domingo, 28 de maio de 2017

COISAS DO CORAÇÃO

Concordo que "o coração tem razões que a propria razão desconhece",
mas convenhamos, existem coisas do coração que extrapolam...
e não dá pra entender... mas, pra que entender?

   
COISAS DO CORAÇÃO
Marcial Salaverry

São coisas do coração,
que nos deixam sem ação...
Mexem com os sentimentos,
dão alegrias ou lamentos...
Fazem-nos sorrir, ou chorar...
São essas coisas de amar,
que modificam nossa vida,
fazendo-a boa de ser vivida...
Não se deve ouvir a razão,
se queremos feliz o coração...
Se o amor acontecer,
devemos esse amor viver,
tendo sempre a doce sensação,
que nos embalará o coração.

A PRESENÇA

Poema inspirado na música
MEU PRIMEIRO AMOR...
A PRESENÇA
Marcial Salaverry

Reclamas minha presença...
Saudoso,
também lamento tua ausência...
Lembro-me
de teu cheiro,
de tua pele macia,
de teu beijo
cheio de desejo...
Daquele odor,
vindo de nosso amor...
Saudoso,
de teu corpo gostoso...
Também te espero,
porque muito te quero...
Chamas-me,
chamo-te...
Encontramo-nos...
Amando-nos ficaremos...
Sentindo este querer saudoso...
É para mim um sentir delicioso...
No encontro dos nosso desejos,
na  junção de amor e paixão,
esquecendo os lamentos...
E certamente muitos beijos
pelo corpo inteiro,
para saborear  na flor da pele
o desejo do envolvente cheiro...
Para assim amar somente e totalmente...

Marcial Salaverry

RETALHOS DE LEMBRANÇA


RETALHOS DE LEMBRANÇA
Marcial Salaverry

Quando ficam retalhos de lembrança,
certamente o coração balança...
Ficou aquela recordação,
ainda causando essa quente emoção...
Não era amor,
pois dele não restou o calor...
Foi um forte desejo
de sentir aquele beijo,
aquela carícia
prenhe de malícia...
Uma quente paixão,
que ainda causa essa sensação...
Aquele desejo de "quero mais"...
Um desejo, nada mais...
Retalhos de lembrança apenas,
mas que ainda causam penas...


Marcial Salaverry

AMOR A DOIS

AMOR A DOIS
Marcial Salaverry
 
Amor a dois compartilhado
tem que ser verdadeiro,
tem que ser amor por inteiro.
Quando juntos batem os corações,
aceleram-se as emoções,
renovam-se as sensações...
 

Marcial Salaverry

TEMOS NOSSOS DIREITOS E OBRIGAÇÕES

Para bem viver neste mundo,
todos deveríamos observar certos
direitos ou obrigações...
Deveríamos... Mas...
Geralmente os que  mais deveriam
faze-lo, não o fazem...
Osculos e amplexos,
Marcial

TEMOS NOSSOS DIREITOS E OBRIGAÇÕES
Marcial Salaverry

Algo que é uma das leis da vida, e que todos deveriam observar, é esta frase que nem todos sabem apreciar devidamente: "Meus direitos terminam onde começam os seus, e vice versa..." E assim, para que relacionamentos sejam duradouros, e que consigam superar os problemas encontrados pelo caminho, para assim vencer o marasmo a que a rotina de vida pode conduzir, é preciso que os parceiros entendam que existem direitos e obrigações que deverão ser observados de parte a parte.

Há que se convir que a observância a certos ditames é bem abrangente, não se limitando às relações entre casais, mas sim, de uma maneira geral, valendo para o amor e mais ainda para a amizade, e para todo tipo de relacionamento...

É preciso que se tenha dignidade diante da vida, e coragem perante as dificuldades, sabendo superar problemas e contratempos, sem esquecer da necessidade de que possua respeito por si mesmo e pelos outros, e assim, que seja íntegro e puro nas atitudes, na retidão do seu espírito, sabendo dessa maneira respeitar o espaço alheio, para que o seu seja igualmente respeitado.

Não deverá ser brusco, nem ter reações violentas contra aqueles que possam lhe fazer alguma oposição, pois são coisas da vida, e que deverão ser superadas com firmeza, mas nunca olvidando que deverá dar aos seus semelhantes o mesmo tratamento que quer para si, e assim sendo, um ponto muito importante, é jamais esquecer a fidelidade que deverá observar com os seus compromissos, sejam comerciais, conjugais, ou de amizade.

