segunda-feira, 1 de junho de 2020

BOM AMOR BOM HUMOR

A recíproca é verdadeira...
Com bom humor podemos viver um bom amor,
e um bom amor ajuda manter o bom humor...

BOM AMOR E BOM HUMOR
Marcial Salaverry

Manter seu bom humor,
é sinal de viver um bom amor...
O bom humor faz bem ao coração,
e além de bom amor, diminui a tensão,
e dá à vida mais emoção...
Bom humor, é manter um alegre sorriso,
que atrai o amor, e afasta o siso...
Bom amor, para o sorriso manter,
e mais gostosamente viver,
confirmando a teoria que diz,
que para ser sempre feliz,
viver um bom amor,
para manter o bom humor...


 

BOM DEMAIS UMA AMIZADE DE VERDADE

Certamente é bom demais encontrar e desfrutar de uma amizade de verdade...
Assim sendo, apertemo-nos as mãos, com uma real amizade...
Osculos e amplexos de sincera amizade,
Marcial
BOM DEMAIS UMA AMIZADE DE VERDADE
Marcial Salaverry

Quando encontramos uma amizade de verdade, vemos que com certeza, a amizade é o mais belo sentimento que pode unir as pessoas, mas não consegue ser definida ou mesmo explicada, pois jamais conseguiremos entender  que estranho mecanismo age em nosso emocional, definindo simpatias ou afinidades que sentiremos ou não em nossa vida.

Até agora, existem perguntas que pedem uma resposta, e que, apesar de não querer calar, permanecem irrespondíveis:
" Quando podemos definir alguém como amigo? Como saber se alguém é nosso amigo?"
Encontrei uma linda tentativa para definir o que é amizade, numa mensagem de L'Inconnu, que nos diz o seguinte:
"Certamente, amigo é aquele que te acolhe quando te sentes perdido, e sem esperanças, é aquele que te consola com palavras sinceras quando necessitas."
Realmente sempre será fácil encontrar bons amigos quando as coisas nos correm bem, e claro que sempre teremos bons amigos, compartilhando de nosso êxito, e até mesmo se vangloriando de nos haver ajudado, de nos ter dado o famoso "primeiro empurrão". E nunca falta a frase: "Desde o primeiro momento soube que seria sucesso..."

Contudo, quando estamos na pior, esses mesmos amigos ocasionais serão os primeiros a se afastar, a nos voltar as costas, e o fazem, pois existe o perigo de que possamos pedir ajuda. São os tradicionais ratos que sempre abandonam o navio quando está afundando, porém será exatamente nesses momentos que saberemos encontrar os verdadeiros amigos. Serão aqueles que permanecerem  ao nosso lado, nos dando a mão, ou  mesmo apenas um apoio moral. E como é necessário termos alguém a nosso lado quando o barco está à deriva, termos alguém que nos ajude a equilibra-lo, que nos ajude a carregar o fardo quando estiver muito pesado.

Para termos bons amigos, sempre será necessário que também o sejamos, pois amizade é algo que vai e volta. Muitas vezes precisamos nos esquecer de nossos próprios problemas, quando precisamos socorrer um amigo em dificuldades.  Aliás, uma vez resolvido o dele, ele poderá nos ajudar no nosso. É a famosa troca de favores entre amigos, pois amizade é um autentico bumerangue, e assim,  o que vai, volta...

Muitas vezes estamos por realizar um sonho, algo que muito desejamos. É quando conseguimos ver quem realmente está ao nosso lado.  São aqueles que nos ouvem e procuram ajudar de alguma maneira. Seja com atos, seja com palavras. Muitas vezes, um apoio moral tem um resultado fantástico. Realizar um sonho sozinho, sem ninguém para trocar idéias, para compartilhar seus ideais, para emprestar aquela colaboração, dar aquela força, sempre será mais complicado, e até chegamos muitas vezes a desanimar, ao perceber que as pessoas com quem mais contávamos, são justamente aquelas que retiram o apoio em horas decisivas, mas isso, são coisas da vida.

Nessa hora, é lindo quando surgem os verdadeiros amigos, pessoas que jamais poderíamos suspeitar que nos iriam ajudar, e que vem em nosso socorro, e isso crianças, é amizade de fato e de direito.  Não é necessário proclamar sempre que é amigo, pois é com ações que isso é demonstrado, não apenas com palavras...

Nunca esquecendo que sucessos e percalços fazem parte da vida, vamos seguir em frente, abrindo nosso caminho com a alma limpa, cheia de amizade e bons sentimentos, pois sempre vale a pena sonhar, viver e ir em busca de seus ideais.

E o primeiro passo, sempre será UM LINDO DIA, que poderemos e deveremos desfrutar ao lado da boas e sinceras amizades...

domingo, 31 de maio de 2020

FAÇA DA VIDA UM CAMINHO DE FLORES

Devemos bem orientar nossos passos,
evitando pisar na alma das pessoas...
Carinho e consideração é o que de melhor podemos
usar em nossa caminhada...  


FAÇA DA VIDA UM CAMINHO DE FLORES
Marcial Salaverry

Saiba por onde caminhar,
evitando em almas pisar,
com cuidado enfim,
para assim,
a ninguém magoar...
Faça de seu caminho
algo florido com muito carinho,
e será alguém lembrado e querido...
Para a felicidade encontrar, 
não é preciso ao além do arco íris chegar...
Basta ir em sua alma sua felicidade buscar...
Saiba amar-se,
e saberá a outrem amar,
e assim a felicidade encontrar...
Marcial Salaverry

TENHA TEMPO DE TER TEMPO

Precisamos aprender a aproveitar
melhor nosso tempo...
Para viver sempre com bom tempo...
Nunca saberemos se algo poderá atrapalhar
a possibilidade de bem o aproveitarmos...
Vamos  bem vive-lo, enquanto podemos...
Osculos e amplexos,
Marcial
                               
TENHA TEMPO DE TER TEMPO
Marcial Salaverry

Por vezes saber o que significa bem aproveitar o tempo, pode ser uma grande problema, pois para muitas pessoas o tempo sempre parece ser escasso, e não lhes sobra tempo para uma visita, uma conversa, uma ajuda, porque "tem muito o que fazer". Sempre há algo que não pode esperar... E o que realmente pode ser importante, fica para trás, e o problema crucial, é que por vezes surge algum impedimento que não nos permite fazer o que deixamos de fazer quando podíamos...

É preciso considerar que por vezes muitos lares se desfazem, porque os parceiros "por estarem muito ocupados" não podem parar para uma boa conversa, para um bom acerto de ponteiros, assim como quantos filhos se sentem desamparados porque seus pais não podem parar o que estão fazendo, para dar aquela atenção, procurando dirimir as suas dúvidas, e  por vezes, tais dúvidas podem determinar o futuro desses filhos, que podem seguir rumos indevidos, porque não houve tempo para aquele diálogo, para que ele pudesse entender certas coisas da vida.

Quantas vezes escutei a célebre frase: "Dei tudo o que ele queria, até moto, não sei onde errei." Será que deu tudo o que ele queria mesmo?  Será que deu a atenção que ele queria? Ou não teve tempo?  Suas ocupações não permitiam ocupar-se com "bobagens de adolescente".  E agora, José?

