sábado, 31 de dezembro de 2011

Minha súplica ao Senhor

Senhor nosso Deus e Pai misericordioso,
perdoai-me pelos momentos de fraqueza,
pela intolerância com os meus pares.
Edificai minha Fé e fazei-me crescer na Esperança.
Ajudai-me a acreditar que ainda é possível sonhar...
Não permita que eu me contagie pela hipocrisia,
pela arrogância, pela falta de humildade,
pelo egoísmo e pela falta de amor ao próximo.
Fortaleça-me para enfrentar os obstáculos,
para lutar pelos meus direitos,
cumprir com os meus deveres,
dividir com todos que a mim recorrerem,
um pouco de tudo que o Senhor me ensinou diretamente,
através da Fé e das experiências vivenciadas.
Iluminai-me, ó Pai de bondade,
para que eu não me perca ao longo do caminho.
Enviai Seus Anjos para abençoar o meu lar
e o lar de todas as pessoas desse mundo,
pois sei que o Senhor nos ama a todos,
sem distinção de raça, credo
ou condição sócio-político-financeira.
Fazei com que eu jamais deixe de perdoar
àqueles que, de alguma forma,
causaram-me algum mal.
Encorajai-me a abrir os braços para acolher meus irmãos,
não apenas os irmãos biológicos, mas os irmãos em Cristo.
Que em 2012, nosso homens públicos não reneguem a sua origem.
Trabalhem em prol da população que tanto precisa...
Não apenas de migalhas, mas de SAÚDE, PAZ, EDUCAÇÃO, TRABALHO e
DIGNIDADE.
AMÉM.

Sandra Lamego

Um comentário:

  1. Excelente escrito... Que tudo de bom aconteça... Abraços poetanos... FELIZ ANO NOVO...

    ResponderExcluir

O PORTAL DO POETA BRASILEIRO AGRADECE SEU COMENTÁRIO!