terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Bem vindas Poetas: Amélia Luz, Dolce Bárbara, Cleide Vanderley e Marne Oliveira Pimentel









Amélia Marcionila Raposo da Luz - *    Amélia é formada em Pedagogia – Administração Escolar, Magistério e Orientação Educacional.Pós graduada em Planejamento Educacional e Psicopedagogia na Escola. Professora aposentada de Língua Portuguesa e Literatura descobriu o valor dos textos na profissão que,com dedicação, exerceu.Poetisa premiada em vários concursos literários em alguns estados do Brasil e participante de mais de sessenta antologias literárias, dentre elas , “Solamente Palabras” – Madrid –Espanha e publicada com “Segnalazione di merito” e 2º lugar no Prêmio Fra Urbano dela Mota / Tema Natale – Prêmio Internacional – “Il Convívio 2005e 2007” – Itália. É Membro Efetivo da APLAC – Academia Paduana de Letras Artes e Ciências-Santo Antônio de Pádua – (RJ), da Academia Rio-Cidade Maravilhosa – Rio de Janeiro(RJ), da ACL –Academia Cachoeirense de Letras, Cachoeiro de Itapemirim – (ES), da Academia de Letras Brasil – Mariana/MG, da Academia de Poesia Raul de Leone – Petrópolis(RJ) – da Academia Friburguense de Letras – Nova Friburgo(RJ) - Decana do Conselho – Área de Letras - do Clube dos Escritores de Piracicaba – Piracicaba – (SP), Delegada da UBT e uma das fundadoras do Centro Cultural Antônio Jubileu - Pirapetinga – MG.Livro publicado “Pousos e Decolagens”(poesias) e outros em construção.




                                        MULHER

                      



Desato o nó do avental, nada mal,
sou mulher com idéias em vendaval...
Deixo o fogão, a frigideira, a prisão,
saio na contramão fazendo a minha liberdade!
Num grito,num gesto, num manifesto
deixo de lado a casa, o pó, a servidão
sou agora um novo modelo em ascensão.
Utilizo cosméticos sofisticados,
em bom tom sou balzaquiana avançada,
ou ingênua, tímida, provinciana,
mulher doidivana conquistando mundos.
Sou cidadã, cortesã, discreta, concreta,
tenho Brazão de Portugal, sou prima do rei,
tenho até impressão digital.
Como o sexo oposto sou, superior e forte!
Piloto avião com as forças do meu coração,
sou atuante, executiva, participante.
Tomo cerveja, minh’alma sobeja,
divido o pão de mão em mão!
Batalho na linha de frente, posso até ser presidente.
Voto, tenho carta de motorista,
tenho visto em passaporte decidindo aminha sorte.
Assim, vôo para o sul, vôo também para o norte,
manobro na “gentil pátria amada” em missão partilhada
seguindo a força do meu tempo!
Mulher, afinal, ser ou não ser, querer e poder,
questão, resposta, solução proposta?
Encorajar, viver, criar asas, ser forte como o nascer...
Ser delicada amante, amada, submissão sem algemas,
ser sobretudo, mulher!


sou mulher com idéias em vendaval...
Deixo o fogão, a frigideira, a prisão,
saio na contramão fazendo a minha liberdade!
Num grito,num gesto, num manifesto
deixo de lado a casa, o pó, a servidão
sou agora um novo modelo em ascensão.
Utilizo cosméticos sofisticados,
em bom tom sou balzaquiana avançada,
ou ingênua, tímida, provinciana,
mulher doidivana conquistando mundos.
Sou cidadã, cortesã, discreta, concreta,
tenho Brazão de Portugal, sou prima do rei,
tenho até impressão digital.
Como o sexo oposto sou, superior e forte!
Piloto avião com as forças do meu coração,
sou atuante, executiva, participante.
Tomo cerveja, minh’alma sobeja,
divido o pão de mão em mão!
Batalho na linha de frente, posso até ser presidente.
Voto, tenho carta de motorista,
tenho visto em passaporte decidindo aminha sorte.
Assim, vôo para o sul, vôo também para o norte,
manobro na “gentil pátria amada” em missão partilhada
seguindo a força do meu tempo!
Mulher, afinal, ser ou não ser, querer e poder,
questão, resposta, solução proposta?
Encorajar, viver, criar asas, ser forte como o nascer...
Ser delicada amante, amada, submissão sem algemas,
ser sobretudo, mulher!

