo grupo resolveu reivindicar certos "direitos", sem respeitarem os direitos dos demais...


Quanto mais vejo certas notícias,  menos acredito nas coisas que acontecem.  Que espécie de insanidade  absurda é essa que leva algumas pessoas a colocar bombas em locais públicos, ferindo, matando, aleatoriamente pessoas cujo único crime era o de estarem vivas, passando pelo local errado, na hora errada? Ou entrar dentro de um avião, e atirá-lo contra um edifício? Ou amarrar bombas em volta do corpo e explodir com elas? Não dá pra entender o que acontece com essas mentes doentias...

O que nos resta fazer? Simplesmente uma prece,   para todas essa vidas desperdiçadas em nome de um ódio absurdo, contra sei lá o que, e o que é pior ainda, em nome da liberdade, em nome de Deus, ou em nome de algo indefinido. Portanto, terríveis crimes são cometidos, segundo esses monstros, em nome da liberdade, em nome de uma vida livre, e em nome do direito de ter uma religião, e em nome desse pretenso direito, tiram o direito de viver de tanta gente inocente.

E isso  é um contra-senso incrível, pois essa liberdade que esses terroristas monstruosos pregam, é a mesma que aqueles que morreram, ou que ficarão inválidos também desejam, que é a de viver em paz. Como então, praticar-se semelhante violência em nome da liberdade? Em nome do direito de expressão? Se tiraram o direito de vida de pessoas comuns, pois tais atentados ceifam a vida de pessoas comuns, que apenas estavam na hora errada, e no local errado, trabalhadores, donas de casa, cidadãos que nada tem a ver com a briga das lideranças políticas. Então,  como querem que seu direito seja respeitado? Apenas em nome de um ódio absurdo, que apenas é fruto da intolerância do bicho homem.

Portanto, "Eu só queria ser civilizado como os animais”.  Não tenho razão?
Portanto, amigos, pensando em fatos assim, o único que me resta fazer é uma prece para as vítimas dessas monstruosidades, e peço a vocês, meus amigos e amigas, que me acompanhem.
UM MINUTO DE SILÊNCIO, por todas essas vítimas da intolerância e da maldade humana.
E então, podemos pensar num LINDO DIA...
Quanto à punição contra os criminosos... Ainda acredito que se a justiça dos homens falhar, a Justiça Divina dará um jeito, punindo-os adequadamente.
Lembrando com saudade uma turminha de doidos que se saudavam com uma expressão muito simpática: PAZ E AMOR, BICHO...

sexta-feira, 22 de junho de 2018

UN SUEÑO DE PAZ // UN RÊVE DE PAIX

Creo por lo menos ser posible soñar con la Paz...
Je crois être posible, au moins rêver avec la Paix...

UN SUEÑO DE PAZ
Marcial Salaverry

Tuve un sueño de paz,
pues de soñar aún soy capaz,
no sé hasta cuando,
con esa violencia imperando...
Vi todos abrazándose,
vi casales amándose,
no vi nadie peleando
ni tampoco guerreando...
Claro... Apenas soñé...
Abri los ojos... desperté
Fué un sueño,
dulce, risueño...
No quiero despertar...
Dejenme por lo menos soñar...
Dejenme tener esa sensación,
de amor en el corazón
de las personas...
Que ellas sepan ser buenas...
Que todos deseén paz...
Pero, cual, nadie de eso es capaz...
Que gran utopia...
Que linda fantasia...
Que bueno seria,
si los hombres finalmente
diesen buen uso para la ciencia,
y no apenas para la violencia...
Cada vez más armas de guerra perfeccionando
Para donde están nos llevando?
Desanimado, sigo preguntando:
HASTA CUANDO?????


UN REVE DE PAIX
Marcial Salaverry

J’ai fait un rêve de paix,
Tant que je suis encore capable de rêver,
Je ne sais jusqu’à quand,
Avec cette violence qui règne…
Je les ai vus tous s’enlacer,
J’ai vu  des couples s’aimant,
Je n’ai vu personne se battre
Ni se faire la guerre…
Bien sûr… ce n’était qu’un rêve…
J’ouvris les yeux… et me réveilla
Ce fut un rêve,
Doux, rieur…
Je ne veux pas me réveiller…
Laissez-moi avoir cette sensation
D’amour dans le cœur
Des personnes…
Qu’elles sachent être bonnes…
Que tous désirent la paix…
Mais, qui, personne n’est capable de cela…
Quelle grande utopie…
Quelle belle fantaisie…
Que ce serait bon,
Si finalement, les hommes
Faisaient bon usage de la science,
Et pas seulement pour la violence…
Toujours plus d’armes de guerre perfectionnées
Pour nous amener où ?
Démoralisé, je me demande :
JUSQU'A QUAND ????

Marcial Salaverry

EM BUSCA DO AMOR

EM BUSCA DO AMOR
Marcial Salaverry
Falar em busca do amor
seja como for,
na verdade seria um contrasenso,
pois não se encontra senso
em procurar o amor...
A verdade é que ele nos acha,
e por vezes, nos racha...
Quando ele nos encontra,
por vezes se desencontra...
O amor não se procura,
o que é uma doce tortura...
Quando menos se espera,
ele vem e nos diz, espera,
mas se ele se vai, nos desespera...
O amor é assim,

dá vida do princípio ao fim...
Por vezes é incongruente,
por vezes é insolente,
mas nós o temos latente,
e a ele nos entregamos simplesmente,
procurando vive-lo apaixonadamente...