Deverá saber dosar sua paciencia e tolerancia, sem ser subserviente, e não queira adotar a postura de "dono da verdade", pois todos tem direito a opiniões, e assim, sabendo ouvir e falar na hora certa, sem querer impor seu ponto de vista de qualquer maneira, tendo assim discernimento para melhor julgar o que pode ser melhor, seja para si, ou para outrem.

Deverá ter serenidade nas horas incertas, pois assim os problemas poderão ser mais facilmente resolvidos, mas nas horas certas, deverá saber ser atuante com a firmeza que a situação exigir.
São  atributos apreciados em um homem, e também em uma mulher, nunca olvidando que todos temos os mesmos direitos e obrigações, e somos todos caminhantes na mesma estrada, buscando a evolução do nosso ser.

Há que se ressaltar que as qualidades acima mencionadas, não devem ser encaradas como qualidades, mas apenas como algo inerente às obrigações de pessoas que se disponham a viver em Sociedade, sejam homens ou mulheres, ou qualquer outro dos sexos paralelos.

Acontece que o famoso "culto ao umbigo', faz com que o ser humano deixe de ser humano para se transformar em um ser egoista, apenas pensando em si próprio, esquecendo-se de que os espaços e os direitos alheios devem ser respeitados, assim como queremos que os nossos o sejam.  Não podemos querer que o mundo gire em torno de nós, nem tampouco que o mundo se adapte a nós, pois nós é que devemos nos adaptar a ele. Como vivemos em uma Sociedade, temos que aceitar os parâmetros dessa Sociedade.

Assim, esses direitos e obrigações citados, são quase utópicos, quando na verdade deveria ser a coisa mais fácil e normal que todos se encaixassem nesse modelo ideal, que é apenas o que poderia e deveria ser modelo padrão, produzido em série, mas que na realidade, é modelo de exceção, mas se não o fosse, viveriamos sempre uma gostosa felicidade...

Poderemos cada qual fazer nossa parte para que todos possam desfrutar... Não custa ao menos tentar, para assim poder fazer de cada dia, sempre UM LINDO DIA...

sábado, 27 de maio de 2017

PAZ E AMOR

PAZ E AMOR
Marcial Salaverry
 
P eço sempre por ela,
A mando aqueles que a amam,
Z elando pelo bem estar geral....
E ntão,
A mando uns aos outros,
M undo se faz melhor...
O rando para todos,
R ogando pelos necessitados


Marcial Salaverry

SENTIMENTOS VIRTUAIS


SENTIMENTOS VIRTUAIS
Marcial Salaverry

A maior beleza nos sentimentos virtuais, é que sabendo usar nossa imaginação, transportamo-nos para o mundo que queremos viver, e conseguimos vivenciar todas as gostosas sensações que nossa alma está pedindo, e assim, tais sentimentos chegam a ter toques de uma realidade muito gostosa, pois nos atinge diretamente a alma e o coração.
Chegamos o contato físico, e tocando o coração, vem uma paz gostosa de uma amizade que pode ser sincera,  pura, por ser despida de quaisquer interesses materiais, e assim, consegue-se sentir como estando juntos ainda que distantes, em um sentimento de uma muito sincera e linda amizade, mas para assim ser sentido, é necessário que sempre se use de uma absoluta sinceridade, não cabendo falsidade para que sejam sentimentos bem sentidos e vividos...
 
Marcial Salaverry


 

A UM DOCE OLHAR


A UM DOCE OLHAR
Marcial Salaverry
 
A um doce olhar,
mostrando desejo de amar,
certamente ninguém resiste...
Quando o olhar persiste,
Tudo diz, tudo afirma,
sendo intenso, confirma,
e deixa marcas na alma,
no pensamento, no coração...
Penetra...Sente-se...Fixa-se...
Olhar simplesmente para seu amor...
Olhar,
simplesmente, o amor transmitindo...
 