Recebi uma mensagem  de Bom Dia muito linda, que transcrevo abaixo, e que fala justamente sobre isso, e foi o que me inspirou para este texto:
 “Tenha tempo de ter tempo. Organize-se para que o tempo não lhe escorra pelas mãos.
Dê um tempo no tempo da pressa. Apresse-se, isso sim, para ter tempo, para ter calma.
Preencha-se com a calma dos momentos claros, para que a escuridão da pressa não o invada. Encontre seu tempo, para que você possa vivê-lo em sua plenitude e, sem os resquícios da pressa, possa encontrar a si mesmo.
Tenha tempo. Viva o tempo e, assim, viverá o infinito."
Ezequiel

O importante mesmo, é sempre encontrar o tempo para viver, sabendo dar a devida atenção, principalmente à nossa familia.  Nossas ocupações e nossas responsabilidades, claro que são importantes, claro que tem de ocupar um lugar até prioritário em nossa vida, pois é daí que vem nosso sustento, mas não podemos nos esquecer de que muitas outras coisas fazem parte da vida, e que são igualmente importantes. e até mesmo prioritárias.

Temos que ter um tempo para dedicar à família, assim como aos amigos, que também são parte importante da vida e além do que, temos que encontrar um tempo exclusivo para nós, para ser dedicado com aquilo que nós realmente gostamos, seja ouvir música, seja ler um livro, seja curtir a natureza, seja simplesmente uma meditação... E como é importante essa meditação.   Muitas vezes, problemas aparentemente insolúveis encontram solução dessa maneira, após uma longa conversa conosco, com nossa alma.  Enfim, temos que encontrar tempo para viver, eis que o que torna muitas pessoas amargas, é justamente essa "falta de tempo".  Essa divisão de aproveitamento do tempo.

E se surgir algo que nos obrigue a parar com aquilo que "precisamos" fazer, vamos pelo menos aproveitar para viver principalmente o tempo que devemos dedicar a nós mesmos.  Fazermos uma boa reflexão.  Revermos conceitos e atitudes.  Reafirmarmos nossas crenças e nossa Fé, e assim poderemos tirar proveito de algo que pode ser motivo de queixas de muitos, mas que pode ser bem aproveitado para rever erros e acertos de nossa vida. Vamos meditar e reavaliar a vida, pois estamos tendo enfim, nosso grande encontro conosco.

Nosso tempo, somos nós mesmos que o fazemos, que determinamos como ele deve ser usado e, sem sombra de dúvida, é muito necessário que façamos uma divisão adequada, tendo sempre presente que temos de fazer de tudo um pouco, para fazer um muito desse pouco. O importante, é VIVER A VIDA COM PRAZER.  Se pudermos compartilhar esse prazer com aqueles que temos por perto, seja fisicamente, seja virtualmente,  seja espiritualmente, melhor ainda.

Sempre depois que conseguirmos nossa paz interior, não custa nada dividi-la com os outros, e quem sabe, espalhando essa fórmula, poderemos conseguir um pouco mais de paz, dividindo-a com quem assim o desejar, o que poderá possibilitar UM LINDO DIA PARA TODOS...
Sonhemos, pois... sonhos também são válidos.
 

sábado, 30 de maio de 2020

AGORA VAMOS REVIVER O ROMANTISMO

Nesta época de distanciamento, é importante saber
viver e conviver com romantismo, para que a convivencia
seja melhor vivida...
Para evitar que o Romantismo seja realmente
um artigo em extinção,  existem alguns romanticos
que resistem heroicamente à realidade implacável da vida
que por vezes nos mostra seu lado feio...
Osculos e amplexos,
Marcial

AGORA VAMOS REVIVER O ROMANTISMO
Marcial Salaverry
  
Por incrível que possa parecer, a verdade nos mostra que o romantismo parece ser mais um desses artigos em extinção, e é preciso fazer algo para dar-lhe uma sobrevida.  É preciso não esquecer de que na teoria, o romantismo é a melhor maneira de se viver um amor, devendo sempre fazer parte da vida de uma parceria, para que sempre o amor seja renovado a cada dia compartilhado...

Infelizmente nem sempre é o que acontece, pois, por incrível que pareça, algo que muitas vezes determina o fim do clima romântico entre um casal, é o casamento, mormente quando o casal se deixa levar pela rotina da vida em comum, quando o que poderia e deveria aumentar o clima romântico entre o casal, acaba sendo o responsável pelo seu desaparecimento.  Pode parecer ilógico, mas é o que ocorre, e isso podemos analisar por partes.

Quando os parceiros se conhecem, existe aquele clima de sedução, quando ambos precisam caprichar na arte da conquista, é quando capricham no visual, e sempre procuram saber do que a parceria gosta, e assim, procuram, seduzir-se mutuamente. E haja clima de sedução, e sempre com o romantismo cooperando...

Quando a conquista está feita, vem um relaxamento natural, e é quando ela acha que já não precisa mais se enfeitar tanto, caprichar no visual, e muitas  vezes esquece até aquele perfume francês que ele tanto gostava de cheirar no cangote.  Por sua vez, ele já acha que não precisa mais levar flores, e nem  aquele presentinho de surpresa, pois agora nada disso é necessário, acreditando que essas pequenas atenções são inúteis, pois  ela já está conquistada, e   agora é só o vai da valsa, e para piorar, não esquece do chopinho com os amigos, e que raiva ela tem disso, mas em compensação, ela não esquece o bingo com as amigas, o que ele detesta, e assim a coisa vai  ficando chata,  pois começam a se ver cada vez menos, e essas “ausências” podem determinar o fim daquela intimidade gostosa que havia no começo, e assim, o romantismo vai ficando cada vez mais de lado...

Mais tarde, então, começam a surgir os filhos, o que pode ser um tremendo contratempo, se não estiverem bem preparados para o evento, começando as queixas...  "Não temos tempo nem para aquele sexo tranquilo e descontraído, pois no melhor da festa,  aquela coisinha começa a chorar...". É uma reclamação colmumente feita, e ambos se esquecem de que "aquela coisinha" é fruto de amor e sexo, e não pediu para vir ao mundo...

Algumas vezes ele chega do trabalho, e a encontra toda descabelada,  irritada com os problemas do cotidiano, e ele por sua vez, vem irritado com seu chefe, com problemas de seu serviço, com o trânsito infernal, com as contas a pagar. Quem não sabe quais são os problemas do dia a dia? Existe clima para romantismo? Pode existir romantismo nessas condições?  Se encararmos friamente a questão, realmente será impossível. Mas é preciso que algo seja feito, pois o amor continua latente, apenas encoberto pelo clima que vai se criando, pela rotina da vida, e assim, desse caos sempre poderá se criar alguma coisa, que vai exigir certamente um esforço  mútuo.  Ambos deverão se lembrar de como era gostoso e aconchegante antes, e é importante que se recupere, nem que seja parcialmente, esse clima gostoso.

