sábado, 31 de dezembro de 2011

Haicai XXXVIII

mais um ano que passa
carcaça meio envelhecida
mas é só alegria

 

Wagner Marim – 31/12/2011

DE CORAÇÃO ABERTO

Hoje, abrirei meu coração...
Deixarei portas e janelas literalmente escancaradas.
Para que, através delas, entrem: a Luz Divina,
que me servirá de lamparina durante a minha jornada.
A Paz, para que eu possa dividir com meus irmãos.
A Saúde, para que eu permaneça firme em meus propósitos.
A Esperança, para que eu jamais me desanime.
A Felicidade, para que eu possa sorrir até com os olhos,
pois, através deles, transmitirei meus sentimentos.
A Sabedoria, para que eu possa ensinar e aprender.
A Humildade, para que eu possa me colocar no lugar do outro;
estendendo-lhe a mão, ofertando-lhe um abraço, um sorriso franco.
Deixarei partir todas as mágoas, os momentos de angústia, o medo,
o sofrimento em vão, e todas as dores advindas da desilusão.
Quero, do fundo de minh'alma, receber o próximo ano de coração leve...
para que todas as bênçãos possam nele fazer morada.
E, como o meu coração é grande, desejo que junto às bênçãos recebidas, permaneçam todos os meus velhos e novos amigos, meus familiares
e todas as pessoas de bem que eu encontrar pelo caminho.

Sandra Regina Lamego
Belo Horizonte, 31 de dezembro de 2011

Luz 2012






















Minha proposta é radical!
Fazendo de conta ser verdade,
O que quer uma parte da humanidade,
Vamos imaginar que esse próximo ano
Seja o último...
Última oportunidade
Para nos virarmos para a luz solar,
Para o essencial!
Para o cósmico acalanto...
Para o despertar mais íntimo!
Para o exercício pleno da afetividade,
Para cantar!


Última chance para gostar,
Para se descobrir!
Para semear o sorrir,
Para se lapidar!
Para fazer ecoar a mais linda canção
De inclusão.
Último tempo para a definitiva união
Dos colos,
Dos solos!
Dos polos,
Dos pelos...
Dos sexos,
Dos nexos!
Ano de decisão!

De descer do muro,
De sair do escuro
Do erro alheio,
E, cultivar seu próprio campo de centeio!
De tomar a iniciativa
De trocar de alternativa.
De sair da sede de desastre,
Para o encanto de uma tarde...
Uma única tarde que faça florescer
O humano enternecer.
Eis o fundamental
Para uma virada sensacional.
É muito mais fácil desejar de tudo, o fim,
Do que dizer sim!

Assumir e reparar os próprios erros,
Perante esse fantástico enredo,
É uma necessidade
Da luminosidade!
Comecemos pelo que está ao alcance do nosso braço,
Disponibilizemos o abraço.
Tratemos melhor os entes queridos.
Reconheçamos e cuidemos melhor do amigo,
Do filho,
Do trilho!
Aprendamos que o conforto material
Não pode substituir o ideal sideral!


Querem muitos que venha uma enorme destruição.
Eu, não! 

Basta de punição!
O que precisamos é de educação...
Acredito que é chegado o momento de construção
De um mundo que irradie apenas e tão somente: afeição!







Vídeo indicado:
http://www.youtube.com/watch?v=PVV3u5e68b8





Minha súplica ao Senhor

Senhor nosso Deus e Pai misericordioso,
perdoai-me pelos momentos de fraqueza,
pela intolerância com os meus pares.
Edificai minha Fé e fazei-me crescer na Esperança.
Ajudai-me a acreditar que ainda é possível sonhar...
Não permita que eu me contagie pela hipocrisia,
pela arrogância, pela falta de humildade,
pelo egoísmo e pela falta de amor ao próximo.
Fortaleça-me para enfrentar os obstáculos,
para lutar pelos meus direitos,
cumprir com os meus deveres,
dividir com todos que a mim recorrerem,
um pouco de tudo que o Senhor me ensinou diretamente,
através da Fé e das experiências vivenciadas.
Iluminai-me, ó Pai de bondade,
para que eu não me perca ao longo do caminho.
Enviai Seus Anjos para abençoar o meu lar
e o lar de todas as pessoas desse mundo,
pois sei que o Senhor nos ama a todos,
sem distinção de raça, credo
ou condição sócio-político-financeira.
Fazei com que eu jamais deixe de perdoar
àqueles que, de alguma forma,
causaram-me algum mal.
Encorajai-me a abrir os braços para acolher meus irmãos,
não apenas os irmãos biológicos, mas os irmãos em Cristo.
Que em 2012, nosso homens públicos não reneguem a sua origem.
Trabalhem em prol da população que tanto precisa...
Não apenas de migalhas, mas de SAÚDE, PAZ, EDUCAÇÃO, TRABALHO e
DIGNIDADE.
AMÉM.