Marcial Salaverry

ENTENDENDO O AMOR ENTRE ALMAS

Quando as almas se amam, nem sempre
os corpos se exigem...
Amam-se etèricamente num amor de virtual realidade...
Osculos e amplexos,
Marcial

ENTENDENDO O AMOR ENTRE ALMAS
Marcial Salaverry

Por ser um tema complexo, com certeza é dificil entender ou aceitar que pode haver um entendimento entre almas, com algo que pode levar ao amor, que será etéricamente vivido.  Certamente nem todos acreditam que podem existir almas que se amem, que dirá de um encontro entre elas, sem que os corpos se vejam, ou se toquem.
Mas esse amor etéreo, claro que pode existir, desde que se saiba vive-lo, e certamente para que isso aconteça, é preciso saber usar muito bem a força do pensamento e da imaginação.

Falando do amor entre almas, não estou falando de fantasmas que eventualmente tenham um relacionamento, digamos fantasmagórico, mas sim de pessoas que se amam mesmo sem se verem.  Pessoas vivas portanto, cujas almas já se conhecem e se reencontram, e pode-se mesmo dizer que são almas que se conheceram em outras passagens.  Pode até inexistir um conhecimento físico, mas as almas se amam.  Este tipo de amor etéreo, sempre aconteceu.

Antigamente, eram cartas de amor, romances, poemas, que despertavam castas paixões à distancia. Depois a coisa evoluiu para o telefone, e assim, quantos romances de amor começaram apenas com o ouvir da voz de alguém. Não se sabia porque, mas aquela voz mexia com o interior, despertando sensações estranhas. Como com os amores surgidos por cartas, ou por poemas jogados pela janela, também os romances telefônicos nem sempre tinham seguimento após o conhecimento físico, que muitas vezes era frustrante, e isso poderia acontecer porque não havia muito tempo para que as almas se conhecessem, porque geralmente eram romances a curta distancia, o que possibilitava um conhecimento físico rápido, e então, após algumas conversas, marcava-se um encontro, e assim sendo, não havia muito entendimento "anímico".
Era a voz, aquele timbre especial e depois o encontro que nem sempre dava o retorno ideal.

As almas buscavam-se mas não se encontravam.  Por vezes esse encontro bem tramado poderia marcar um amor completo e total, e isso poderia acontecer quando as almas conseguiram apressar o conhecimento, e depois "se apresentaram" fìsicamente.

Contudo, eis que surge a Internet, possibilitando um contato imediato e "quase" barato a longa distancia. E essa distancia que existe, é que possibilita um conhecimento mais profundo entre as almas,  já que o conhecimento físico pode ser bem mais complicado.
Por vezes exige grandes viagens, que nem sempre são possiveis, por fatores vários.  Existe a facilidade de fotos e webcam, mas isso se por um lado possibilita que os parceiros conheçam mais ou menos, o aspecto físico,  não existe o contato, que poderá determinar se as almas acertaram a escolha.

E esse amor entre as almas, geralmente acontece sem que possamos prevê-lo. Não o estamos procurando, e sequer "pedindo" algum encontro,  que acaba acontecendo quando menos esperamos.  Começa-se, por vezes acidentalmente numa troca de emails, e assim consegue-se descobrir afinidades inesperadas.
Para que esse amor entre almas frutifique, é preciso que exista uma doação de sentimentos, que haja sinceridade nas conversas, que as almas se abram e se exponham, que se conheçam realmente enfim, não importando a distancia entre os corpos, se houver esse entendimento anímico, que pode ser considerado algo como um resgate entre almas que se amam, podendo acontecer um resgate de suas almas, um resgate de um amor não vivido em sua plenitude em outras vidas.

Por vezes, não deve haver o encontro físico, que poderia por fim ao sentimento surgido entre as almas. Por vezes, contudo, encontra-se a autentica "alma gêmea", que poderá compartilhar o futuro, em total plenitude, e quando surge esse amor, o desejo, o sexo, podem ser relegados a plano secundário, pois o que conta, é a afinidade surgida entre ambas as almas, é o simples sentir da presença do ser amado dentro do coração.

Essas almas acabam "precisando" uma da outra, se interdependem para serem felizes. E esse amor quando surge assim, forte, intenso, nem o tempo consegue apagar, e muito menos a distancia, eis que  é um amor que vem de longe, de outras vidas, e que não foi vivido em plenitude quando poderia ter sido, mas as almas souberam se encontrar para completar esse amor.

E assim, vivendo esse amor, ou um amor "de fato", sempre fica mais fácil ter UM LINDO DIA, que poderá ser perpetuado, e que o amor seja eterno, enquanto é terno, é real, e vivido com a alma, em plenitude...

quinta-feira, 21 de junho de 2018

COMO VIVER COM ALEGRIA DE VIVER


COMO VIVER COM ALEGRIA DE VIVER

Marcial Salaverry

Viver com alegria de viver, simplesmente
é algo que nos faz bem,
e nos dá felicidade para a alma e a mente...
Certamente faz bem ao corpo também...
A vida é como um jardim,
que devemos regar com amor e carinho,
para que possamos enfim,
ver florido nosso caminho...
A alegria de viver está na alma,
é uma sensação de felicidade,
que sempre nos acalma,
e nos dá tranquilidade.
Sabiamente já se dizia que a felicidade
pode ser sempre encontrada,
não tem credo, cor, nem idade,
e tampouco deve ser procurada,
apenas aceita em sua simplicidade...
A felicidade está na nossa frente,
só depende, essa é a verdade,
de que  simplesmente,
seja essa a nossa vontade.
A felicidade está no amor,
está na paz, está na amizade,
devemos sempre ter n'alma o calor
de um bem vivido e feliz amor...
A felicidade, nós a encontramos,
ao sentir toda essa ternura,
quando juntos estamos,
vivendo esta ventura,
regando nosso jardim com amor,
para assim colhermos,
a beleza da flor
que por nosso amor merecermos...