Ela está atarefada e azucrinada, mas, sabendo a que horas o marido vai chegar, sempre poderá dar, quando não, uma ajeitadinha no cabelo, uma maquiagem leve, um sorriso, mesmo que amarelo, procurando enfim, ser um pouco sedutora.  Afinal, o parceiro já foi conquistado,  mas a conquista precisa ser mantida. Principalmente, quando chega em casa, pois qualquer um gosta de encontrar um ambiente melhor do que o do serviço, mais desanuviado,  e não carregado e cheio de reclamações,

Por outro lado, ele deverá deixar na porta (do lado de fora), as preocupações e os problemas que encontrou lá fora, jamais permitindo que tais problemas entrem em casa, procurando não levar para dentro de casa o pacote completo.  Por que não levar um vaso de flores, ou ramo de rosas, como fazia antigamente? Ela passou de namorada para esposa, mas ainda gosta dessas coisinhas, e sente falta. Há que se considerar que SEMPRE ela será a namorada. É importante manter esse clima de namoro, mesmo depois alguns anos de vida em comum.

Claro que essas atenções não devem ser unilaterais. AMBOS devem encarar a coisa dessa maneira. É muito mais difícil e complicada a manutenção da conquista, do que ela propriamente dita, e dessa maneira, quando um dos parceiros notar que o outro está "pisando na bola", ao invés de agredir, dizendo que antes era assim, e agora é assado, deve chamá-lo para uma boa conversa, bem calma e tranquila, sem brigas e nem agressões, apenas expondo como a coisa está, e como gostaria que fosse.

Diálogo, crianças, é a melhor arma para combater o virus da indiferença que infecta grande parte dos casamentos de hoje. E respeito, muito respeito, e deve ser mútuo. E falando em vírus, atualmente esses diálogos são mais do que importantes, são vitais para bem viver o relacionamento, essa é que é a verdade que não se pode negar, uma vez que essa é uma das melhores maneiras de fazer com que um relacionamento seja duradouro, e que os parceiros sejam "Eternos Namorados...” por mais que os anos passem e ultrapassem mesmo os 60 anos de convivencia... E é preciso tão pouco, apenas diálogo, carinho, atenção, respeito, ROMANTISMO.

Sempre é preciso dizer ao pé do ouvido de seu amor: EU TE AMO, mas dize-lo bem sussurrado, bem gostoso, bem suave, bem sincero.  E sempre, mesmo depois de muitos anos de união, olhar bem nos olhos, e dizer com sinceridade: EU TE AMO HOJE... MAIS DO QUE ONTEM... MENOS DO QUE AMANHÃ...

Dessa maneira, sejam felizes, tendo, é claro UM LINDO E ROMANTICO DIA...

sexta-feira, 29 de maio de 2020

UM SORRISO PARA A DOR

Por mais complicada que esteja
a situação, se consegues sorrir para a dor,
podes transformá-la em amor...
E a vida sorrirá novamente...
 
 
UM SORRISO PARA A DOR
Marcial Salaverry


Se sorris para a dor,
rirás quando ela se for...
Por mais forte que seja a dor que sinta,
jamais a consinta...
Jamais permita que ela domine...
Sorrindo, fará com que ela se elimine...
Se nos entregarmos,
e pela tristeza nos dominarmos,
não conseguiremos ver a alegria
do nascer de um novo dia...
Não veremos as flores,
que nos oferecem suas cores,
seus deliciosos odores...
E como o sol sempre renascerá,
a alegria de viver lhe voltará...
Assim é a vida...
Assim ela merece ser vivida...
Uma flor bem regada, florirá...
Uma vida bem vivida, também florirá...

Marcial Salaverry

quinta-feira, 28 de maio de 2020

CERTAS DÚVIDAS QUE SURGEM NA VIDA

Quantas vezes nos vemos diante de uma encruzilhada...
Por qual caminho seguir? Começar? Recomeçar? Terminar?
Em quem acreditar sobre o que fazer?
Máscara, isolamento, distanciamento...
Fazer ou não fazer, eis a questão, que pode até afetar a razão...
Osculos e amplexos,
Marcial

CERTAS DÚVIDAS QUE SURGEM NA VIDA
Marcial Salaverry

Não podemos duvidar de que para se falar sobre dúvidas, nunca se poderá ter uma certeza absoluta, pois sempre haverá alguma dúvida a ser dirimida, e se disso duvida, basta olhar a situação atual, o que nos faz pensar e analisar o pensamento que nos foi legdo por Shakespeare:
"Muitas vezes são as dúvidas traidoras que nos fazem perder o bem que nosso talvez fosse, se o receio de tentar não existisse..." ou então, "SER OU NÃO SER, EIS A QUESTÃO..."
Nunca é demais repetir as palavras de nosso jovem amigo Shakespeare, pois para falar sobre dúvidas, sempre existirão algumas dúvidas, sempre haverá alguma polemica, talvez algumas controvérsias, e para isso existe o livre arbítrio, e cada um tem sua maneira de ver e viver a vida, em quem acreditar ou o melhor a fazer...

Sempre que nos encontrarmos  diante de uma encruzilhada, estaremos diante de um terrível dilema, sobre qual caminho seguir. É claro que  dificilmente escolheremos o caminho mais difícil, pois  nossa tendência, será optar pelo que se apresente mais fácil.  Acontece que nem sempre esse é o ideal, principalmente na situação atual, quando o que mais existe são dúvidas, provocadas pelo excesso de falsas notícias, e de notícias muito alarmantes...

Essas dúvidas, que nos fazem procurar o caminho que aparentemente  nos faça correr menos riscos, faz com que deixemos de abrir a porta para a felicidade entrar. Quantas e quantas vezes deixamos de abrir a porta, apenas pelo receio de tentar algo diferente, receio de nos desestruturarmos,  de encarar algo novo, uma mudança, ou mesmo aquilo que nos seja   desconhecido.  Nem sempre nosso espírito aventureiro prevalece.
Esse medo poderá  nos fazer perder grandes coisas. Mas nunca é fácil mexer com algo que vem bem estruturado, estabilizado.  Realmente, isso  é complicado. Eis o terrível dilema. Mudar ou não mudar, crer ou não crer, eis a questão...

É aquele velho chavão, de que nunca se deve trocar o certo pelo incerto, ou o seguro pelo inseguro. Essa dúvida muitas vezes nos faz permanecer na mesmice, levando-nos a  não aceitar novos desafios,  que talvez nos trouxessem algum  crescimento, mas iria exigir algumas  mudanças.

Por vezes, teríamos inclusive, que reorganizar nossa vida, o que talvez fosse nos obrigar a certas renúncias em nosso modus vivendi.  Claro que sempre teremos receio de encarar mudanças assim tão radicais. Esse receio é normal, já que teríamos de começar tudo de novo, com algo que se nos afigura incerto, e sem as seguranças já adquiridas, e é preciso considerar que nunca é fácil um recomeço. Mas, por vezes esse é o caminho.  Aquele que vínhamos trilhando já se mostra desgastado.  Só temos que saber pesar bem os prós e os contras, para poder tomar a decisão correta, ainda mais quando uma crise surgida do nada nos impõe a necessidade de fazer algo de novo...

Nunca se devem fazer mudanças radicais, sem um bom estudo da famosa lei das probabilidades.  Mas nunca é tarde para mudanças radicais, desde que elas se revelem  profícuas. E uma vez que a decisão for tomada, é atirar-se a ela sem mais hesitações, para não perder o bonde da história.