 Amélia Luz     




Bárbara Rosa da Silva ( Dolce Bárbara )-* -Santa Barbara do Túgurio-Barbacena-MG- 04/12/1969 Bárbara está radicada em São Paulo há 37 anos.Descobriu o seu dom poético a cerca de 2 anos  ao participar do 25°Concurso de Poesias da Biblioteca Municipal João XXIII da Cidade de  Mogi Guaçu-SP em 2009.    Escreve seus textos no site Recanto das Letras e  em seu Blog Pessoal. Seu sonho é lançar seu primeiro  livro de poesias em breve

Ah! Amizade...

Se possível...
Fosse aprisionar  
Todas as delícias da vida
No bauzinho chamado coração
E neste cantinho aconchegante 
Guardaria um dos meus maiores 
Tesouros “tua Amizade"
P'rá quando a saudade bater, 
Eu te sentir ali...
Bem dentro de mim... 

Dolce Bárbara


Cleide Vanderley - *Limoeiro PE. Cleide aos doze anos mudou-se com a família para Maceió. ainda jovem dedicava parte de seu tempo à leitura, apreciava ler a vida dos santos e encantou-se ao ler a vida de Terezinha de Lisieux, seduzida pela biografia da santa e desejando ser carmelita descalça como ela, aos dezoito anos ingressou no Carmelo, mas logo descobriu não ter vocação religiosa e retornou para casa materna. Graduou-se em História na Universidade Federal de Alagoas e cursou Psicopedagogia no Instituto Batista de Ensino Superior de Alagoas. Publicou seu primeiro livro intitulado: Folhas  Caídas e o segundo recentemente lançado ,Cantos Perdidos.  Atualmente, além de escrever ensina História e Filosofia.

Prelúdio!
Prédio de palavras!
Paredes!

Caminho no corredor...
No silêncio vazio ainda ecoam vozes...
E os textos invisíveis continuam lá...

Não há apagador suficiente para todos e o papel findou...
No quadro ainda leio frases que não serão reeditadas
Letras de uma canção maior, notas apagadas.
Reprovadas, sutilmente deletadas.

Entretanto, uma vez ou outra, no encanto de um conto.
De um canto...
 Recanto que só o coração conhece
Um alfabeto pouco a pouco se desvanece...
Vislumbro um professor sonhador
Um aluno que sonha ser doutor
E ainda vejo a borboleta beijar a flor.

                                                      Cleide Vanderley






Marne de Oliveira Pimentel - *  Marne reside em Natal-RN e desde a adolescência gosta muito de ler e escrever, mas só agora decidiu mostrar os seus textos, participando de Concursos Literários, participando das antologias de Valdeck Almeida de Jesus, em 2009/2010/2011. Aposentada, com muita disposição, conta com 150 textos publicados no Recanto das Letras, e com 3.700 visitas recebidas em 04 meses. Participou também do livro "Poesia e Encontro" (Editora Iluminatta) do Portal do Poeta Brasileiro, lançado na Bienal Internacional de Maceió em Outubro/2011. Seu sonho maior é lançar seu livro solo. 