Marcial Salaverry

CAMINHANDO PELA VIDA

Vamos procurar viver a vida como ela deve ser vivida,
sabendo fazer a caminhada em paz com nosso interior,
o que poderá facilitar o convívio com outrem...
Osculos e amplexos
Marcial

CAMINHANDO PELA VIDA
Marcial Salaverry

A grande verdade é que temos um caminho a seguir em nossa vida, e o importante é procurar fazer essa caminhada sempre em paz com nosso interior, para que possamos espalhar essa paz para os demais, e assim, o que deve ser nossa maior preocupação, é entender que a vida deve ser vivida da melhor maneira possível. Devemos procurar tirar proveito das boas fases por que passamos, porque não sabemos quanto tempo vão durar.
Então, se estamos vivendo um grande amor, devemos curti-lo ao máximo, não nos preocupando se ele será eterno ou não. Se por quaisquer circunstâncias que aconteçam, ele continuará nos aquecendo o coração, ou se sentiremos aquele frio que nos invade a alma quando um amor termina. Como disse "alguém": "Que seja eterno enquanto dure." Ou como dise outro "alguém", "Que seja eterno enquanto é terno". Então temos que vivê-lo, enquanto ele está vivo, e assim, enquanto o temos, enquanto o estamos vivendo, devemos curtir o momento ao máximo, e da maneira que for possível, sem permitir que nada atrapalhe o momento de gostosa felicidade que atravessamos.
Servindo também como uma homenagem ao autor da mensagem que vou utilizar hoje, ele, que foi uma das pessoas que mais curtiu a vida, tendo sugado tudo que a vida lhe poderia proporcionar, viveu como quis e como queria. Trata-se de nosso inesquecível Mário Lago, um dos maiores nomes da arte brasileira, seja como escritor, compositor, poeta, dramaturgo, cômico, artista de rádio, televisão, cinema, comentarista esportivo, e sei mais lá o que. Só sei dizer que ele era o ARTISTA COMPLETO. Bom de tudo e em todas as atividades. Esta mensagem foi uma das coisas mais lidas, ditas e repetidas dos últimos tempos, e também cito, pois a considero simplesmente fantástica:
"Eu fiz um acordo de coexistência pacífica com o tempo. Nem ele me persegue e nem eu fujo dele. Qualquer dia a gente se encontra."
Dito isto, dito tudo. A vida está aí, cheia de possibilidades, cheia de vida, cheia de cores, com seus amores, suas dores, com seus problemas, com seus dilemas, com seus defeitos e virtudes, com pessoas boas e más, com escritores, com poetas, e também com bandidos e traficantes, e pior ainda, com políticos corruptos (todos...). Enfim, com todo um leque de opções aberto à nossa frente. Só nos cabe escolher como viver.
Como bem ocupar nosso tempo nesta nossa passagem pelo mundo, deve ser nossa maior preocupação. Poderemos marcar nossa presença de alguma maneira, boa ou má, depende do que fizermos. Também poderemos passar como criaturas amorfas, insignificantes, tudo depende de como vivermos.
O que realmente deve ser importante para nós pelo menos, é viver da maneira que nós escolhermos. Cada qual com sua opção. Desde que não prejudique ninguém, é válido que queira passar despercebido.
Penso ser mais válido procurarmos uma maneira de tornar mais útil nossa estadia aqui, procurando fazer algo que seja útil ou benéfico para alguém.
Para tanto, é preciso estarmos bem conosco mesmo, é conditio sine qua non para que possamos espalhar nosso bem estar interior para outras pessoas. Se alguém não conseguir sua paz interior, dificilmente poderá ajudar alguém, pois será ela a precisar de ajuda.
Então, crianças, vamos curtir a vida como a temos no momento. Não adianta curtir uma situação de revolta porque existe fome na África, porque estão se matando no Oriente Médio, porque no Afeganistão isso, ou porque na Chechenia aquilo. Podemos, sim, nos penalizar com a situação, lamentar o que ocorre, mas como nada podemos fazer para a solução dessa situação, não adianta curtir uma de revolta com tal estado de coisas, eis que, na verdade, precisamos mais cuidar do que ocorre à nossa volta, com nossa vida, algo que pode nos afetar diretamente, ou mesmo de pessoas à nossa volta...
Nesse caso, todo aquele que estiver passando por um bom momento, tem todo direito de ser um pouco egoísta, e curtir. Não tenha medo de ser feliz apesar da crise da Etiópia, apesar do que terroristas estão fazendo pelo mundo afora. Você não é responsável por ela.