Como experiência pessoal, posso dizer que já mudei tudo e recomecei minha vida diversas vezes. Sendo que em algumas me saí bem, mas em outras não, quando não soube avaliar bem a situação, mas sempre foram experiências de vida, que se revelaram muito válidas, e me valeram muito com certeza... Nunca tive tempo para me arrepender ou não de algumas delas, pois o arrependimento é difícil de ser admitido.  Cheguei a me arrepender, algumas vezes, por não ter tomado uma decisão, ou por ter demorado a tomá-la.

Destino, livre arbítrio, escolha... bonitas palavras, que dão mesmo muito em que pensar. A vivência nos vai ensinando a viver, desde que saibamos aproveitar as lições que ela vai nos deixando, e assim, para chegar a um estágio ideal, apanha-se bastante, e ainda depois, continua-se  apanhando, pois nascemos, vivemos e morremos, sempre aprendendo algo, e sempre devemos saber tirar proveito dessas lições, procurando retificar erros e ratificar acertos...

Quando tais dúvidas surgem em nossa vida amorosa, penso que a linha de conduta deve ser a mesma. Se um relacionamento estiver desgastado, e chegar-se à conclusão de que não tem mais jeito, o ideal mesmo é partir para outro. Mas é claro, antes de uma medida radical, há que se pensar e analisar bem a situação, para ver se realmente a solução é essa.  Quantas vezes um bom diálogo, um bom acerto de contas endireita situações que estavam tortas, e se tivessemos nos precipitado, perderiamos a chance de um gostoso recomeço... Ponderação, é a palavra de ordem, para ajudar quando as dúvidas surgirem...

Pensemos, pois, e com  esses pensamentos, espero que todos tenhamos UM LINDO DIA, ficando em casa se necessário for, mostrando que sabemos nos amar e amar aos demais...

quarta-feira, 27 de maio de 2020

POESIA SEMPRE ALEGRA A ALMA


É bom falar em poesia, mas poetar é
melhor ainda...
Poesia é algo que vem da alma, dirigida para
a alma de quem a lê com a alma poética...
Osculos e amplexos poéticos,
Marcial

POESIA SEMPRE ALEGRA A ALMA
Marcial Salaverry
Lembrando que já tivemos o Dia da Poesia, assim, comprovando que a poesia existe, então vamos falar de poetas que as escrevem e também de poesias... Parece-me uma boa idéia.
Aliás, outro dia, perguntaram-me que graça tem escrever poesias e, completando a frase, esse meu amigo ainda disse que jamais lera algo de sólido e concreto numa poesia, onde só existe utopia, apenas coisas que não existem, de sonhos e mais sonhos de amor... Tudo uma grande bobagem. Claro que pouco  poderia argumentar com quem diz algo assim, porque revela de antemão ter uma alma muito insensível, e um certo preconceito, tendo  já deixado claro que  não acredita no amor, no romantismo, em coisas da alma, de uma alma que sabe entender o amor em todas suas nuances...

Simplesmente sugeri que tentasse entender porque uma mãe sempre defende seu filho, como e porque este filho nasceu, e mais ainda, porque nas horas de perigo, pedimos pelo amor de Deus, assim como porque as pessoas se unem, porque se consolam nos momentos de dor, e se isso não lhe bastasse como prova da existência do amor, que observasse, como provas concretas, o nascer e o por do sol,  o desabrochar de uma flor,  o nascimento de qualquer animal, que são temas que os poetas sempre usam, e assim, que as poesias falam de coisas reais, palpáveis, e até mesmo vitais para qualquer ser humano que seja humano o suficiente para entender as belezas da vida...

Enfim, todas essas provas concretas de que existe algo de muito sublime coordenando tudo, e mais ainda, que todos os atos de Deus são marcados pelo amor, exatamente esse amor de que falam os poetas. De todos esses amores, desde o amor carnal, até o amor pela Natureza, sobre a fé em Deus, e por incrível que pareça, sem perder a fé nos homens... Poetas falam um pouco e um muito sobre tudo que tem vida neste mundo, até mesmo sobre quem não tem essa sensibilidade da vida...

Mais tarde um pouco, ainda digerindo o diálogo mantido, fui brindado por  um poema de autoria do grande mestre Mário Quintana, que me fez sentir orgulho pelo simples fato de escrever poesias. Vejam só, se não dá vontade de sair correndo, contando para o mundo : SOU POETA.

  " SE EU FOSSE UM PADRE
   Mario Quintana       

Se eu fosse um padre, eu, nos meus sermões,
não falaria em Deus nem no Pecado
muito menos no Anjo Rebelado
e os encantos das suas seduções,
não citaria santos e profetas:
nada das suas celestiais promessas
ou das suas terríveis maldições...
Se eu fosse um padre eu citaria os poetas,
Rezaria seus versos, os mais belos,
desses que desde a infância me embalaram
e quem me dera que alguns fossem meus!
Porque a poesia purifica a alma ...
a um belo poema - ainda que de Deus se aparte
um belo poema sempre leva a Deus!

MÁRIO QUINTANA"

Quero aqui prestar minha homenagem a esse grande Mestre das Letras.  Este seu poema serviu para resgatar e purificar a alma de todos os poetas.  O final, então, é sublime: “a um belo poema, ainda que Deus se aparte, um belo poema sempre leva a Deus”. Realmente, creio que ao compor um poema, o poeta é ungido por uma inspiração divina. E a Ele temos que agradecer o talento que nos permite escrever poesias, e bom gosto de quem as sabe ler...


Seja esse poema uma ode à Natureza, seja homenageando o Pai Celestial, seja em louvor ao amor materno, seja dedicado a um casto amor, ou exaltando as delícias do prazer, sempre terá sido escrito em um determinado momento de inspiração, quando, por algum sortilégio divino as palavras que se formaram em seu cérebro, passaram por sua alma, e fluíram através de seus dedos.  Não se “fabrica” uma inspiração... Ela surge de inopino... Vem... E se não a pega na hora, o poeta a perde e não se lembra mais depois.

Dizem que os poetas são sonhadores, vivem no mundo da lua, pode até ser, porque assim lá de cima fica mais fácil para observar as coisas.  Porque uma poesia surge de um tudo e de um nada. Uma palavra solta no espaço, um folha caindo, o canto de um pássaro, já serve para o poeta compor mais uma poesia... Que tal as forças da natureza?  Quer maior fonte inspiradora? Ou mais ainda, o AMOR em todas suas manifestações...Desde que seja AMOR...

Enfim amigos poetas vamos unir nossas mãos num aplauso demorado ao ilustre Mário Quintana por esta homenagem que ele prestou à alma poetal.

Com as palavras de Mário  Quintana, não tenho dúvidas de que todos teremos UM LINDO DIA, se possível fazendo uma poesia a cada dia, mas de cada dia, uma bela poesia...

terça-feira, 26 de maio de 2020

APENAS UMA PEQUENA LIÇÃO DE VIDA

Sempre devemos escutar, pelo menos escutar, o que
nos dizem os mais idosos, para tirar algum proveito
de sua experiencia de vida...
"O diabo sabe por ser diabo, mas mais sabe por ser velho..."
É um velho provérbio espanhol:
"El diablo sabe por diablo, pero más sabe por viejo..."
Osculos e amplexos,
Marcial

APENAS UMA PEQUENA LIÇÃO DE VIDA
Marcial Salaverry

A melhor maneira de aprender a viver, é cursando a Escola da Vida, prestando bastante atenção nas aulas, procurando assimilar bem os conhecimentos que nos são passados.  Nesta Escola a verdade é que não existem professores e nem alunos. Com todos aprendemos, sejam adultos ou crianças, e a todos sempre teremos algo a ensinar, o importante é saber onde buscar esses conhecimentos. O importante é sempre termos a humildade necessária de ir buscar conhecimentos nos mais insuspeitados lugares, e não termos receio de transmitir os conhecimentos que adquirirmos ao longo da vida. Prestando atenção, veremos que mesmo as pessoas mais humildes, tem algo a nos ensinar.  Afinal, sempre poderemos ser auxiliados por alguém, da mesma maneira que poderemos ajudar a outrem. Isso se chama SOLIDARIEDADE, algo que tem sido muito esquecido...