É PRECISO SABER DIALOGAR

Com toda certeza, diálogo é a base para qualquer tipo de entendimento.
Mas há que ser um diálogo dialogado, e não monologado...
Ósculos e amplexos,
Marcial

É PRECISO SABER DIALOGAR
Marcial Salaverry

Certamente é preciso saber dialogar, uma vez que em qualquer tipo de relacionamento, seja amoroso, seja de amizade, seja entre pais e filhos, seja profissional, ou comercial, basta que haja pessoas envolvidas, a base de tudo foi, é e sempre será o diálogo. É importante que haja entendimento entre as partes, e este só poderá ser conseguido se houver diálogo.

Muitas vezes nos calamos ante certas situações que nos causam desconforto, ao invés de procurar acertar as coisas, ou ao menos tentar um entendimento.  Claro que existem situações que não existe possibilidade de diálogo.  Chegando-se a essa encruzilhada, a melhor opção é mudar de rumo, e até mesmo silenciar, para que não se degenere em discussão e em briga. 

Em casos assim, se não houver possibilidade de entendimento, é o fim do diálogo. É o fim da harmonia do entendimento, impondo-se um ponto final no assunto, e dessa maneira, muitas vezes, o silêncio é a melhor arma para evitar-se discussões estéreis, ou infindáveis polemicas.

A propósito, vejam a mensagem que me foi passada por L’Inconnu:
"Pior do que uma voz que cala, é um silêncio que fala".
Nessas ocasiões, o silêncio diz verdades irrefutáveis. Diz que não desejamos mais falar sobre o assunto, diz que toda e qualquer possibilidade de diálogo chegou ao fim. Diz que é um rompimento definitivo. Verdade seja dita, em certos casos, o silêncio é um autêntico grito de alerta, dizendo um basta para discussões estéreis. Ele nos fala tantas coisas, nos faz repensar sobre atitudes que vínhamos tomando, e até mesmo possibilita um retorno a um diálogo depois que as coisas esfriarem. Essa a importância do diálogo, mantê-lo até onde for possível, e retoma-lo quando for possível novamente.

Nem a discussão, nem o silêncio falam de perdão, falam de nova chance, mas o diálogo retomado, abre perspectivas para tudo. Devemos portanto, saber usar o silêncio para quebrar um clima de discussão, para evitar que a situação se agrave, e para que se possibilite uma análise da questão, verificando-se se será possível reatar-se o elo rompido.

Há que se saber interpretar os silêncios, nem sempre os considerando como fim de tudo, mas como uma trégua a ser observada, para que os ânimos esfriem. Devemos usa-lo quando o diálogo está tomando o perigoso rumo da discussão, quando ambas as partes permanecem firmes em seus pontos de vista, ao invés de procurar um meio termo compatível, e esse pode ser considerado o diálogo do silencio. A chamada pausa para meditação, quando é necessário um tempo para pensar e analisar situações conflitantes...

Certamente nem sempre é fácil calar-se quando a discussão começa a ficar acesa. E como é importante saber faze-lo, sobretudo quando alguém tenta nos provocar, tentando polemizar certas situações, quando simplesmente, por quaisquer razões, tentam nos “chamar para a briga”, (empregando um termo de minha infância longínqua), devemos saber evitar essa provocação gratuita, pois muitas vezes, perdemo-nos em questões estéreis que a nada nos vão levar, apenas em função de um temperamento polemizador.  Ainda podemos tentar um diálogo, indagando o porque dessa provocação, mas a melhor resposta que poderemos dar, ainda e sempre será o silêncio, para que ambos os lados possam repensar e reavaliar situações. 

Dizem que “da discussão nasce a luz”, mas também grandes brigas bem iluminadas.  A luz poderá nascer de um diálogo ponderado, em que ambas as partes possam se explicar, sem que estejam com o espírito prevenido, mas simplesmente ambas, dispostas a falar e a ouvir, e esse ponto é fundamental, "saber falar e ouvir"... Desse diálogo poderá surgir um acerto, ou não, mas de um jeito ou de outro, será algo amigável, acertado civilizadamente.

E uma das maneiras de sempre resolver as coisas ponderadamente, através de um diálogo amigável e gostoso, é tendo o desejo de fazer de cada dia, sempre UM LINDO DIA, e se isso é bom, pra que mudar?
 

quarta-feira, 20 de junho de 2018

PARA PENSAR NO PENSAMENTO

Sempre é bom procurar pensar, para
bem analisar a vida e suas variações...
Sempre é bom procurar manter ativos nossos
neuronios (mesmo que apenas dois...:)),
pois os mantendo em atividade, é um meio para
se proteger daquele alemão chato, o tal do Alzheimer...
Vamos exercitar o exercício do pensamento,
tentando pensar em coisas da vida...
Ósculos e amplexos
Marcial

PARA PENSAR NO PENSAMENTO
Marcial Salaverry

Sempre é tempo de aprender uma coisa muito importante,
que é viver em paz consigo mesmo...
Saibamos aceitar o que a vida nos trouxe, e estaremos a um
passo da felicidade...
Marcial Salaverry

Por vezes, chegamos a uma encruzilhada...
Qual rumo tomar?
Se a escolha é dificil, algo é preciso ser feito...
Há que se ponderar, e ousar... Ou não...
Marcial Salaverry

Uma consulta a nossa alma, sempre precisamos fazer quando temos que decidir
algo em nossa vida.
Ponderar...Meditar... E então, decidir...
Nada deve ser resolvido ao primeiro impulso, mesmo que nos pareça o mais certo...
Sempre é bom analisar para encontrar outras opções...
Marcial Salaverry

