quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Dom

'' - Yukiko
...
- Você percebeu que eu me apaixonei por você?
...
- Percebi''


Quando o amor invade meu eu, esse mar de coração desagua para perto de tudo oque é sagrado. Acho isso um defeito, quando amo acho errado, porque pareço viver disso, por quando estar apaixonado só saber amar. E amo... Amo demais. Ponho com o dom de carinho quem ou oque é meu acompanhado dentro do circulo listrado, de primeira cor branca para começar tudo em paz. Passo os dias admirando, beijando e amando este ser contemplável. Sei que quando ele se cansa, chega devagar para perto como o vento e quebra toda a esperança. Vai embora, me deixa parado como tolo, com todo amor e ternura que cultivei, mas sigo e guardo novamente o que costumava fazer. Amar, só isso que sei.

Marilia Marcela
Leves Pressentimentos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O PORTAL DO POETA BRASILEIRO AGRADECE SEU COMENTÁRIO!