O importante, segundo penso, é procurar cumprir nossa missão nesta nossa passagem pelo mundo, de maneira a deixar nossa presença marcada favoravelmente. É melhor deixar uma doce saudade, do que más e amargas lembranças, como certas figuras que passaram pela História do Mundo, e certas figuras que marcam sua presença pela corrupção e por atos condenáveis...

Para tanto, devemos pautar nossa conduta por atitudes amáveis, não procurando exigir que nos respeitem apenas escudados em cargos que possuirmos, ou por sermos donos de alguma coisa. Respeito não é coisa que se impõe, mas sim, se adquire, e adquirimos o respeito e a amizade dos demais, mercê de nossas atitudes, de nossa maneira de viver. E, se quisermos ser respeitados, devemos respeitar os outros. Temos nossos direitos, e os queremos respeitados. Então, respeitemos os direitos alheios. Principalmente o direito à opinião. Nossa opinião nunca deve ser imposta, mas sim, exposta. E devemos aceitar, tanto sua aprovação, como sua desaprovação.

Vi uma mensagem muito bonita de autoria de meu amigo L’Inconnu, que achei bem oportuna:
"Escreva com o coração tudo o que fizer, assim as dores serão passageiras rápidas na tua vida.  Carregue em você a semente da alegria e distribua-a para todos os que se aproximarem de você, assim, nunca faltarão amigos dispostos a participar com você na sua jornada.  Conquiste amigos em todos os lugares por onde andar e conquistará um tesouro eterno, que nenhum ouro poderá pagar.  Que a sua marca de vida seja a alegria, assim deixará, para sempre, uma lembrança suave de quem será amado para sempre."
Esta é uma maravilhosa lição de vida. Não só ao escrevermos, mas também ao falarmos, e até mesmo em nossas atitudes, deveremos fazê-lo com o coração, com sinceridade, abrindo nossa alma. Por que escondermos nossos sentimentos, usarmos de subterfúgios ao falar com as pessoas? Aparentar aquilo que realmente não somos?

É muito melhor abrirmos nosso coração, e nos mostrarmos como realmente somos. Sempre haverá aqueles que nos apreciarão, e aqueles que não o farão. Todos tem sua liberdade de opinião, e por essa razão, a sinceridade deverá pautar nossa conduta. Por que iludir as pessoas, vestindo uma falsa pele de cordeiro?

Conquistar amigos não é difícil, o difícil é mantê-los. E como é importante manter as amizades conquistadas ao longo da vida. Mesmo que circunstâncias nos afastem fisicamente de nossas amizades, mesmo que passemos anos sem nos falar, por questões as mais diversas, sempre deverá existir aquela amizade. E a cada reencontro, ela sempre se manifestará.  Uma verdadeira amizade, bem adquirida, jamais será esquecida. Sempre haverá a oportunidade para uma conversa, que sempre será amigável.

Manter a alegria, o bom humor, o sorriso fácil e sincero, são coisas por demais importantes... Assim, mesmo que tenhamos sérios problemas, enormes preocupações, os demais não tem culpa disso, então por que atormentá-los com nossos dramas? Salvo quando precisarmos de uma palavra de consolo... Aí sim, saberemos a quem procurar para ouvir nosso desabafo, e para nos consolar.

Nossa presença deverá ser lembrada pelo sorriso, pela alegria de viver, e não por nossos dramas pessoais.  Se eles existirem, deverão ser cuidados em foro íntimo, e por quem de direito...

E principalmente, vamos procurar sempre fazer de nosso dia, UM LINDO DIA, e desejando o mesmo a quem o desejar... Compartilhemos dele, pois...

segunda-feira, 25 de maio de 2020

NA VERDADE O CIÚME PODE MATAR O AMOR

 
O ciúme quando excessivo pode revelar uma faceta do ser humano, que pode impedi-lo de ser humano, e pode induzi-lo a cometer grandes besteiras...
O melhor é saber controlá-lo...
Ósculos e amplexos,
Marcial

NA VERDADE O CIÚME PODE MATAR UM AMOR
Marcial Salaverry

Ciúme é uma palavrinha tão pequena, mas com um efeito tão devastador.  O ciúme quando não controlado causa muito dano.  Mesmo controlado, é bastante prejudicial a qualquer relacionamento, e na verdade pode ser difícil evitá-lo, pois é inerente ao ser humano.  Aliás, os animais também são ciumentos.  Vocês já repararam que um cachorro geralmente não admite que se chegue perto do dono?  O que se pode e se deve fazer é mantê-lo (estou falando do ciúme, e não do cachorro) sob controle.  Não há nada mais prejudicial do que uma explosão de ciúme. Tira completamente a razão e o bom senso das pessoas ciumentas, assim como acaba com a paciencia da "vítima" desse ciúme...

Na verdade, podemos dizer que criaturas ciumentas podem ser definidas de diversas maneiras.  Existem aquelas que não suportam sequer a idéia de outra pessoa dirigindo seu carro. Ou aquelas que não emprestam nenhuma peça de roupa, para que não seja conspurcada por algum corpo que não o seu. E atualmente existe um objeto que é responsável por violentas cenas de ciúmes.  É o computador.  Ninguém entende nosso "filhinho" melhor do que nós, que conhecemos todos seus atalhos, todas suas manias, achaques e chiliques.  Se outro alguém se atrever a tocá-lo, será sumariamente deletado.  É o vírus chamado "posso usar seu computador, pois o meu pifou, e tenho que passar esta mensagem".  Isso pode responsável por stress violento, e pode inclusive terminar uma amizade...

Agora o pior de todos, é o ciúme da pessoa amada.  Dizem que ciúme é sinal de amor. Penso de maneira diferente. Na minha opinião, ciúme é falta de confiança, e pior ainda, falta de autoconfiança.  Principalmente o ciúme obsessivo em que  o ciumento (a) vê "chifres em cabeça de cavalo", ou o que é pior, na própria, e isso é algo que chega a ser intolerável para quem sofre a "perseguição" de uma pessoa ciumenta.  Convenhamos que é realmente muito desagradável para quem sequer pensa em outro "alguém", ver-se de repente acusado (a) de ter amantes.  Por vezes essa demonstração de falta de confiança chega a ser estimulante.  A "vítima" pode começar a pensar seriamente na coisa, só para dar razão a quem lhe acusa injustamente.

Por outro lado, a pessoa ciumenta sofre demais.  Vê fantasmas em toda parte. Num simples "Bom Dia", já vê segundas intenções.  Seu amor torna-se, em sua cabeça doentia, o objeto de desejo do mundo todo.  E não é por aí, gente.  Claro que exagerei um pouco, mas temos que aprender a controlar nossos impulsos, uma vez que não há nada mais desagradável do que uma cena de ciúmes.