Se está vivendo um grande amor? Curta-o adoidadamente. Viva esse momento. Seja feliz.
Se ganhou na Mega Sena? Aproveite a grana e viva a vida. Vá viajar.(e se quiser dividir comigo, não se reprima...). Curta tudo a que tem direito.
Para começar... Que tal um gostoso abraço, desejando UM LINDO DIA... é muito bom isso.

sexta-feira, 26 de maio de 2017

UM CONTO TERRIMICO (TERROR COMICO)

CONTO TERRIMICO (Terror cômico)
Marcial Salaverry

Era meia noite, no entanto, chovia... O sol raiava no horizonte (nunca viram sol com chuva?).
Ao deitar-me de pé na minha cama, sentando-me, vi um cego surdo-mudo que se aproximou recuando
e, fitando-me com olhar penetrante, disse-me, (se era surdo-mudo, falava por Braille), com uma voz que,
apesar de grave, não inspirava gravidez: DEVOLVA-ME O QUE NUNCA TE EMPRESTEI...
Juro que não paguei juros...
Bem, chega de elocubrações... Estou assim, pois, minha amada deixou-me. Estou triste, penso já nela
e, debruçando-me nela, na janela, olho para o horizonte...
Creio estar vendo-a.  Sim, vendo-a e ganho uns cobres... Afinal, estou duro, e apesar de só, duro... Que dureza!!!
Consulto a coluna do DEVE/HAVER, e constato que, se deve haver, na verdade, não há...
Bem, querida, meu coração por ti...gela.  Meus afetos por ti...são, cara cenoura (aproveitando a tigela e o tição,
pego a senhora, ou a cenoura cozinho e como, (a cenoura, ou a senhora ?).
Sem mais aquela, vou me já, pois está pingando...
Aliás, vocês sabem qual é a seqüência do alfabeto, que é a mais importante, sem a qual, tudo estaria perdido ? 
NÃO SABEM ??? NOSSA !!! Explico, é a sequencia K H... Já pensaram como seria a minha, a sua, a vida de todos,
sem KH ? Seria a própria consequência...
 

SONHOS QUE FORAM SONHADOS

 
SONHOS QUE FORAM SONHADOS
Marcial Salaverry
 
Se temos algum sonho em nossa vida, não devemos dele desistir, salvo se após tudo tentar, ele se mostrar realmente inexequível, mas, mesmo assim, nunca devemos deixar de sonhar. Se um não deu certo, a outro podemos nos dedicar.
Todos nós possuimos algum tipo de sonho, seja grande ou seja  pequeno o seu objetivo, mas sempre será um sonho, um desejo secreto que por vezes está lá no fundo do baú.
Por vezes não percebemos, mas um sonho nasce em nosso coração, dando mais motivação à nossa vida, estimulando-nos a continuar nossa  caminhada.
Na realidade, estamos sempre procurando realizar algum sonho, satisfazer um desejo, por menor que seja.
Por vezes desanimamos, achando que não conseguiremos realizá-lo, porque parece inexequivel, estando muito distante de nós, ou que não temos capacidade para tanto.
Não podemos duvidar de nossas possibilidades, pois se não acreditarmos em nossos sonhos, fatalmente os perderemos.
Não podemos deixá-los envelhecerem no "baú dos projetos", caso contrário não conseguiremos mais realizá-los, o que poderá ser conseguido apenas pela luta, pelo nosso esforço e nossa persistência, ainda que tudo leve a pensar que não será possível.
Para não desistir de um sonho, temos que buscar forças em nosso interior.
Temos que acreditar em nossas possibilidades, se realmente desejarmos realizá-lo, e se desejamos do fundo do coração.
Vamos acreditar na beleza de nossos sonhos e na capacidade de realizá-los.
Apenas isso poderá nos empurrar para diante, fazendo-nos sentir o imenso prazer que é ver nosso sonho realizado, apesar de todas as contrariedades que eventualmente  encontrarmos pelo caminho.

JARDIM DO AMOR

JARDIM DO AMOR
Marcial Salaverry

Um jardim de amor,
bem florido e cheio de cor,
para amar-nos seja como for,
tens meu amor a teu dispor...
Ter um amor é  algo sonhado,
um sonho cheio  de flores a amores
Para realizar neste lindo jardim
o que se esteve a sonhar...
Amar é gostoso, enfim,
seja no tapete ou no jardim...
O importante é vivê-lo...
e como viver, sabê-lo...
Amar sempre é bom,
vivendo uma estória de amor
Se o amor é estória,
pode ser transformado em história,
para sentir a felicidade
de um amor na realidade...