Para tudo nesta vida, devemos ter a atenção devida, nunca deixando dúvidas para trás...
Diálogo e ponderação, sempre aclarando a situação...
Melhor procurar resolver do que adiar, não deixando
para trás o que a vida nos traz...
Marcial Salaverry

Uma amizade sincera é aquela em que existe uma afinidade de almas, permitindo que haja um entendimento entre aqueles que sabem se entender, evitando mágoas e reclamações desnecessárias...
Um simples alô já serve para "dizer" tudo o que lhe vai na alma, e é entendido...
É o sentimento mais lindo e puro que une as pessoas que tem a felicidade de se encontrarem...
É a amizade verdadeira...
Marcial Salaverry

O primeiro passo para amar e ser amado, é saber amar-se...
Sabendo, estará apto para amar a outrem...
Marcial Salaverry

Sempre existirão problemas...
Deles não poderemos fazer dilemas...
Apenas... Solucioná-los...
Justificando porque estamos aqui...
Marcial Salaverry

Se desejar ter UM LINDO DIA, faça algo
para merece-lo, e não se limite a ficar
esperando que ele aconteça...
Faça sua parte...

terça-feira, 19 de junho de 2018

TENTANDO ENTENDER O AMOR

 
TENTANDO ENTENDER O AMORMarcial Salaverry

Mergulhando em profunda reflexão,
sem temer alguma possível decepção,
tentando entender o que é o amor,
o que é esse viver, que à alma traz calor...
Que faz sentir quem não está presente,
como se presente estivesse...
Perde-se em pensamentos
que podem provocar lamentos...
Se o amor não foi perfeito,
pode-se tentar consertar o defeito...
Ao sentir a alma um pouco passiva,
tenta-se deixá-la mais ativa,
pedindo para coração placidez,
e que possa trazer mais lucidez...
Não se pode ser precipitado ou incoerente,
devendo agir sempre conscientemente...
É preciso mergulhar em reflexão,
consultando bem o coração,
e se descobrir que do amor não há como fugir,
é melhor entregar-se ao sentir,
para assim acabar com o tormento,
sem sequer pensar em lamento...
Assim, meditar e analisar,
vendo se é melhor ao amor se entregar,
e sentir do amor toda a emoção
que dá mais vida ao coração...
Olhando com o olhar da alma,
sentindo o sentir que acalma,
para entender sempre a realidade,
do que é esse amor, na verdade,
entregando-se aos doces sentimentos,
deixando esquecidos outros lamentos...
Sonhando com o amor finalmente,
e vivendo esse amor realmente,
para então entender
que com amor é melhor para viver...
 
Marcial Salaverry

SEMPRE EXISTE ALGO PARA NOS FAZER CHORAR

Nem sempre devemos chorar por alguém...
Temos que saber usar o bom senso,
pois nem sempre lágrimas são merecidas...
Osculos e amplexos,
Marcial

SEMPRE EXISTE ALGO PARA NOS FAZER CHORAR
Marcial Salaverry
                                                             
Certamente sempre existe algo que pode nos fazer chorar, pois quando nossos sentimentos são atingidos, certamente existem circunstâncias que podem nos fazer chorar.  Pode ser uma grande alegria, uma grande emoção, uma grande tristeza, uma dor profunda, tudo depende da sensibilidade da alma, e até mesmo do momento que estivermos vivendo, pois se estivermos melancólicos, propensos às lágrimas, até um por do sol muito lindo poderá nos fazer chorar. Ou uma música, ou um poema, algo que atinja nossa sensibilidade.

Podemos chorar por saudade.  Alguém muito querido que partiu. Mas nesse caso será melhor nos escudarmos nas boas lembranças, que poderão, se não evitar, pelo menos  minimizar a dor pela ausência.

Essa terapia faz muito efeito, pois lembrar momento felizes que foram vividos juntos, parece que nos faz sentir a presença de quem está ausente. O importante é não nos deixarmos dominar pela dor da partida, procurando substitui-la pela lembrança da alegria que um dia existiu. E como isso ajuda...  Pode não ser muito fácil faze-lo, mas é um excelente exercício mental.

Podemos igualmente chorar quando alguém nos faz sofrer.  Por exemplo alguém a quem amamos e que nos rejeita.  Seja um amor, um filho, um amigo, enfim, alguém que apreciamos, e que parece não retribuir esse sentimento, mas nesses casos, não vale a pena chorar. O melhor é devolver a mesma frieza, tendo sempre em mente que ninguém merece nossas lágrimas, pois as únicas pessoas que realmente  merecerem nossas lágrimas, nunca nos farão chorar. Pelo menos, não voluntariamente.

Um sentimento de amor, de amizade, de carinho, geralmente só provoca lágrimas de emoção, de alegria, nunca de tristeza.  Havendo essa reciprocidade, até mesmo eventuais ausências poderão ser superadas.

L’Inconnu mostrou-me uma mensagem interessante, que diz  o seguinte:
"Se você ama alguém, coloque seu nome em um círculo, ao invés de um coração. Corações podem se quebrar, mas círculos duram para sempre".
Quando estamos necessitando ser ouvidos, apenas os verdadeiros amigos nos ouvirão.  Apenas quem realmente nos aprecia será capaz de nos acudir em nossos maus momentos, sejam eles quais forem.  Muitas vezes, chegam a ouvir o que pensamos.  Essas são as reais amizades.

Não precisamos pedir socorro,  elas nos socorrem antes.  E dessa mesma maneira deveremos agir quando a situação for inversa.