É preciso entender que o  principal, para que exista a felicidade, é que haja confiança.  Temos que ser, sobretudo, auto-confiantes.  Temos que ter a certeza de que a pessoa que amamos jamais pensará em outro alguém.  E se isso acontecer, é porque não nos ama mais.  Então, o mais adequado e civilizado é cada qual seguir seu rumo, sem que um fique infernizando a vida do outro, pois nesse caso, já deixa de ser amor para ser "sentimento de posse".  E não é por aí que se mantém um relacionamento.  Quando se perde a confiança, perde-se tudo.  Então para que ciúme?

Volto a bater na mesma tecla.  No momento em que surgir alguma dúvida, é hora do diálogo.  Vamos conversar civilizadamente para acertar os ponteiros.  Já vi muitos casos em que a parte acusada era completamente inocente, e, não suportando a falta de confiança da outra parte, simplesmente preferiu terminar com tudo, pois não havia mais condições de continuar naquele inferno em que a vida do casal se havia transformado, devido ao excesso de ciúme.  E assim, mais um caso de amor que termina sem motivo real, e que poderia ser lindamente vivido.

É preciso conscientizar-se de que com toda certeza, sem ciume, é bem mais fácil viver um amor em plenitude, em clima de amor e paz, e assim, podendo viver um gostoso e
LINDO DIA, e permitindo que a parceria também  o viva... E assim, a vida é bem melhor, não acham?

domingo, 24 de maio de 2020

... E ASSIM CAMINHA A HUMANIDADE


E se não bastassem as atrocidades cometidas pelo "bicho gente", aparecem alguns bichinhos
menores, mas mais poderosos, também fazendo seus estragos, e o que é pior, acendendo o ego
de certas criaturas que querem aparecer mais do que Deus, tomando decisões as mais descabidas,
sem se importar com o que de mal podem estar causando...
Oremos, pois.
Ósculos e amplexos,
Marcial

...E ASSIM CAMINHA A HUMANIDADE
Marcial Salaverry

Estarrecidos acompanhamos as noticias que nos vem de todas as partes do mundo, mostrando o quão desumano é o chamado ser humano, que não sabe, nunca soube, e acreditamos que jamais saberá o que é ser humano, incapazes de entender quando deve esquecer a vaidade pessoal, e pensar um pouco em solidariedade, sem entender qye existe muiita gente vivendo o mesmo momento.

Quando não são noticias de atrocidades cometidas em todas as partes do mundo, passando pelas mais diversas regiões do planeta, e que são grupos que procuram se dizimar, e, sob os mais diversos pretextos aleijam e matam muitos inocentes, que nada tem a ver com a encrenca toda. Apenas pagam tributo por pertencer a esta ou aquela raça, ter esta ou aquela cor, ou simplesmente por estar na hora errado e no lugar errado, e ter sido “encontrado” por uma bala perdida.
Fala-se que são os problemas da vida moderna que provocam certas crises, e causam tais destemperos, mas, na realidade, desde que o mundo é mundo sempre se cometeram barbaridades sob os mais "doces" pretextos...

Senão vejamos o que a História nos conta sobre a Inquisição, ou sobre a perseguição às Bruxas de Salem, ou sobre o que ocorreu em Auschwitz, ou em campos de concentração nazistas, japoneses, americanos e quaisquer que sejam, onde a famosa Convenção de Genebra foi milhares de vezes rasgada, ou então o que se fazia nos navios negreiros, quando os candidatos a escravos eram tratados como coisas, e não como gente, ou o que os romanos faziam com os cristãos no Coliseu, e existem milhares de outros “ous”, pois a História é farta em narrar atos de selvageria cometidos sob os mais diversos pretextos, sem falar nos crimes cometidas contra a Natureza, com queimadas nas florestas, derramento de óleo no mar, ou "caça ou pesca esportiva", torturando aves e peixes apenas para fotografá-los...

É realmente incrível a fertilidade da mente humana em descobrir meios para torturar seus semelhantes, esquecendo-se que atos violentos sempre poderão provocar represálias mais violentas ainda. Sempre as vítimas de torturas, tentarão “pagar na mesma moeda”, e a coisa entra em um circulo vicioso sem fim, e por vezes a própria Natureza retribui a "gentileza", com tsunamis, tornados, terremotos, e etc... Sem falar nos vírus que aparecem misteriosamente, e que não se sabe se é coisa do "bicho gente", da Natureza, ou castigo Divino para chamar a atenção sobre o que se está fazendo no mundo, lembrando da necessidade de pensar na vida e bem estar de todos, sem exceção...

Embora já estejamos um tanto quanto “anestesiados” com a sempre crescente ferocidade do bicho gente, não deixamos de nos surpreender com a evolução que vem se verificando, pois a arte de destruir está cada vez mais aperfeiçoada, e os autores já agora não procuram mais a clandestinidade como em outras épocas. Atualmente assumem o que fazem, posam para fotografias, noticiam nas redes sociais, chamam televisão e fazem questão de que todos saibam que espécie de bichos eles são. Certos  fatos verificados em diversas partes do mundo, apenas vem corroborar a que nível estamos chegando, pois quase ninguém mais se choca com tais fatos, quase os achando naturais. Enfim... Assim caminha a humanidade, que se esquece  cada vez mais de que Deus criou um mundo para se viver em PAZ. E quando o ser humano começar a ser humano e entender isso, que maravilha será. Mas a principal preocupação do bicho gente parece ser o culto ao ódio, à represália, à “vendetta”.  A velha Lei de Talião está mais viva do que nunca.  Sempre tentamos pagar na mesma moeda o que nos é feito, ao invés de, se não for possível perdoar, pelo menos esquecer o sentido de vingança, para não entrar na roda fatídica de matar alguém apenas porque seu avô matou o meu.  O que o neto tem a ver com o crime do avô? Por que matar indiscriminadamente pessoas apenas porque são de outra raça? Por que perseguir um povo inteiro, apenas pelos crimes de seus lideres? Como explicar esse instinto cruel e desumano de torturar pessoas apenas pelo prazer de vê-las sofrendo? Ou de perseguir alguém apenas porque não gostamos dele?

A melhor maneira de viver, é deixar viver. Não podemos nos esquecer disso, pois todo o mal que fizermos contra alguém, poderá voltar contra nós mesmos, e se não for através de represálias das vítimas, poderá ser através de doenças que podem atingir a todos, indiscriminadamente, talvez para mostrar como causam dano os crimes cometidos contra a humanidade...