Sandra Lamego

QUADRINHAS DE ANO NOVO

Comemoramos o Ano Novo
Com carinho e apreço
Que chegou com alegria
O que eu muito queria.

O Ano Novo surgiu lindo
Com muita força e vigor
Chegou para governar
E aos planetas escalar.

Ano Novo, nova vida
Com esperança e segurança
A ele acompanharemos
E amor, paz e saúde, conseguiremos.

Feliz Ano Novo
É o que continuamente desejamos
Para todo o imenso mundo
Com carinho profundo.

Autor: Antonio Cícero da Silva(Águia)
  

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

DESEJOS DE ANO NOVO

 FELIZ 2012

Cheeeeeeeeeeeeeio!






Mais um momento difícil, passou!
Mais um maremoto acabou...
Tudo claro e limpo
Céu lindo!
O infinito e eu,
Algo se deu...
Voltei diferente.
...Mais quente!

Cheeeeeeio daquelas intenções deliciosas...
Ligeiramente audaciosas!
Brincadeiras à parte,
O que em mim, ainda arde,
Fez-me perceber o tom da resiliência,
Que perpassa toda a minha existência...
Desde as condições cinematográficas,
Trágicas,
De minha adoção,

Cujo enredo ainda não vi na ficção...
E, que só me foi revelada aos trinta,
Em meio a uma briga...
O ataque, aos cinco anos, do pastor alemão da família,
Que em minha cabeça, de 41 pontos, deixou como trilha!
O choque de sair de um colégio de irmãos maristas,
Com sua aura falsificada,
Para um restaurante de beira de estrada,
Onde, com treze anos comecei a trabalhar,
Com total liberdade para aprontar...
Conheci os mais divergentes pontos de vista...
O dinheiro cegava a todos.
Afastei-me de tudo, aos poucos.

As paixões!
Avassaladoras paixões!
Antológicas traições...
Irreparáveis sensações!
Quedas fantásticas!
Carência ávida!
Alguns momentos terríveis,
Muitos inesquecíveis...
Dignos de suspiros
E singelos risos...

O cordão umbilical familiar arrancado à faca.
Perdi o chão e ganhei asas...
A troca de pele do paulistano,
Para o sul fluminense,
Especificamente paratiense...
Esse fato
É o mais relevante dado.
Em Paraty,
Finalmente percebi,
O pulso
Do mundo.
Morri homem, humilhado...

Renasci poeta,
Arrebatado!
Com a clara meta
De proporcionar enlevo...
De dourar enredos!
Agora, em solo baiano,
Inspirado pelo batimento moreno,
O lirismo explodiu em alto relevo.
Faço da lágrima, poesia!
Da dor, percussiva melodia.
Aqui em Itacaré, tive dois filhos,
Dois lindos livros!
- Proeza de macho,
No país do esculacho!



Amo secretamente!
Tento irradiar pra toda a gente!

Fiz as pazes com a Criação,
A quem me entrego, de todo o coração,

Do alto da solidão,
Entoo bem alto minha canção!
Não por obrigação.
...Com convicção!







Esse trabalho só pode ser dedicado
Ao verdadeiro ícone da resiliência:
Arlete Canário
Meu beija flor preferido!






Vídeo indicado:
Daniela Mercury
"Castelo Imaginário"
http://www.youtube.com/watch?v=or_GMGydiWw&feature=related



Proporcione Enlevo!
Presenteie Poesia

"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, tendo a sensação de estar na constelação de Andrômeda!

"Ardentia" - Versos arrebatados! Novo enquadramento para antigos questionamentos. - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!

Contato: cbs263000@hotmail.com   




quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Aventure-se!!!