Não deveremos demonstrar raiva, mesmo que a sintamos.  A raiva é má conselheira.  Antes de nos deixar levar por sua negatividade, deveremos ponderar bem a situação, procurando ameniza-la o mais possível.  Evitando uma explosão de momento, tudo parecerá menor depois.

Muitas amizades, muitos amores, são perdidos por uma explosão de ira num momento inadequado. Uma amizade assim perdida, dificilmente será recuperada, pois as sequelas provocadas nem sempre encontram lenitivo.

São essas perdas, cuja lembrança poderá provocar nossas lágrimas depois.  Principalmente ao chegar à conclusão de que aconteceram por um momento de destempero que tivemos, ao cortar bruscamente vínculos afetivos plantados durante muito tempo. 

Sofremos e fazemos sofrer, somente por uma questão de orgulho ferido que eventualmente pode ter provocado nossa ira.  Soltamos os “bichos” impensadamente, e depois não os conseguimos repor nas jaulas, perdendo uma amizade que nos era muito cara.

Enfim são muitos os motivos que podem nos fazer chorar.  E uma coisa é certa.  Seja qual motivo for, ao sentir aquele nozinho na garganta, não se segure, “deixe as águas rolar”, pois é muito melhor um desabafo do que segurar uma emoção que está lá dentro, doidinha pra sair.

Bem, para evitar tudo isso, o melhor mesmo é termos UM LINDO DIA, sempre lembrando que lágrimas são benvindas quando a alma sentir necessidade de soltá-las... 

segunda-feira, 18 de junho de 2018

AS QUALIDADES DE UM HOMEM

Nosso bom Diógenes cansou de procurar um homem honesto,
que preenchesse os requisitos para ser o "Homem Ideal"...
Não encontrou...
Será que não soube procurar, ou não existe mesmo?
Mas... nem em Brasilia?????

AS QUALIDADES DE UM HOMEM
Marcial Salaverry

O homem para ser homem na verdadeira acepção da palavra, deve ter certas qualidades que são indispensáveis para marcar favoravelmente sua passagem pelo mundo.
As qualidades mencionadas não devem ser encaradas como qualidades, mas apenas como inerente às obrigações de pessoas que se disponham a viver em Sociedade, sejam homens ou mulheres, ou qualquer outro dos sexos paralelos.
Acontece que o famoso "culto ao umbigo', faz com que o ser humano deixe de ser humano para se transformar em um ser egoísta, apenas pensando em si próprio, esquecendo-se de que os espaços e os direitos alheios devem ser respeitados, assim como os próprios.  Não podemos querer que o mundo gire em torno de nós. Não podemos querer que o mundo se adapte a nós, pois nós é que devemos nos adaptar a ele.
Tais desejos são quase utópicos, quando na verdade deveria ser a coisa mais fácil e normal encontrar alguém que se encaixe nesse modelo ideal, que é apenas o que poderia e deveria ser modelo padrão, produzido em série. Na realidade, é modelo de exceção...
Diógenes já tentou encontrar, mas não conseguiu... Espera-se que um dia seja encontrado, seja nesta, ou em outra passagem...
Para tanto basta que seja uma criatura capaz de deixar de lado inveja, prepotencia, preconceitos, orgulho, desonestidade, corrupção, negociatas, e comece a entender que a vida fica bem melhor se adotarmos coisas como amizade, humildade, respeito, consideração, bom senso, honestidade, solidariedade, respeito aos direitos alheios, algo mais difícil a cada dia que passa, principalmente nos altos escalões, onde as propinas correm à larga... Convenhamos que realmente é uma busca inútil, principalmente nos tempos atuais, onde prefere-se oPTar pela bandalheira generalizada...

 Pensem nisso, e as eleições estão próximas...

UMA PROPOSTA DE AMOR

UMA PROPOSTA DE AMOR
 Marcial Salaverry

É realmente interessante
uma proposta para  amar o bastante...
O desejo pode ser simplesmente,
querer apenas amor somente...
Algo que é preciso saber doar,
se a proposta resolver aceitar...
Deseja-se um carinho apaixonado,
e que se viva sempre ao lado
totalmente,  sem restrições,
aceitando todas as emoções
que o amor possa proporcionar,
na real maneira de amar...
Deseja-se um amor com liberdade,
e que só se pense na felicidade,
sem pensar com seriedade,
em exigir fidelidade...
Disso o amor não tem necessidade,
basta que seja um amor de qualidade...
Que existam ardentes carícias,
propiciando do amor todas as delícias...
A proposta real enfim,
que seja um amor sem fim...

Marcial Salaverry

MEDITANDO PARA UM LINDO DIA

Por vezes uma meditação se impõe,
para tentar acertar algumas arestas...
Sempre é bom pensar antes de agir...
Ósculos e amplexos,
Marcial

MEDITANDO PARA UM LINDO DIA
Marcial Salaverry

Alguns pensamentos esparsos por vezes podem nos ajudar a chegar a algumas conclusões...

A vida é uma eterna escola...
Devemos ser bons alunos, se a quisermos bem viver...
_______

A luz da Fé, é a luz que ilumina nosso caminho, afastando as trevas da descrença...
_______

Nada nem ninguém é tão importante, que possa parar o tempo...
Portanto... Ninguém é melhor do que ninguém...
Somos todos iguais para o Amigão...
Deveriamos se-lo para os homens tambem...
Mas não é o que acontece...
________

Por vezes vem aquela necessidade de abrir a alma, de soltar o que sentimos...
E faze-lo, poderá nos fazer muito bem...
E sempre é bom pensar antes de faze-lo...
_________
Existem certas decisões que um dia precisamos tomar...
Definir rumos... Pensar... Analisar... Decidir...
E é o que sempre deve ser feito, para evitar certas besteiras que fazemos...
______________

Saiba reconhecer a força de sua alma, e saiba usá-la convenientemente, para deixá-la feliz,
e assim nos ajudando a conseguir a felicidade, permitindo-nos aquela sequencia gostosa de LINDOS DIAS...