Vamos tentar olhar para dentro de nós, e ver se estamos felizes com nossos atos, se estamos tratando nossos semelhantes como gostamos de ser tratados. Vamos nos olhar no espelho, para ver como fica nossa expressão quando pensamos em alguém de quem não gostamos. E principalmente, vamos procurar ter UM LINDO DIA, desejando de coração, que todos o tenham, e assim poderemos estar fazendo nossa parte para espalhar pelo menos um pouco mais de Luz, Paz, Amizade, Amor, Solidariedade no mundo, e ao invés apenas de clamar castigos para os culpados, vamos socorrer as vítimas inocentes...

sábado, 23 de maio de 2020

COMO CURTIR UMA GRIPE

Que saudade do tempo em que gripe era só gripe mesmo,
sem sofrer influenza de coisas vindas de longe...
Isso que realmente é "um negócio da China..."
Existem milhares de receitas para curar uma gripe...
Aqui vai mais uma, que não tem contraindicação...
E que dispensa "RESPIRADOR", usando a saudável
"respiração boca a boca..."
COMO CURTIR UMA GRIPE
Marcial Salaverry

Se uma gripe curar,
e dela quiser se aproveitar,
sem remédios tomar,
uma receita existe,
se nosso amor não desiste...
Claro... ficamos na cama,
a tal gripe compartilhando,
e para amar-nos aproveitando...
Entre um espirro e outro,
sempre tempo havia para um beijo...
Um quente beijo, cheio de desejo,
pela febre do amor (ou seria da gripe?)...
Constantes arrepios nos estremeciam...
Causados pela gripe, ou de amor seriam?
Bem abraçadinhos,
satisfazendo denguinhos...
Quem quer dessa gripe sarar?
Vamos muito nos amar...
Desta cama não quero sair,
enquanto o termometro permitir...
Pode a gripe não ir embora,
mas... quem se importa?
Isso a gente suporta...

Marcial Salaverry

É IMPORTANTE TER UM MOMENTO DE REFLEXÃO


Vamos pensar um pouco na vida?
O que fizemos... o que podemos....
o que queremos fazer com ela...
É importante ter um momento de reflexão,
principalmente quando a solução não depende de nós...
Osculos e amplexos,
Marcial

É IMPORTANTE TER UM MOMENTO DE REFLEXÃO
Marcial Salaverry
É preciso entender que sempre é necessário ter um momento de reflexão em nossa vida, é quando sentimos  necessidade de parar para pensar, reavaliar atitudes, ver o que estamos fazendo, como estamos vivendo, para chegar a conclusões sobre o que realmente queremos para nós. São momentos em que temos que definir nosso futuro. E para tanto, é preciso fechar para balanço, fazer um recolhimento interior, e  consultar nossa alma, entendendo que se nada podemos fazer para resolver uma situação, precisamos pelo menos tentar algo para minimizar seus efeitos, por vezes devastadores em nossa vida.
Como são importantes esse momentos de recolhimento interior, que nos permitem uma reavaliação de atitudes, um repensar na vida,  ajudando-nos a  chegar a um porquê sobre as mais diversas coisas que direta ou indiretamente podem afetar nossa vida e a de terceiros.
É importante meditar profundamente, pois assim,  muitas vezes poderemos descobrir certos acertos ou erros que poderiam ter passado despercebidos em um primeiro e apressado julgamento.
Sempre devemos meditar profundamente antes de certas atitudes. Principalmente quando poderão causar profundas modificações em nossa vida. E mais ainda, podem afetar a vida de pessoas muito próximas a nós. De nossas decisões, poderá depender a vida e o bem estar de mais alguém. Portanto, o momento exige uma reflexão muito bem feita. Muitas vezes, não poderemos voltar atrás para corrigir eventuais falhas que um julgamento apressado poderá provocar.  Assim, após uma meditação bem feita, ter-se a certeza de que aquilo que vamos fazer, realmente é o melhor para nós. E pode ser o melhor para quem estará dependendo do que decidirmos.
Sempre que estivermos a ponto de tomar decisões importantes, é assim que se deve agir. Seja uma mudança de emprego, uma mudança de cidade ou de País... Decisões que poderão envolver uma situação familiar. Coisas importantes não devem jamais ser resolvidas num impulso de momento, principalmente quando existir outras pessoas que  poderão sofrer os efeitos do que resolvermos. Nesse caso, elas também deverão ser consultadas e ouvidas.
E sempre deveremos consultar bem nosso interior, para saber se é realmente isso o que queremos. Muitas vezes nos deixamos levar por idéias errôneas sobre determinadas situações, e se decidirmos açodadamente, num impulso de momento, poderemos cometer erros crassos, criando situações de efeitos irremediáveis.
É assim que devemos sempre fazer. É essa a melhor maneira de se tomar decisões. Acreditem que é realmente o melhor a ser feito. Todas as grandes mudanças em nossa vida devem ser decididas após um "Silêncio Meditativo". Após uma "mesa redonda" com demais interessados. Afinal, se o destino de outrem também está envolvido, temos que conhecer sua opinião. Seu espaço deve ser respeitado. Jamais poderemos resolver por nossa conta e risco a vida de terceiros... Não será uma atitude justa e coerente.
Assim, quando uma decisão for tomada, ela será consciente e definitiva, e de comum acordo.
Espero que todos estejam de acordo com uma decisão que vou tomar agora. Estou decidido a ter UM LINDO DIA. Penso que todos estarão de acordo com esta decisão decisiva decididamente tomada... O que decidem?

Para meditar, este pensamento de L'Inconnu: "Não se deve levar a vida muito a sério... Afinal ninguém sairá vivo dela."

sexta-feira, 22 de maio de 2020

ABRAÇO AMIGO DE BOM DIA

Em nome da amizade, conseguiremos atravessar qualquer
ponte que queira separar verdadeiros amigos, ainda que
estejam em "distanciamento forçado".
Com um abraço virtual, amigos sentem-se juntos ainda que distantes...


ABRAÇO AMIGO DE BOM DIA
Marcial Salaverry

Para um bom começo de dia,
nada melhor que um abraço de amizade...
Amizade, rima com fraternidade,
e também com sinceridade,
e sendo uma amizade de qualidade,
sua melhor rima é com reciprocidade...
Venha de lá um abraço,
para bem começar o dia...
E hoje, é o Dia do Abraço Amigo...
Comemoremo-lo, pois,
com abraços e beijos amigos de montão...
E com um abraço amigo,
atravesso a ponte contigo,
e isso claro que consigo
em nome de uma linda amizade,
trazendo para "ambos os dois",
plena e total felicidade...
E não há vírus que termine
com sincera amizade,
nada que a elimine...
Enquanto há braços,
venham os abraços...
juntos ainda que distantes,
com amizade o bastante...

Marcial Salaverry

NEM SEMPRE A SAUDADE É MOTIVO DE TRISTEZA

Na verdade, o que deixa saudade,
são momentos felizes já vividos...
Os tristes não deixam saudade, e podem e devem ser esquecidos...
Osculos e amplexos
Marcial

