sexta-feira, 17 de junho de 2011

Meus Versos!

Meus Versos!

Para construir os meus versos,
Vou juntando palavras pequeninas...
Desde os meus sonhos de menina
Até o outono a maturidade.

Os versos que a princípio eram pueris
Tornaram-se adolescentes e largados
Fase em que eram apaixonados...
E hoje tão já maduros e inacabados.

Mas teço a cada letra com paixão
E a cada frase que entrelaço...
Dizem de minha vida com emoção.

Os junto com muito carinho e labor,
Falo das intempéries da vida e amor,
Costuro-os e arremato-os com primor.

Um comentário:

  1. Amo sonetos. E os seus são lindos.
    Parabéns.
    Beijos.
    Marcia David

    ResponderExcluir

O PORTAL DO POETA BRASILEIRO AGRADECE SEU COMENTÁRIO!