Em 2012, aventure-se pelo mar da alegria,
da solidariedade, do respeito, da amizade...
Não permita que a corrupção pegue carona
no seu barco e suje as águas desse mar.
Pois ela é uma doença contagiosa e incurável.
Torna as pessoas hipócritas, mercenárias
e medíocres. Diga não à corrupção!
Seja autêntico, seja fiel aos seus valores.
Quem rouba o dinheiro alheio,
não merece entrar no seu barco
e navegar rumo à felicidade.

Sandra Lamego

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

NO CALOR DA INDIGNAÇÃO

imagem: israellucasprates.blogspot.com

O meu problema é este: Tenho que aproveitar o calor da indignação para escrever e postar. Às vezes, se eu for deixar para postar depois, perco o ânimo.

Fica difícil mudar alguma coisa na política brasileira, porque o povo não quer saber de política e as poucas pessoas que se envolvem, ou são filiadas a algum partido ou são compradas pelos partidos para, se dizendo apartidários, incentivarem coisas contra quem está no poder. As pessoas precisam entender que o problema não é O PT, o problema é A POLÍTICA BRASILEIRA. Todos os partidos que estiveram no poder fizeram corrupção e tudo ficou no silêncio. A diferença é que agora os escândalos estão vindo à tona. Esse Ricardo Teixeira está no comando da CBF desde quando? Quem o colocou lá? Já apareceram tantos escândalos sobre ele, e por quê é que ninguém o destitui do cargo? Ele deve ter muita gente “nas mãos”, não é mesmo?  

Eu estava acreditando muito nos “tuiteiros” de plantão. Mas estou percebendo que a maioria são “marqueteiros” profissionais, estão por trás de algum partido político. Eu li uma reportagem sobre isso. Eles não estão como eu, que não carrego bandeira de partido nenhum. O meu partido é o POVO. Infelizmente esse povo não tem consciência do seu poder, e fica sendo manipulado por “marqueteiros” e por sistemas de comunicações.
Eu vou dar só dois exemplos, que me fizeram ficar com a pulga atrás da orelha: Eu tenho citado para fazermos um movimento para que os políticos abram mão dos benefícios e das ajudas de custo parlamentar. O deputado federal José Antonio Reguffe fez isso e nós podemos, em cima deste ato, forçar os outros políticos a fazerem o mesmo. O pessoal “esclarecido” não se manifestou. O outro exemplo foi esse: Eu vi um movimento apoiando a ministra Eliana Calmon, achei ótimo, e aderi, pois ela precisa realmente do nosso apoio. Se queremos mudar alguma coisa, temos que apoiá-la. Eu vi um “tuiteiro” que vive citando Lênin, Marx e outros, falando que não acreditava na ministra. Olha, sinceramente, estou decepcionado. Já vi que a única mudança que vai haver no Brasil, é a de partido: Cai um e sobe outro. No mais, vai continuar tudo igual, porque o POVO não se liga em política e os que “se ligam”, é em proveito próprio. Se liga, BRASIL!

A.J. Cardiais
27.12.2011

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Tua mão - Eunice Rodrigues de Pontes

Poesia publicada puna Coletânea "Poesia e Encontro", do Portal do Poeta Brasileiro, lançada na Bienal de Maceió, em outubro.


Tua mão

Tua mão tocou a minha num momento
tão inusitado e fugaz, tão de improviso,
sem nenhum aviso prévio ou nem
mesmo um leve sorriso; tocou
também o âmago de minh'alma.

Meu coração tresloucado acelerou,
bateu num ritmo descompassado,
provocou em mim um grande abalo;
a magia de tua presença envolveu-me
e apoderou-se completamente de mim.

Foi o mais suave e profundo toque
que, naquele segundo tão fugidio
marcou-me a vida inteira; nem que eu
queira poderei esquecer aquele momento
pelo qual há tanto tempo ansiava.

Fo intensa e incrível a sensação
daquele momento que tão rápido passou.
Houve ali tanta emoção contida,
porém o vendaval do destino, num
assopro o sacolejou e despetalou.

Eunice R. de Pontes

Eu Sou...

Eu sou ...

Eu Sou grande Senhor
Eu Sou o Teu Criador
Eu sou O primeiro e o último
Eu sou o seu Redentor
Eu Sou passado, presente e futuro
Eu Sou o Deus protetor
Eu Sou que Criei céu e terra
Eu sou que, criou montes, serras
Eu sou quem fez toda a matéria
Eu Sou Jeová o Deus de amor!