NEM SEMPRE A SAUDADE É MOTIVO DE TRISTEZA

Marcial Salaverry

Numa primeira idéia, parece ser óbvio que saudade sempre será indicativo de alguma tristeza, mas nem sempre é assim, pois a saudade pode ser provocada por alguma alegria que já sentimos, ou mesmo podemos sentir saudade de alguém que sequer conhecemos, mas por quem sentimos uma amizade muito forte, e cuja ausencia sempre será sentida...
Normalmente sentimos saudade de alguém cuja presença nos faz falta. Não é apenas de pessoas que se sente saudade, uma vez que podemos sofrer quando perdemos um animal de estimação, ou mesmo quando nos vemos privados de algum objeto que nos é muito caro (atualmente, o computador é o objeto que mais provoca saudade quando "nos deixa na mão").
"Saudade é a feliz melancolia de uma ausência presente", frase de autoria de nosso guru L'Inconnu, parece definir bem o que na realidade pode ser a saudade, muito bem definida pela expressão "feliz melancolia". Parece-me claro que só se sente saudade de algo ou de alguém que nos proporcionou alguma felicidade na vida.
Nessas condições a saudade, se bem administrada, bem pensada, pode nos representar alegria, confirmando assim o título deste texto...
Claro, se esse sentimento chamado saudade se aninha em nosso interior, é porque tivemos bons momentos ao lado de quem nos deixou. Não iremos lamentar a ausência de quem nos tenha prejudicado ou causado tristeza, e isso me parece claro, pois seria um tanto de masoquismo sentir falta de quem ou do que nos fez sofrer.
Assim sendo, como transformar a saudade, de tristeza em alegria? É simples. Se tivemos momentos de alegria, de felicidade ao lado desse alguém, o que podemos fazer, quando começar a pintar aquela tristeza, aquela amargura de não termos mais a companhia querida, é simplesmente concentrar nossos pensamento, lembrando desses momentos felizes.
Na verdade esse é um exercício mental que pode afastar a tristeza da saudade, ficando claro que não chega a ser uma alegria, uma felicidade, mas traz a "feliz melancolia da ausência presente". Ausência presente, sim, eis que a lembrança de bons momentos faz com que se chegue a "sentir" a presença do ausente, e tudo é uma questão de saber fazer esse exercício mental, já que  é muito melhor curtir a lembrança de momentos alegres, do que ficar lamentando a ausência de quem queríamos ter ao lado.
Há que se analisar ainda  que, seja lamentando a ausência, seja curtindo a lembrança de bons momentos, a vida vai continuar, o mundo vai continuar girando, o sol, a lua e as estrelas vão continuar a existir. Então,  por que não viver melhor? Por que insistir nas lamentações?
Assim sendo, com pensamentos positivos, com lembranças boas na cabeça, tudo nos parecerá melhor, e certamente  será mais fácil suportar a ausência dessa pessoa querida.
Por exemplo, quando existe a necessidade de nos afastarmos da pessoa que amamos, ao invés de lamentar esse afastamento, e derramar lágrimas de tristeza, sugiro desviar o rumo dos pensamentos, lembrando-nos apenas dos momentos de amor vividos juntos. Não parece bem melhor "puxar" a lembrança para esse lado?
Então crianças vamos sempre transformar a saudade, de uma tristeza, para uma feliz nostalgia, e assim podem ter certeza de que com essa mudança de linha de pensamento, a vida parecerá melhor. Garanto.

Então, continuando aqui presente, desejo que todos possam desfrutar de UM LINDO DIA, a ser repetido a cada dia vivido nesta vida...

quinta-feira, 21 de maio de 2020

BOM É AMAR ASSIM

Para bem viver um amor,
temos que amar assim... totalmente...
sinceramente... reciprocamente

BOM É AMAR ASSIM
Marcial Salaverry

É muito bom amar assim,
amar com amor é tudo, enfim...
Um amor amante,
amando-se bastante,
sempre com desejo
a cada beijo...
Com sincero carinho,
é o real caminho
para encontrar a felicidade...
Mas há necessidade
de ter muita compreensão
de ter total aceitação...
Respeitar a individualidade,
para não ficar na saudade...
Ambos se aceitando,
e assim se amando,
chega-se à felicidade,
com um amor de verdade...
Ou então,
entristecendo o coração,
ver o amor morrer,
e a alma entristecer...

Marcial Salaverry'

VIVER UM DIA DE CADA VEZ


A cada dia que nasce, sempre devemos agradecer
ao Amigão pelo dia anterior, e preparar-nos para o novo dia,
sempre com amor no coração, sempre vivendo um dia de
cada vez, eis que não adianta tentar antecipar o amanhã,
que, se Deus quiser, chegará...
Osculos e amplexos,
Marcial
VIVER UM DIA DE CADA VEZ
Marcial Salaverry

Nas atuais circunstancias da vida, é preciso entender que uma grande verdade, de que sempre esquecemos, é que a cada dia que nasce,  nós nascemos junto com ele, pois sempre será algo de novo em nossa vida, e como tal deve ser encarado e vivido, e assim, o  que passou, ficou pra trás, precisamos renascer a cada dia, respirando aquele gostoso ar matinal, sempre revigorando nossa alma e nosso organismo.  Claro, quem mora em cidades com alto índice de poluição, devem respirar mais devagar, mas sempre tendo presente que logo cedo, a poluição ainda não conspurcou tudo, e que ainda se pode respirar, desde que mesmo em isolamento, resolva despertar cedo...

A cada dia que começa, devemos esquecer aquilo que fomos ontem, deixando pra trás eventuais acontecimentos desagradáveis, principalmente coisas que nos foram passadas pelos noticiários, ou por fakenews, lembrando apenas do que nos deu prazer. É uma política interessante. Convenhamos que relembrar desgraças, irá renovar dores. E para renovar, o bom é só prazeres. E se nada aconteceu de bom ontem, esqueça esse dia. E tente recomeçar da estaca zero, sempre para a frente, sempre tendo presente que cada dia que começa pode ser considerado como o presente pelo primeiro dia de nossa vida presente, e que também poderá ser o último, devendo ser bem vivido...

Assim age a Natureza. O sol desponta a cada dia, e se nuvens o encobrem aqui, ele brilhará ali. Mas quando as nuvens se dissiparem, ele ressurgirá com seu brilho. Consideremos essas nuvens, como os problemas que nos afligem. Quando se dissiparem, nosso sol interior brilhará novamente.

Vejam esta mensagem que nos foi deixada por Chico Xavier, nosso amigo e Mestre  de sempre, e para todo o sempre:
"Quero que cada manhã, a alma desabroche do sono como a rosa do botão, e surja, como a aurora do oceano, ao sorriso dos teus lábios, ao gesto de tua mão.
Quero me engrinaldar para a festa renovada com que cada dia nos convida a desdobrar as asas como a águia em demanda do sol.
Quero crer, a cada nova aurora, que esta é a definitiva, a do encontro com a felicidade, a da permanência assegurada, a de teu sim definitivo."
Chico Xavier
Assimilando a grande verdade dessa mensagem, vemos que realmente podemos renascer a cada manhã, desde que assim o desejemos. Depende de nosso livre arbítrio, entregarmo-nos ao sofrimento, ou procurar superá-lo, vencendo ansiedades, preocupações, pânico com o que possa acontecer, pode, mas não aconteceu, então... Sejam quais forem os problemas, uma solução haverá, basta que a saibamos descobrir. Mas, dominados pelo desespero, nada conseguiremos.
Da mesma maneira, quando temos grande sucesso, não podemos nos deixar enlevar pela sorte favorável, sempre levando em conta que nada é eterno. Nem a dor, e tampouco a flor.

Existe um velho provérbio que define bem tudo: "Não há bem que sempre dure, e nem mal que nunca se acabe..."A sabedoria popular sempre presente nos mostra que a cada dia que nasce, devemos nascer junto com ele. Ontem foi ontem, vivamos o hoje, pensando no amanhã, esquecendo o que poderá causar dor, mas tomando os cuidados necessários para que possamos viver o amanhã...

E a melhor maneira que existe, é tendo UM LINDO DIA, que poderá ser sempre repetido, desde que façamos nossa parte bem feita...