Marcial Salaverry

CONSEQUENCIAS DA IDADE NOS PROBLEMAS MASCULINOS

Na realidade, os mais sérios problemas que acontecem
conosco, são provocados pela vaidade, ou seja,
vai... a idade chegando, e os problemas começando,
principalmente quando está chegando a idade do lobo...
HAJA VA...IDADE...
Osculos e amplexos,
Marcial
CONSEQUENCIAS DA IDADE NOS PROBLEMAS MASCULINOS
Marcial Salaverry

Por mais que muitos se recusem admitir, a grande verdade, e algo que não se pode negar, é que a marcha inexorável do tempo vai deixando suas marcas nas pessoas.  Certamente podemos combater seus efeitos, tomando uma série de medidas, mesmo que não sejam sempre eficazes, pois a causa principal, ou seja a idade,  permanecerá, pois o tempo não volta para trás, e sempre irá paulatinamente cobrando seu tributo, por mais cuidados que se tome.  Seus efeitos serão minimizados, com tais cuidados, e assim a  passagem do tempo poderá ser menos sentida, mas é inexorável. Prosseguirá sem interrupção até o final.

A melhor maneira de se conviver com o fantasma da idade, é sua aceitação, e, sobretudo, aceitar as limitações que ela nos começa a impor. Dentro dessa aceitação,  definir bem o que se poderá ou não fazer. 
Não adianta rebelar-se, tentando manter um ritmo de vida incompatível com as possibilidades físicas.  Não podemos nos esquecer de que cada caso é um caso, não servindo comparações com determinada pessoa para querer acompanhar seu ritmo.  Temos que saber analisar nossas reais possibilidades.  Conhecer bem nosso organismo, sabendo até onde poderemos chegar, não sendo aconselhável uma “forçada de barra”, pois seus efeitos poderão ser catastróficos.

Quais seriam então os desejos masculinos ante o fantasma da velhice? Basicamente o principal desejo que 15 entre 10 homens terá, será “ter a energia dos 20 anos, com a experiência de vida dos 60”.  Simples, não? Seria realmente o ideal de vida.  Mas há que se cair na real, mas acontece que para muitos essa aceitação é complicada.

É nesse ponto que pode  começar a inútil “busca da juventude perdida”.  Esses homens, tentando mostrar que ainda tem todo o pique, começam a procurar a companhia de garotas jovens, frequentando lugares da moda, procurando vestir-se como os jovens, tentando aparentar que ainda são jovens, mas  acontece que não o são mais.

Nada contra, se for uma pessoa livre, e se ainda tiver um certo pique, não precisando de certos estimulantes para obter os resultados almejados.  Não podemos nos esquecer de que tais medicamentos sempre acabam cobrando um tributo.  Há que se tomar cuidado, nunca dispensando a opinião médica. Caso contrário, ao invés da “juventude perdida”, poderão encontrar sérios problemas de saúde.

Muitas vezes, contudo, nessa busca infrutífera, acabam abandonando a família que sempre esteve a seu lado, trocando-a por companhias mais jovens.  Conheço muitos casos bem tristes do que ocorreu com nossos heróis, vendo depois a velhice chegar muito mais rapidamente, encontrando-o sós e sem recursos.  Valeu a pena o gosto do reencontro com a juventude?

O que mais angustia os homens que não souberam preparar-se física e emocionalmente para a idade, é quando notam que sua virilidade parece estar diminuindo. É óbvio que a potência e frequencia sexuais diminuem com o tempo.  E como é difícil  aceitar esse fato.  É muito difícil encontrar alguém que aceite numa boa as limitações do tempo.  O mais comum, é estufarem o peito dizendo que “comigo não tem disso não”.  Mas que tem, tem, uma vez que é impossível deter os efeitos causados pela idade.  Contudo, uma das soluções bem encontradas, é o “aprimoramento” da coisa. É substituir a potência pela experiência. Sabendo usar, não vai faltar,  e sabendo usar bem, melhor ainda.