Osculos e amplexos,
Marcial

domingo, 17 de junho de 2018

COMO DEVE SER UMA VERDADEIRA MULHER

Temos que aprender a dar o devido valor à MULHER...
Osculos e amplexos,
Marcial
TEXTO PUBLICADO EM 14/11/2004, mas sempre atual...

COMO DEVE SER UMA VERDADEIRA MULHER
Marcial Salaverry

Vamos analisar com isenção de ânimo como deve ser uma mulher.  Como deve ser e agir uma verdadeira mulher.  Analisemo-la à luz das necessidades de um homem que saiba dar o devido  valor a uma mulher.  Sem preconceitos machistas ou feministas, apenas realistas.

Ela deverá ser forte. Poderosa.  Ao mesmo tempo, suave e delicada.  E elas sabem ser. Quando querem.
Comparativamente falando, podemos dizer que ela deverá ter a força e o calor do sol para aquecer o dia do homem, e ao mesmo tempo, deverá ter a suavidade da lua, das estrelas, para iluminar o amor, e permitir o repouso após o embate amoroso.

Deverá ser amena e benfazeja como a brisa que acaricia nosso corpo durante o dia.  Contudo, em certas ocasiões deverá ter a fúria   da tempestade, mostrando toda a força de seu amor, e seu valor, que deverá ser reconhecido por seu companheiro.
Deverá saber se impor com suavidade.  Fazer prevalecer sua vontade, fazendo com o que homem pense que é ele quem comanda.  Essa impressão de domínio masculino é importante para que a mulher prevaleça.  Não deve se apequenar, submeter-se, mas deixar essa impressão.
Embora ele ostente o poder, em seu íntimo sabe a grande companheira que tem.  E saberá escuta-la em seus momentos de duvida, se souber usar o bom senso para saber bem faze-lo.

Deverá ter a doçura de uma fruta madura, sem esquecer que por vezes a fruta pode ter um travo amargo mas devemos saber o momento de aproveitar a doçura, ou de entender os problemas que ela pode estar passando, saber aceitá-los, sabendo entender seu íntimo.
Deverá ser terna e suave como as pétalas das flores, mas sempre lembrando que flores também tem espinhos, e que devem ser tratadas com cuidado e carinho para não ferir as mãos de quem as toca sem a devida atenção.
Deverá ter a alegria encontrada no chilrear das avezinhas quando o dia começa.  Sempre é bom amanhecer com alegria, mas devemos fazer nossa parte, a alegria, a felicidade, exigem reciprocidade.

Podemos compara-las com os riachos que serpenteiam serra abaixo, acariciando as pedras que encontra, mas por vezes as leva de roldão.  Devemos saber receber as carícias, sem enfrenta-las com resistência, pois poderemos ser simplesmente deixados para trás.

Fala-se da fragilidade feminina. Que elas precisam sempre de nosso amparo e proteção. Sempre será uma falsa impressão.  Na realidade, quando parecem estar sendo amparadas, são  elas que nos dão o real apoio, fazendo-nos pensar que somos os mais fortes. Isso na realidade, é o que nos faz ficar fortes.  Não é à toa que existe aquele provérbio "Por trás de todo grande homem, sempre existe uma grande mulher." Permito-me acrescentar, “muito cansada.”

Na verdade, elas tem a coragem das leoas, não esquecendo que são as leoas que enfrentam os maiores perigos, e vão à caça para alimentar os leões. Assim são as mulheres que realmente merecem ser chamadas de mulheres.  Não hesitam em acompanhar e apoiar seus homens na grande aventura da vida.  Não hesitam em abandonar seus lares e famílias para estar ao lado de seus eleitos, quando isso for necessário.
O homem foi educado para desbravar o mundo, e a mulher existe para que isso seja possível.
A história nos apresenta milhares de exemplos de mulheres que foram o sustentáculo de grandes lideres mundiais.  Sem falar que muitas não apareceram, por preferir trabalhar à sombra.  Mas tenham a certeza de que existiram, pois esse apoio sempre será vital para suas realizações, algo que nem sempre é reconhecido...

Em troca dessa força toda, desse apoio todo, de serem nosso real sustentáculo, apenas pedem em troca, amor, carinho, atenção e, principalmente muito respeito.
Respeito pelo que ela faz, respeito pelo que ela vale, respeito pela sua condição de mulher, e principalmente, respeito pelo respeito, amor e carinho que ela nos devota.
Infelizmente muitos não reconhecem esse valor, e apenas vão notar sua falta quando as perderem.

Para as mulheres em geral, e para os homens que lhes sabem dar o devido valor, vai meu abraço especial, e os melhores desejos para UM LINDO DIA.

sábado, 16 de junho de 2018

O QUE CHAMAMOS DE AMOR

O QUE CHAMAMOS DE  AMOR
Marcial Salaverry

Para o amor conhecer,
é preciso algo entender

que coisa interessante que é amar...
Uma coisa que estimula a poetar,
que ensina o que é felicidade,
e também o que é saudade...
Ensina até mesmo o que é amor,
assim como ensina a dor...
Chega e até alegra o coração,
com uma quente emoção...
Mas pode entristece-lo também,
quando nosso amor não vem...
Por vezes, leva-nos ao riso,
e tambem nos leva ao siso...
A grande verdade diz que viver sem amor,
certamente é uma vida sem cor...
Assim sendo, certamente amar é preciso...
Amar é vital se quisermos alegrar a vida...