SOBRE  CACOS  LAVADOS
          
CAMINHAVA DEVAGAR
AO LONGO DESTE MUNDO SEM VOZ,
QUANDO UM 
PENSAMENTO FLUIU
,
VARRENDO MEU MOMENTO
PASSANTE, LEVANDO LEMBRANÇAS
E DESEJOS QUEBRADOS...
SIGO COM MEUS PASSOS
SOBRE CACOS LAVADOS E 
VAZIOS DE MIM, NUMA
CRESCENTE CORRIDA SILENCIOSA
PARA O NADA QUE NÃO
INVENTO MAS, QUANTO 
LAMENTO E SINTO!
ADEMAIS,
ONDULANTES SONHOS RONDAM
AINDA MINHA VIDA, QUE
SOB MÁSCARA FELIZ,
JÁ NADA ESCUTA
NEM ALCANÇA, IMERGINDO
NESTA LÁGRIMA FUGÁZ,
COMO SE FOSSE O PRANTO
DE UMA VIDA, TODA...
  Marne de Oliveira



 Sejam bem vindas!!! Recebam o nosso carinho!!
 Aline Romariz

15 comentários:

  1. Sejam bem vindos neste lindo Portal que é um sucesso! Me orgulho em fazer parte desta história!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns às novas integrantes deste Portal de Poetas do qual sinto orgulho em fazer parte. Parabéns, Amélia Luz, Dolce Bárbara, Cleide Vanderley e Marne Oliveira Pimentel. SEjam bem vindas! Bjks, Milla

    ResponderExcluir
  3. Bem-vindas ao nosso portal! é um prazer ter vcs conosco para abrilhantar o portal do Poeta Brasileiro

    ResponderExcluir
  4. Bem-vindas ao nosso portal! é um prazer ter vcs conosco para abrilhantar o portal do Poeta Brasileiro

    ResponderExcluir
  5. Sejam Bem Vida Amigas! Recebam o meu carinho, Aninha

    ResponderExcluir
  6. Parabéns às novas integrantes do Portal; é muito bom receber novos colegas, poetas companheiros da mesma jornada.
    abs.
    Eunice R. de Pontes

    ResponderExcluir
  7. Sejam bem-vindas a este maravilhoso portal da poesia brasileira! Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Sejam bem vindos a esse lindo portal, Ignez Freitas

    ResponderExcluir
  9. Sejam bem-vindas e derramem seus versos por esse nosso portal.

    ResponderExcluir
  10. Precisam vir para Campinas, curtir a Poesia Falada do Sarau!!! Bem-vindas!
    Abraço
    neusa

    ResponderExcluir
  11. Salve as mulheres! Sejam bem vindas, meninas. Beijos

    ResponderExcluir
  12. ARLETE RENTINI DOS SANTOS5 de janeiro de 2012 10:07

    SEJAM BEM VINDAS! JÁ VI QUE VIERAM PARA ILUMINAR AINDA MAIS ESTE PORTAL.
    PELO POUCO QUE LI DE CADA UMA JÁ FIQUEI FREGUESA...HE...HE...
    ABRAÇOS CATARINENSES E UM FELIZ 2012

    ResponderExcluir
  13. Seu Poema é de muita tristeza
    ...Poetisa Marne.

    Eu o digitaria assim:


    Caminhava devagar,
    Ão longo deste mundo sem fim,
    Quando um pensamento flui.

    Varrendo meu tormento,
    Levando lembranças,
    Dos desejos perdidos.

    Sigo meus passos,
    Sobre cacos lavados,
    Neste vazio em mim.

    Nesta caminhada silênciosa,
    Para o nada quão vazio
    O qual lamento,
    Desta vida.

    Ondulantes sonhos...
    Rondam minha vida,
    Sob mascaras felizes,
    Onde nada vejo ou escuto.

    No acalanto...
    Mergulho em rio de lágrimas,
    Fugaz pranto...
    Caminha comigo,
    Por toda vida!

    Obs:Me perdoe Poetisa,
    quando se transporta
    no ser uma dor, as palavras
    saem como sentimos
    naquele momento.

    Pense em você....
    Deus não te quer assim,
    Êle deseja ver-te feliz..
    Seu Irmão verá a luz
    está escrito.att.


    ResponderExcluir

O PORTAL DO POETA BRASILEIRO AGRADECE SEU COMENTÁRIO!