Essa é a principal angústia que desmotiva muitos idosos, transformando-os em velhos. Costuma se dizer que o principal problema do homem, “não é a primeira vez em que não dá a segunda, mas sim, a segunda vez que não dá a primeira...”.  O que muitos homens precisam entender, é que a coisa não funciona como um botão de “liga e desliga”.  Faz parte do organismo, e sujeito a falhas, até mesmo quando somos jovens, que dirá mais tarde. 

Não é motivo para angústia ou desespero.  Precisamos encarar a fera de frente.  Sempre caberá uma consulta ao urologista, apesar do terror que causa a muitos, a experiencia do encontro com o dedo fatal, para saber se poderá estar ocorrendo uma causa clínica.  Na maioria das vezes, são problemas psicológicos.  O pior, será assustar-se com uma eventual disfunção, passando a julgar que se está impotente. 

Isso acontecendo, muitos se entregam  totalmente ao desespero, julgando-se “acabado para a vida”, e nesse caso, muitas vezes fecham-se em sua angustia, tornando-se até agressivos com suas companheiras, que não entendendo o que se está passando, ao invés de ajudar, brigam mais ainda, reclamando da falta de sexo, o que vem aumentar mais ainda a crise existencial.

O mais importante, será manter o equilíbrio, aceitando certos fatos da vida, e procurando adequar-se à situação, sempre tendo presente que a vida é e sempre será bela e gostosa para ser vivida, bastando que se saiba aceita-la com suas benesses e com seus problemas.

E nessa esperança, desejo que todos, com ou sem “problemas”, tenham UM LINDO DIA.

quinta-feira, 25 de maio de 2017

MARÉS OU ALGO ASSIM

MARÉS OU ALGO ASSIM
Marcial Salaverry

Penso em ti, e é algo assim,
como as marés...irreal, surreal...
Vejo-te flutuando ao sabor das ondas...
Em meus devaneios,
beijo teus seios,
sentindo teu coração
fremir de paixão,
despertando do amor,
a emoção com total calor...


Marcial Salaverry

AO SENTIR-SE CANSADO DE TUDO

AO SENTIR-SE CANSADO DE TUDO
Marcial Salaverry
 
Ao sentir-se cansado,
de tudo desanimado,
antes de se entregar,
lembre-se de que
a melhor maneira de afugentar
cansaço e desanimo,
é arregaçar as mangas e ir à luta,
antes que aconteça o "descanso final"...
Algumas vezes exausto
da labuta costumeira,
quisera poder dormir
uma eternidade inteira...
Mas então, penso melhor,
esqueço luta e canseira...
Muito em breve farei isso,
quer eu queira, quer não queira...
Mas enquanto não chega a hora derradeira,
não penso nessa besteira,
e quero viver esta vida inteira...
Viver amando,
porque amo viver...
Fazendo poesias na vida,
e da vida uma poesia...
Poesia de amor, por amar poetar...
 
Marcial Salaverry


SER FELIZ OU NÃO SER FELIZ, EIS A QUESTÃO

SER FELIZ OU NÃO SER FELIZ, EIS A QUESTÃO
Marcial Salaverry 
 
Ser feliz, ou não ser, eis a questão
que pode abalar o coração...
Na espera pelo amor,
que à vida certamente dará nova cor,
pode-se apenas esperar,
sem contudo se desesperar...
Se a razão diz não para essa espera,
mas o coração não se desespera,
vale a pena ouvir a emoção,
mais doce que a fria razão...
Essa a diferença entre felicidade
que se espera ou a triste infelicidade
pelo amor que ficou no olvido,
porque o coração não foi ouvido...
 

Marcial Salaverry

COMO ENTENDER A LÓGICA DA VIDA

Tudo que acontece na vida tem sua lógica. Apenas precisamos saber
entender isso, e saber agir dentro dessa lógica, e isso me parece
perfeitamente lógico...
Osculos e amplexos,
Marcial

COMO ENTENDER A LÓGICA DA VIDA
Marcial Salaverry

A grande verdade que nem todos percebem, é que tudo na vida tem sua lógica, tem seu porquê, nós é que geralmente nos recusamos a entende-la, querendo que as coisas sejam como queremos que seja, e nem sempre aceitamos sua lógica, o que não parece ser muito lógico...