Laerço





Teatro Para Todas as Cidades
















A vida sem arte,
Arde.
Fica arisca,
Ríspida!
Seca,
Peca!

Fica rasa, muito por demais,
Perde a mais nobre substância,
A mais alta relevância,
Dos internos roseirais!
Tão ricos,
Bonitos!

Tenho percebido que algumas manifestações artísticas,
Independem de grandes níveis culturais...
Atingem até as entranhas mais abissais,
As coreografias sísmicas!
Somos todos emocionais, queiramos ou não,
Admitamos ou não!

A sensibilidade não é um privilégio de uns poucos,
Ou dos loucos.
Está em todos.
Era pra resplandecer em todos os rostos...
A cultura de sobrevivência,
Violentou a consciência...

Convencionou-se, endurecer,
Para sobreviver...
Pode até ter sido válido em determinado momento,
Do planetário movimento.
Mas, agora, para continuarmos vivendo,
Vamos precisar, irmos, progressivamente, nos desenrijecendo...

Precisamos abdicar de nossas armaduras
E, simplesmente,
Despojadamente,
Olhar para a altura...
Até que se dissolvam todas as rusgas,
Todas as dúvidas.

Só existe a luminosidade,
Em toda a sua afetividade!

A arte,
A verdadeira arte,
É um excelente canal para a materialização,
Dessa rebelião.
Toda cidade deveria ter uma casa de espetáculos, um teatro,
Posto ser, o nosso país, em talentos, tão exuberantemente farto!









Perguntemos ao aniversariante do dia a sua opinião:
É ou não é, Wé ??!!
Sonhando com uma suculenta fatia de bolo de chocolate
Anuncio que Itambé está em festa!!!
O Pico
Está mais bonito,
Pois está sorrindo...
...Alegria emitindo!






Vídeo comemorativo:
http://www.youtube.com/watch?v=IKv2dq6bjB0



domingo, 25 de dezembro de 2011

Ciúmes por Eunice R. de Pontes

Ciúmes

Todo ciúmes traz queixumes.
O lamento daquele que o sente é um
tormento; fica a espicaçar o peito, a
angustiar o coração, a perturbar a mente

que, inquieta não se aquieta e não há o
que o faça viver sossegado; fica amuado,
não encontra um minuto de paz, não é
capaz de afastar esse famigerado algoz.

O ciúmes dele se apodera, fica enraizado,
não dá trégua, fica arraigado em seu íntimo,
torna-se parte dele e embora pareça ínfimo,
invade-lhe a alma, tirando-lhe a calma.

Ciúmes exagerado, sempre tão malfadado,
chega até a ser um grande pecado;
quando muito sentido, deixa mordido.

Eunice R. de Pontes

"EIS ME AQUI": TERÇO DA BATALHA

"EIS ME AQUI": TERÇO DA BATALHA: Muitas vezes em nossa caminhada de fé, nós passamos por muitas tribulações, provações e angústias. Aqui eis uma arma poderosa para nos aju...

Renda Fina



A pureza é atemporal!
Sua essência é universal!
Fruto maduro!
Porto mais que seguro...
Árvore encantada,
De tão delicada!

Cósmica túnica!
Única!
Incorruptível...
Incrível!
Absoluta,
Impoluta!

Alguém cantando lindamente...
Alguns voos da mente...
A afeição espontânea,
A sensação subcutânea!
O núcleo da esperança...
A vida, quando dança!


 


Ela é o caminho,
Dos sem ninho!
Dos que acreditam
Na chama interna que crepita,
Acima dos temporais,
Com seus vendavais!

A pureza resiste
Insiste,
Cria seus atalhos,
Junta os retalhos...
Sobreviverá,
Vencerá!

É celebre,
Por ser alegre,
Contagiante,
Por ser plenamente relevante!
Clara,
Calma!

A chave dos grandes segredos.
Está em todos os melhores enredos!
Fina renda...
A mais verdadeira lenda!
O milagre
Oculto em um cair de tarde...

Nas manhãs todas...
Incluindo as roucas!
Nas noites de lua,
...Refletida... nua!
Nos eclipses
De todos os ilusórios apocalipses!




Feliz Aniversário
Minha Amiga Linda Poetisa
Leila Rodrigues


Vídeo indicado é um presente para todos:
http://www.youtube.com/watch?v=Zhzb80W578M&NR=1




Proporcione Enlevo!