Marcial Salaverry

AMOR PARA SER AMOR VEM DA ALMA

O amor deve ser sentido com real sentimento, bem dentro
de nossa alma...
Osculos e amplexos,
Marcial

AMOR PARA SER AMOR VEM DA ALMA
Marcial Salaverry

Para entender e poder bem viver o amor, é preciso saber que é um sentimento sui generis, pois é uma eterna doação, e não uma fonte de cobranças, eis que é algo que brota espontaneamente no nosso coração, na nossa alma. Ele não deve ser imposto, como se fosse nossa obrigação amar a alguém.

Assim, o amor é resultado de um amálgama de sentimentos. Nele deve haver amizade, confiança, carinho, dedicação, doação, tudo menos obrigação. Nem sempre amamos a quem devemos amar, mas se esse sentimento surgiu, saibamos administrá-lo. É válido tentar a conquista do ser amado, mas ser amado por ele é outro papo, é algo que depende dos sentimentos que o dominarem.  Pode ou não haver a reciprocidade, ou, em havendo o retorno, pode haver ou não a possibilidade, e esses, são os fatores que devem ser analisados, e a grande verdade é que não se pode obrigar ninguém a amar ninguém.

Conquistar o amor de quem desejamos, ou pelo menos tentar faze-lo, é uma coisa, obrigá-lo a nos amar é outra, e a propósito, li um pensamento de Jonathan Swift, que mostra bem como pode e deve ser o amor:
"Amar é um jeito próprio de sentir...um jeitinho gostoso quando alguém nos ouve com paciência, e faz a gente sentir que não se cansou com a conversa da gente, um jeito feliz que fica dentro da gente... E surge assim, derepente, no silêncio, quando a gente troca confidências com alguém, quando ajuda a quem precisa de nós, quando, mesmo sem palavras, a gente sabe o que a outra pessoa sente, enfim, é um sentimento feliz que fica no coração da gente."(Jonatthan Swift)
Uma definição perfeita: "é um sentimento feliz que fica no coração da gente..." E para que seja feliz tem que ser sentido em liberdade, sem pressões e nem cobranças.
Não podemos exigir que sejamos amados na mesma intensidade de nosso amor.
Aliás, não existe isso de amar muito, ou pouco. Ou se ama, ou não se ama. A intensidade fica por conta de nosso emocional, e vai depender das afinidades, da amizade, da maneira como o amor pode se expressar.

Mostramos nosso amor quando ouvimos e damos atenção que nos dizem, quando procuramos ajudar de alguma maneira, seja com atos ou com palavras, quando nos interessamos por seus problemas, ou mesmo quando sabemos fazer um carinho, um afago, mesmo que à distancia.
O simples fato de se interessar pelos problemas, é uma demonstração inequívoca de amor, de amizade, de carinho.

Assim o amor é mostrado muito mais do que o simples fato de dizer "EU TE AMO" quinhentas vezes por dia, mas dito apenas da boca pra fora, sem um real sentimento de amor, apenas para atender a cobranças de quem nos ama, que somente poderá sentir o amor através dessa declaração, e assim, esquecendo-se de todo o carinho demonstrado de outra maneira.

Temos apenas que aprender a "sentir" o amor que nos é devotado. E saber receber o que nos é doado. Sabendo entender, saberemos corresponder. E cobranças não ajudam em nada, chegando mesmo a ser fator de inibição. É preciso entender que amor é um sentimento que brota espontaneamente.
Palavras de amor devem ser ditas nos momentos certos, quando as sentimos dentro de nós, e estão querendo sair, e não quando nos pedem que as falemos. Assim, deixará de ser natural, para ser algo forçado, podendo mesmo soar falso.
Muitas vezes um simples aperto de mão significa mais do que um apaixonado beijo.
Há que saber entender os sinais do amor, captando o "sentir" de quem desejamos.
E saber esperar pelos momentos em que tudo poderá acontecer.

Claro que é complicado administrar os sentimentos dessa maneira, mas é o caminho mais seguro para se conquistar, e principalmente, para se manter esse amor por muito tempo.  Para amar, temos que sentir e dar liberdade para nosso amor. Se ele permanecer a nosso lado, é porque realmente o deseja, e não porque é "obrigado" a isso. Assim, poderá haver a reciprocidade.
Assim, seremos amados, talvez não da maneira como desejaríamos sê-lo, mas da maneira como nosso amor nos ama. E saber aceitar esse amor é a melhor maneira de mante-lo, e torná-lo duradouro.

E com plena e total certeza, conseguir manter o amor a nosso lado num clima de total e sincera reciprocidade, é o melhor jeito para termos UM LINDO DIA, repetindo-o a cada dia de nossa vida...

sexta-feira, 15 de junho de 2018

É PRECISO ENTENDER UMA SINCERA AMIZADE

Existe uma tênue linha separando amizade de paquera...
E nem sempre é aconselhável transpo-la...
Saber manter uma amizade sempre será uma sábia atitude...
Osculos e amplexos,
Marcial
TEXTO PUBLICADO EM 06/06/2012.

É PRECISO ENTENDER UMA SINCERA AMIZADE
Marcial Salaverry

Embora muitos possam supor que entre pessoas de sexos diferentes não pode haver amizade, vamos entender que isso é um grande engano, pois essa amizade pode perfeitamente existir, e realmente existem grandes e leais amizades entre homens e mulheres, sem que haja desejo sexual de nenhuma parte.  Apenas aquele sólido e gostoso carinho que apenas uma grande amizade propicia, e isso acontece  tanto no virtual, como no real.  Apenas é preciso que se coloque bem as coisas, para evitar confusões.  Há que saber sentir bem até onde chega a amizade, e onde pode começar o amor. O limite entre o carinho e a carícia. Um toque de amizade, é dado com calor.  Um toque de amor provoca arrepios. Um beijo de amizade, é um beijinho, mas um beijo de amor, sempre será aquele beijo de amor, trocado com intensidade e desejo...