Algo de que muito nos queixamos, é da incompreensão dos outros, por acharmos que ninguém nos entende, embora sejamos sempre atentos, carinhosos, prestativos, mas não somos compreendidos, reclamando mesmo que a pessoa de quem gostamos não nos entende, por mais que tentemos manter um diálogo, mas apesar de nosso esforço, ela não consegue nos entender, mas antes de assim pensarmos, devemos nos fazer uma certa pergunta fatídica, ou seja, "será que é ela que não nos entende, ou nós é que não estamos conseguindo nos explicar convenientemente?"
Muitas vezes esperamos que as pessoas a quem nos dirigimos tenham a perfeita compreensão do que queremos dizer, mas por um motivo ou outro, não conseguimos nos fazer entender.  E nos magoamos pela “incompreensão” alheia, esquecendo-nos de que a falha de comunicação pode ser nossa, e assim, é preciso entender que o ponto mais importante da questão, é nos entendermos a nós mesmos.  Amarmo-nos.  Conhecermo-nos.  Entendermo-nos.  Assim, conseguiremos ser amados, conhecidos e entendidos, pois se sequer sabemos dizer o que queremos da vida, como podemos exigir que outrem o faça?

Vejam este pensamento genial de Richard Bach a esse respeito:
"Durante muitos anos esperamos encontrar alguém que nos compreenda, alguém que nos aceite como somos, capaz de nos oferecer felicidade apesar das duras provas.
Apenas ontem descobri que esse mágico alguém é o rosto que vemos no espelho."
Mais claro impossível. Nosso ilustre pensador certamente definiu bem a questão, não deixando margem a quaisquer dúvidas, com toda a certeza.
Como será possível sermos amados, queridos, compreendidos, se sequer nós mesmo conseguimos fazê-lo?

O exercício da auto estima  é uma das coisas mais importantes que existe, e um dos melhores desses exercícios, não é nada cansativo, nem exigirá grandes esforços, basta simplesmente olhar-se no espelho, e aprender a gostar da pessoa que está nos olhando do outro lado, ainda que possamos achar que o  rosto que temos à frente, não está exatamente dentro  do que se entende por beleza física.  Mas é o NOSSO rosto, é esse que temos, e que iremos aguentar o resto da vida (claro que sempre existe o recurso de uma plástica, mas isso é outro detalhe).  E se teremos que conviver com ele, que tal uma convivência pacífica? Ache-o lindo.  Frankestein achou-se. Por que também não poderemos nos achar lindos atraentes e sensuais?
O mesmo a respeito do corpo, ainda que se esteja provido de uma protuberancia abdominal ligeiramente acentuada, ou mesmo que não seja apenas ligeiramente, que seja bastante acentuada, deveremos nos sentir bem com essa fofura toda, mas, se não gostarmos, poderemos fazer um regime, ou alguns exercícios, ainda que sejam cansativos, apenas para satisfazer aquele ego que está reclamando do excesso de adiposidade.
Se o problema é porque nos achamos meio que esquálidos, e fica dificil definir o que é pele e o que é osso, poderemos comer mais um pouco se precisarmos ganhar mais alguma coisa...  Enfim, o importante é nos aceitarmos como somos, é nos gostarmos como somos, ainda que fazendo certas modificações, que poderão satisfazer ao nosso exigente ego...

Isso acontecendo, nos será mais fácil começar a entender e a amar as outras pessoas em nosso redor, e automaticamente, seremos mais facilmente compreendidos e amados.

Então, corroborando nosso amigo Richard Bach, a primeira pessoa que deve nos amar, que deve nos entender, é aquela simpática e linda pessoa que sempre estará diante de nós, quando nos mirarmos no espelho. Conseguindo isso, é meio caminho andado para que outras pessoas também sintam a mesma coisa a nosso respeito. Amor atrai amor. Compreensão atrai compreensão. Bons fluidos atraem bons fluidos. Energia positiva, atrai energia positiva.

Antes que alguém argumente dizendo que se ama, mas não encontra namorado (a), é tudo uma questão de oportunidade.  Você está no caminho certo. Só falta acontecer de cruzar com a fatídica outra metade, mas continue se amando, que as coisas poderão acontecer com mais facilidade.

Insista, nunca desista. Saiba usar sua energia interior, e sempre entendendo que o que realmente pode iniciar uma cadeia de bons acontecimentos, é começar o dia, sabendo que ele será UM LINDO DIA, e procurar proporcioná-lo a si mesmo e aos demais...