Presenteie Poesia


"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, tendo a sensação de estar na constelação de Andrômeda!


"Ardentia" - Versos arrebatados! Novo enquadramento para antigos questionamentos. - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!


Contato: cbs263000@hotmail.com  




quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Curso de Produção para TV com Moysés Faria





OBJETIVO

Aprofundar conhecimentos em Produção televisiva, proporcionando subsídios teóricos e práticos para a atuação profissional neste seguimento. Criar e planejar produtos para televisão, abrangendo vídeo empresarial, mídia indoor e Web.

Ensinar a linguagem e a técnica da produção utilizada na indústria televisiva, possibilitando o entendimento sobre o processo de produção e realização audiovisual, permitindo a experimentação dirigida da criatividade em atividades práticas em sala de aula.

Competência e habilidades identificadas:

Conhecer roteiro, equipamentos, funções e a teoria do processo de produção e realização audiovisual. Compreender a arte e a técnica de criação e todo o processo de planejamento, execução e controle da produção. Conhecimento da tecnologia envolvida no cotidiano profissional, utilizando vídeos e data show para mostra de equipamentos e gravações.


com Moysés Faria
16, 18, 23 e 24 JAN
Segundas e Quartas, das 9h às 12h ou das 19h às 22h

Público Alvo

Profissionais e estudantes de Jornalismo, Publicidade, Marketing, Rádio e TV, Cinema e todo aquele que deseja aprender a produzir filmes publicitários, documentários, vídeo empresarial, telejornalismo e programas para TV e Web.

EMENTA

O surgimento da televisão no Brasil. Legislação do radialista. Desdobramento de funções. Sistema de transmissão em TV. Linguagem e narrativa televisiva. Elementos constitutivos da produção. Etapas da produção. Planejamento e coordenação de produção. Posicionamento, movimentos e angulações de câmera, Produção de engenharia.

Aula expositiva, debates, mostra de vídeos e projeção com data show. Aulas práticas em sala de aula para desenvolvimento de habilidade e competência na elaboração de projeto, roteiro e planejamento de produção para Televisão.

PROGRAMA

Data Modulo I
16/01 O surgimento da televisão no Brasil, legislação e desdobramento de funções.
Data Modulo II
18/01 Elementos constitutivos da produção. Etapas da produção.
Data Modulo III
23/01 Linguagem e narrativa televisiva. Planejamento e coordenação de produção.
Data Modulo IV
24/01 Posicionamento, movimentos e angulações de câmera. Produção de engenharia.


CURRÍCULO

Graduado em Comunicação Social - Rádio e TV (Unesa). Pós-graduado em Arte-Educação (Universo), Mídia-Educação (UFF), Metodologia e Gestão para Educação a Distância - EAD (Anhanguera/Unipli), MBA em TV Digital, Radiodifusão e Novas Mídias de Comunicação Eletrônica (UFF) e Mestrando em Ensino de Ciências da Saúde e do Ambiente (Anhanguera/Unipli). É membro da Comissão Julgadora do Premio ABERJE (Associação Brasileira de Comunicação Empresarial). É Presidente da Comissão de Comunicação Social do CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) de Niterói-RJ. É Professor do curso de graduação em Jornalismo, Publicidade, Comunicação e Marketing, e coordenador do Núcleo de Rádio e Televisão da Anhanguera/Unipli Educacional S.A. É profissional da industria cinematográfica e do audiovisual, com inúmeros trabalhos realizados na TV Globo e em outras emissoras de televisão e produtoras de filmes, a exemplo de Linha Direta, Reality, Fama, Planeta Xuxa, Big Mix , Homem de Sangue e outros.



Valor: R$ 400,00

(10% de desconto para pagamento à vista até uma semana antes do início do curso ou parcelado em 2X)

Local: Espaço Telezoom/ Link do site: (<http://www.telezoom.com.br/espaco/spip.php?article555>)



 Divulgação: Bruno Resende Ramos

O Natal Verdadeiro Existe, Sim...



O Natal Verdadeiro Existe Sim...