Para amizade, conversa-se, para amor, paquera-se, e portanto, é certo que amizade e paquera,  são duas coisas bem diferentes, mas que são muito confundidas, pois muitas vezes simpatizamos com alguém, gostamos de bater um papo amigo com essa pessoa, mas somos mal interpretados, e com consequencias nem sempre agradáveis.

Existem as duas faces da moeda, uma vez que podemos ser mal interpretados como por estar tentando uma paquera, quando na realidade apenas desejamos manter uma amizade sem qualquer outro interesse, além da amizade propriamente dita. E a pessoa se afasta, magoada por termos sido abusivos, na sua opinião, pois o que ela desejava era apenas uma amizade. Também podemos apenas desejar uma reação amigável do outro lado, e somos surpreendidos com uma cantada explícita, que por vezes nos coloca em uma posição desconfortável, e sempre será interessante aclarar bem a situação, pois boas amizades devem ser mantidas, e bom senso e compreensão ajudam essa manutenção.

Esta crônica foi inspirada por um e-mail recebido de uma nova amiga, L’Inconnue, que entre outras coisas me disse o seguinte:
"Ser sincera e verdadeira, é mesmo uma qualidade minha. Acho que a internet faz confusão entre amizade verdadeira (mesmo virtual) e "paquera". Não esqueça, isso de internet ser como digo, quem quiser muda isso. Como eu já mudei muita coisa. Incrível, a gente consegue obter respeito. Mulher é poderosa, sabia? Nós internautas inofensivos e puros nos ofendemos quando pensam que ficamos aqui apenas para trocar infidelidade ou pornografia, palavras e piadas de baixo calão. Moralizar a internet, isso sim. Sabe, a gente na vida, é o meu lema, consegue tudo querendo."
Destaquei este texto, justamente por exprimir a opinião de uma pessoa que já está meio cansada de ser mal interpretada pelos “paqueradores de plantão” que pululam na Internet, podendo incomodar como aconteceu com esta nossa amiga, que já se decepcionou bastante por ser mal entendida em seus desejos de amizade pura e simples.

Perfeitamente compreendido seu ponto de vista, amiga L’Inconnue. Existe realmente muita coisa errada, que precisaria ser moralizada, além dessas paqueras sem nexo. Há que se paquerar, quando existe a concordância tácita de ambas as partes, e nesse caso, a conversa toma outro rumo, saindo fora da simples amizade, para o amor. E, é claro, quando ambos sentem o mesmo desejo, sempre será gostoso manter um romance, ainda que virtual. Caso contrário, será assédio, e não paquera. Não podemos confundir amizade com romance. Mas se for o caso, um romance com amizade é o que pode haver de melhor, desde que com total reciprocidade, com mútua concordancia...

Não apenas nesse sentido precisa haver moralização, pois é preciso que se moralizem os sentimentos, no sentido mais amplo da palavra,  evitando-se certas perseguições e picuinhas com a tentativa de destruir pessoas, sites ou seja lá o que for. O céu nasceu para todos, e a Internet mais ainda.  Vamos respeitar o trabalho alheio, para que o nosso também o seja, e sempre procurando um clima de amizade e respeito. Muita gente já se afastou da In ternet por esse desagradável motivo...

Todos precisamos nos conscientizar de que não há nada melhor do que um trabalho de qualidade para ganhar a confiança e a assiduidade dos usuários.  Não se pode subestimar a inteligência de todos, tentando apenas destruir concorrências, questionando a capacidade de trabalho deste ou daquele.  Há que cada qual fazer sua parte com qualidade e competência, para assim, mercê de sua capacidade, “chamar” os usuários que, sabendo apreciar um trabalho bem feito poderão dar a preferência para quem melhor lhes aprouver. É fundamental provar que podemos apresentar um trabalho de qualidade, sem nos preocupar com o trabalho alheio.  Cada qual que faça sua parte.  O que precisa acontecer, é formar-se um ambiente de respeito, com todos respeitando todos, e sendo por todos respeitados, e isso, tanto no campo pessoal, como no profissional, seguindo o sábio lema de bem viver, que diz que
"O seu espaço termina onde começa o meu, e o meu, onde começa o seu..."
Nessa doce expectativa, começo minha parte, desejando a todos UM LINDO DIA, pleno de sincera amizade, que é o que está fazendo falta no mundo, mas "querendo tudo podemos mudar..."

"Vamos viver com amizade,
para atingir a felicidade,
de que temos necessidade...
Marcial Salaverry"



 

É BOM VIVER COM AMOR

 
É BOM VIVER COM AMOR
Marcial Salaverry
 
Para a vida ter calor,
é bom viver com amor,
melhor do que morrer por um amor...
Na verdsade, a morrer começamos,
quando para a vida entramos...
Se é bom de amor viver,
melhor será com amor reviver...
Principalmente com amor a Deus,
sem esquecer de quem te dá adeus,
seja a quem entra em sua vida,
ou a quem está de partida...
Com amor pela vida,
vivendo-a, enquanto puder ser vivida...
E, principalmente,
é preciso amar-se, simplesmente...
Com amor no coração,
a vida terá mais razão...
Pela vida, pense assim,
e viva a vida com amor enfim,
amando do princípio ao fim...