O natal existe sim
Sou prova, nasceu em mim
Esse natal verdadeiro...
No coração hospedeiro!
-----
Pois o Natal verdadeiro
Faz do homem um herdeiro,
Quem nEle crê terá luz
O Natal do bom Jesus!
-----
Natal das boas ações
Das confraternizações
Amando todos por igual
É o Verdadeiro Natal
----
Natal vindo lá do céu
Não foi do Papai Noel
Não é lenda, nada disto
É Natal de Jesus Cristo!
----
Essa data é memorável
Sua história é notável
Pois nesse dia ideal
Desejo-te Feliz Natal!
----
Laerço dos Santos

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Chegou meu livrete de POESIAS - Performance Poética : Wálysson Luan.





O Livrete está a disposição sem nenhum custo.
Somente  o frete será cobrado.

Pedidos e informações :  luanamorim@hotmail.com

Site :
www.recantodasletras.com.br/autores/walyssonluan

 


Apesar das afinidades,
É preciso atender a própria sensibilidade.
Independente de grupo...
Obedecendo ao mais profundo!
O grupo é importante,
Mas, não é o mais relevante!
Ajuda,
Mas, não é o que determina a altura.
A aparência,
Não determina a consistência.

É fundamental o reconhecimento,
A identificação,
Com outras pulsações...
Talvez, parecidas sensações!
Entretanto, a particularidade ,
O recado da eternidade
Contido em cada coração,
Individualmente,
Indiscriminadamente,
Precisa ser ouvido,
Percebido!
É preciso que haja envolvimento...

Deve ser o norte, a meta,
O final da reta.
O ponto de confluência
De toda a latência.
O prumo,
De cada mundo.
... A espessura
Da brandura...
A missão
De cada manifestação.
Tudo deve ser levado em consideração,
Mas, a palavra final deverá vir da fusão:

Razão
E emoção!









Esse trabalho é uma homenagem 
à pulsação de meu amigo
excelente poeta - 
Toninho Bira






Vídeo indicado:
Rita Ribeiro
"Românticos"
http://www.youtube.com/watch?v=XUU31Nz6tQI 



Proporcione Enlevo!


Presenteie Poesia


"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, tendo a sensação de estar na constelação de Andrômeda!


"Ardentia" - Versos arrebatados! Novo enquadramento para antigos questionamentos. - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!


Contato: cbs263000@hotmail.com  





domingo, 18 de dezembro de 2011

capricho

 

(imagem da Wikipédia)


orpheu cantor
reclamou-me um poema
para tirar
eurídice de hades

queria-o
muito bem elaborado
cunhado em ouro e
ao ouro comparado
desejou-o feito perfeito
de um jeito especial

alinhavei-o e passei-o
pelo fogo da espera
deixando-o de molho
anos e anos na adega
pegando tempero

costurei-o, poli 
o acabamento e
ao pensá-lo pronto
fui levá-lo a orpheu, mas...
...não pude entregá-lo:
no caminho
em minhas mãos
o poema
apodreceu


by Janete Santos

visite meu blog: http://janetesilvadosantos.blogspot.com/

sábado, 17 de dezembro de 2011

Natal Animado




Natal Animado

Chega Dezembro logo me lembro
Das oferendas mui fraternal
Coral cantando no fim de ano
Uns belos cantos, chegou Natal!

Vê-se animada a criançada
Praças enfeitadas, gente legal
Iluminada casas e arvores
Papai Noel nos dizendo: Feliz Natal!

O bom velhinho Saco cheiinho
De presentinho à todos dá
Barbinha branca e com gorrinho
Hô, hô, hô;hô;...pra garotada presentear!

Laerço

Um Natal de muita paz e um 2012 repleto de poesia!

Um feliz Natal para todos os Diretores, Confrades e familiares, com as mais ricas bençãos de Deus Pai por meio de Seu Filho Jesus Cristo. Este foi um ano de infinitos ganhos para a história da Poesia. Com certeza todos crescemos sobremaneira com nossa união, graças a bandeira levantada por Aline Romariz e seguida por cada um de nós. Que 2012 seja um brilhar poético ainda maior e mais reluzente. Beijos a todos!

O ANTROPÓFAGO

imagem: atividadeslinguaportuguesa.blogspot.com


Eu achava que a poesia
tinha a obrigação
de ter uma "serventia"...
Que a divagação 
não valia
que a perambulação 
de frases vazias

não contava...

Que fosse assim... como Castro Alves,
denunciando a mão escrava.
Era tudo isso que eu achava.

Achava!
Por que agora,
eu já não acho.

Tudo que vem, eu encaixo,
somo, incorporo...
Ah, eu me adoro...
Virei um antropófago.

A J Cardiais 

A QUE SERÁ QUE SE DESTINA?

imagem: ajlinguasolta.blogspot.com


Montículos de rimas
levarão os poemas
rua a baixo
vida a cima...

Poemas se destinam
a que?
A entreter?
A antever?
A viver? A morrer?
Ao prazer de quem escreve,

ou de quem vai ler???

Poema, na sua essência
se conhece pela aparência
pela exuberância
pela ciência, pela paciência
ou pela ideia que ele pronuncia?

A J Cardiais 

CADEIA ALIMENTAR

imagem: tudoqueeusei.blogspot.com


O mundo animal
apesar de parecer violento
é mais natural
do que o do ser humano...

Nenhum animal
mata por prazer
ou por engano...
Mata para se defender
ou para se alimentar.

A cadeia alimentar
não é para aprisionar...
É para manter o equilíbrio.

Desequilibrados, os humanos
quebram esta cadeia
aprisionando-nos neste inferno
que se tornou o Mundo.

Mundo mundo vasto mundo...    (Carlos Drummond)

A J Cardiais


MOVIMENTO

imagem; dennisecristalbella.blogspot.com

  M       V       M        N      O
O        I         E        T 


 D  Eu só quero
      E  os meus lábios                                                                        O  e te fazer...  Sorrir
  S  colados aos teus.                                                   D  de ir e vir
    C  Os meus lábios                                         N  Eu quero esta emoção
       E  no teu pescoço                                I  do teu coração.
         N  nos teus seios                             B  para sentir o baticum
            D  no teu ventre                   U  colado ao teu       
               O  no teu...  Na tua.  S  O meu corpo
                               
                                        
                             

                                  A. J. Cardiais
                                    14.08.1994

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Mais Terna



 

A mão mais leve,
Com sua delicadeza,
Repleta de gentilezas...
A que se sabe breve...
É inteira!
Toda ela, brejeira...
Firme,
Mas nunca em riste!

Aquela que nasceu para o carinho...
A melhor para se dividir
A idealização,
A realização
Do ninho!
Todo ele, concebido,
Erguido,
Sobre os pilares do sorrir!

A companheira!
O esteio do enlevo,
O recreio do enredo!
Toda ela, faceira...
A que conduz
A luz!
A que brinca com o cabelo!
...Que segura o espelho...

A mão da afeição profunda,
Toda ela, segura!
Exalando ternura
E perfume de altura...
Dá vontade de apoiar
O maxilar...
Encostar a face...
...Como cai a tarde!

Confortavelmente,
Suaaaaaaaaaavemente!







Vídeo lindo
Rita Ribeiro
"O Conforto dos Teus Braços"
http://www.youtube.com/watch?v=U7v22OFO_Gk




Proporcione Enlevo!


Presenteie Poesia


"Vida Alta" - Entre pelo mar da Bahia ao abrir o livro e vá parar no espaço, na constelação de Andrômeda!


"Ardentia" - Uma explosão de determinação, alegria e paixão!


Contato: cbs263000@hotmail.com 



terça-feira, 13 de dezembro de 2011

É Natal!

É Natal

Pastores e rebanhos estando em noite estia
Nas vigilias noturna, refulgente esplendor
Fulgurante estrela, Esplêndida, surgia
É celica sinfonia em coro ecoou.
Ressoa canto angélico! Maviosa melodia
E pastores ouviram, Boas novas vos dou!!!

Na pequena Belém de Judá nos nasceu,
O terno Emanoel, qual farol que reluz!
O salvador do mundo, O unigênito de Deus
Sendo a glória do pai que do mundo é a luz!
Pastores viram o evento maior que aconteceu
O verbo encarnado, o seu nome é Jesus!

Os magos, refulgente estrêla seguiram
Vindo do Oriente,pra o menino adorar
Rumo a mangedoura resolutos partiram
Oferenda levando pra criança em Judá;
Ouro, incenso e mirra, a levar decidiram
Ao menino Messias, de Belém ofertar!

É natal ... canta exército angelical no campo
Se assustaram os pastores com o fulgor celestial
Glória a Deus nas alturas! Houve angelical canto
Paz na terra aos homens, mensagem colossal!!
E numa mangedoura, envolto em um manto
Nasce o sol da justiça! Jesus... Hoje é NATAL!
Autor: Laerço dos Santos
amante da poesia